O dálmata: uma das raças de cães mais populares e conhecidas

· novembro 12, 2018
O dálmata é um cão inteligente, leal e afetuoso, uma das raças mais confiáveis; seu corpo atlético e musculoso o torna ideal para percorrer grandes distâncias e, além disso, ele é muito amado por suas habilidades de fiel guardião. 

O dálmata é uma raça que está presente no mundo animal desde a história antiga. Há registros dessa espécie em afrescos e pinturas croatas do século 17, por isso sua origem é dada à região da Dalmácia, na Croácia. Mesmo com essas referências, há também aqueles que pensam que esses cães têm origens mais antigas em outras latitudes.

A verdade é que, quando você encontra um dálmata, quer seja filhote ou adulto, é inevitável não ser hipnotizado pela pelagem manchada e pela altivez de sua personalidade. Não é em vão que esta raça tem sido usada como cão de guarda e de companhia.

Eles foram batizados de “cães-cocheiros” pela aristocracia britânica, já que os nobres ingleses demonstravam seu poder com esses caninos acompanhando-os em suas viagens de carruagem. Dizem que sua função inicial era afastar os cães de rua para longe dos cavalos e ao mesmo tempo trazer elegância à carruagem.

Essa função continuou ao longo dos anos, apesar do desaparecimento das carruagens puxadas por cavalos, especialmente quando eles começaram a escoltar caminhões de bombeiros, uma tradição que ainda é preservada em alguns países do mundo, só que agora os cães viajam dentro do caminhão.

Traços característicos do dálmata

Sua principal característica é óbvia, uma peculiar pelagem com manchas pretas ou marrons. No entanto, os dálmatas ao nascer não têm essa característica singular: as manchas aparecem durante o primeiro ano de vida.

cães dálmata

Os olhos e o nariz do dálmata são geralmente da mesma cor que as manchas de seu corpo. A cauda em forma de sabre proporciona, em grande parte, a elegância que os distingue do resto. Os pelos são curtos e brilhantes quando ele está em boa-saúde.

O dálmata tem uma personalidade amigável, mesmo com estranhos e outros caninos. É incomum encontrar algum tipo de agressividade sem razão nesses cães. Na verdade, eles possuem um caráter sereno, se lhes for dada a dose adequada de treinamento ou exercício que eles exigem.

Esta raça canina comporta-se respeitosamente com as crianças e até mesmo atua como cuidadora, embora não sejam aquelas que estoicamente suportam o puxão das orelhas ou da cauda. Por esta razão, é sensato ensinar as crianças a maneira correta de tratar um cão, a fim de conseguir que o cão atinja um estado tolerante e relaxado com elas.

Alguns problemas de saúde dos dálmatas

Esta raça está propensa a uma quantidade significativa de doenças; devido à alta consanguinidade da raça. Sua popularidade cresceu muito com o filme 101 Dálmatas, que incentivou a criação indiscriminada desses cães para atender a demanda.

Dizem que os cães dálmatas têm uma alta predisposição genética para apresentar problemas de surdez. Esta condição surge em aproximadamente 10% da prole e ocorre de forma parcial ou total. Esse problema não é algo que ocorre com a idade do cão, porque eles podem nascer surdos ou não.

cachorro da raça dálmata

Eles também estão propensos à formação de pedras nos rins, porque seu metabolismo o faz excretar o ácido úrico na urina, especialmente os dálmatas machos. Atenção especial deve ser dada a esta condição, pois alguns casos são leves, mas outros podem comprometer a vida do nosso animal de estimação.

Outras doenças comuns nesta raça são a dermatite alérgica e atópica, bem como outras doenças da pele, como irritações que são evidentes ao observar a pelagem do cão.

Felizmente, a maioria dessas doenças é fácil de tratar e, com os cuidados necessários, não trará grandes consequências.

O dono perfeito

A personalidade ativa do dálmata faz dele um cão que gosta da vida ao ar livre e de uma boa dose de atividade. Por esta razão, estes cães são recomendados para jovens que gostam de exercícios, e que incluem o dálmata em suas rotinas para que estes possam liberar a energia que carregam.

Esta raça é brincalhona e você sempre as verá em constante movimento, então se você não tiver espaço suficiente em casa, deverá levá-los para passear pelo menos duas vezes por dia. Como já foi explicado, esta raça é muito sociável, portanto aprecia brincar com outros cães durante os passeios com o seu dono.