Meningite em cães: causas, sintomas e tratamento

A meningite em cães pode ser mortal e, ainda que exista cura, devemos estar muito atentos a qualquer mudança no comportamento ou no corpo de nosso cão, para detectá-la.

A meningite em cães é um mal comum, que pode chegar de forma inesperada e afetar o nosso animal de estimação. Porém, não há motivo para que se alarmar, já que ela pode ser curada seguindo o tratamento adequado. Hoje falaremos das causas, dos sintomas e do tratamento desta doença.

O que é a meningite em cães

Como as pessoas, os cães também têm uma membrana que envolve o sistema nervoso e que se chama meninge. Quando esta inflama, por diversas causas, ocorre a chamada meningite. Esta inflamação gera problemas no cérebro ou na medula espinal, o que pode causar diversas lesões neurológicas.

Por outro lado, esta inflamação seria a causadora da obstrução do fluxo do líquido cefalorraquidiano, que tem a capacidade de nutrir e proteger o cérebro e a medula. O acúmulo deste líquido no cérebro e na medula causa convulsões e inclusive paralisia no animal.

Agora, a pergunta é: o que causa a meningite em cães?

Causas da meningite em cães

Normalmente, a causa principal é a complicação de outras doenças, entre as quais podem estar incluídas as doenças parasitárias, virais, protozoárias ou as causadas por fungosQualquer tipo de complicação causada por uma doença pode servir como um gatilho para a meningite.

Husky siberiano no veterinário

Portanto, expor o animal a toxinas químicas o coloca em risco de sofrer com meningite; por exemplo, uma ferida infectada pela mordida, uma migração bacteriana pelos dutos nasais, pelo ouvido ou por outras áreas que estivessem infectadas.

Descobriu-se que esta doença também pode ser asséptica, o que quer dizer que poderia ser ocasionada diretamente por uma bactéria que ainda se desconhece. Esta normalmente afeta os cães jovens, que têm entre 4 e 24 meses de idade. Seja do tipo que for, a meningite não deve ser ignorada, pois ela pode inclusive vir a matar o seu animal de estimação.

Sintomas da meningite em cães

Os sintomas da meningite são comuns em todos os cães. Há vários, e cada cão pode apresentar um, dois, vários e, inclusive, todos eles. Estes são os sintomas mais comuns e conhecidos:

  • Febre alta
  • Rigidez muscular
  • Espasmos musculares na parte posterior, com dor
  • Hipersensibilidade ao tato (Hiperestesia)
  • Perda de apetite
  • Letargia
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Rigidez ao caminhar
  • Incapacidade para dobrar as pernas
  • Inclinação de cabeça
  • Depressão
  • Incapacidade visual / cegueira
  • Paralisia progressiva
  • Convulsões
  • Confusão / desorientação
  • Agitação
  • Perda da coordenação (ataxia)
  • Agressividade

Vá ao veterinário se seu cão apresentar um ou vários destes sintomas. Leve-o rapidamente ao especialista para que este tome as medidas apropriadas. Lembre-se de que a meningite nestes animais é mortal.

Tratamento da meningite em cães

Fique tranquilo, há tratamento para esta doença. O problema é que é difícil de se diagnosticar, por isso é importante observar o seu cão e ficar atento a qualquer mudança nele.

Cachorro com meningite

A meningite mais conhecida em cães chama-se meningite sensível. Esta é suave e normalmente costuma ser tratada com a administração oral de esteroides.

Já o tratamento usado para a meningite bacteriana é caro e desgastante, tanto para o cão como para o dono. Se, além disso, vier acompanhada por convulsões, podem ser administrados alguns fármacos antiepilépticos.

A terapia intravenosa, junto com outros suplementos, podem ajudar a mitigar a doença. Seu cão deverá permanecer em um local onde fique à vontade, com água potável e limpa a todo momento, isso é algo que poderá ajudar. Alguns comprimidos para acalmar a dor serão necessários neste caso.

Se o caso de meningite for grave ou extremo, o animal será hospitalizado para se manter hidratado, via medicação intravenosa, e receberá diferentes tratamentos.

Você já sabe que é o maior responsável por seu animal de estimação e que observá-lo e dar importância a qualquer mudança em seu corpo ou comportamento é seu trabalho principal para velar por seu bem-estar.

Recomendados para você