O que fazer se seu cão estiver se tornando agressivo?

· março 22, 2018
A agressividade em cães pode ter causas diferentes, bem como diferentes tratamentos, embora seja necessário contar com a ajuda de um especialista - educador ou treinador canino - para evitar males maiores.

Os cães são animais de estimação adoráveis ​​que ganharam uma boa reputação como “melhor amigo do homem”. Através da história da humanidade, eles adaptaram seu comportamento para não só serem úteis, mas também amigáveis. Portanto, muitas vezes é preocupante quando a agressividade em cães se torna um problema.

Em seguida, veremos algumas idéias para resolver esse transtorno:

O seu cão está se tornando agressivo?

Uma das primeiras coisas que você deveria fazer, quando sente que um cachorro está se tornando agressivo, é manter a calma. É necessário descobrir as causas, mas, acima de tudo, não piorar a situação com o estresse ou a angústia.

Além disso, a agressividade é algo recorrente que pode ocorrer com qualquer tipo de cão. Isso não tem nada a ver com uma raça específica e não está relacionado com o sexo do animal.

Depois de esclarecermos esse ponto, é lógica toda preocupação com possíveis comportamentos agressivos em cães por seus proprietários. No entanto, deve-se dizer que uma grande parte desses problemas de agressividade têm solução.

Sintomas de agressividade em cães

O que fazer se o seu cão se tornar agressivo?

Vá ao veterinário

O veterinário é a primeira pessoa a ser consultada nesses casos. Dessa forma, pode-se descartar que a agressividade se deve a algum problema relacionado à saúde do animal.

Um cão pode se tornar agressivo devido, por exemplo, a uma anomalia encefálica. Um episódio epiléptico ou algum tipo de desequilíbrio hormonal também podem influenciar na agressividade do animal.

A porcentagem de casos de comportamento agressivo em cães não é tão baixa. Estima-se que cerca de 20% dos casos consultados são devidos a alguma doença física. Isso quer dizer que a dor também pode alterar o humor do animal de estimação. É algo comum com os humanos também, só que os cachorros não têm outra maneira de canalizá-la porque não possuem a capacidade de raciocínio das pessoas.

Definir o caso de agressividade

Uma vez que, com a ajuda do veterinário, algum tipo de problema de saúde tenha sido descartado, é hora de avançar para outro nível. Devemos prestar atenção ao tipo de agressividade que o cachorro tem. Ele morde desconhecidos? Ou, só faz isso quando lhe tiram algo que lhe interessa? A resposta a cada uma dessas questões precisará de uma abordagem e tratamento diferentes.

Cães e lobos: suas semelhanças

Não se deve esquecer que, em uma medida menor ou maior, existe uma agressividade intrínseca em cada cachorro. Cães e lobos têm uma origem comum e são animais que vivem em grupos. Quando essa comunidade de animais se desenvolveu, um macho alfa devia sempre prevalecer: o líder da matilha. Isso é obtido impondo sua força aos outros membros do grupo.

A agressividade que um cão usa para se relacionar com seu grupo é parte de seu modelo organizacional. O problema surge quando um cão é levado para casa, sobre isso não há dúvida alguma.

A coisa mais instintiva sobre o cão é que ele pressupõe que todas as outras pessoas naquela casa são parte de sua matilhaDessa forma, não é de admirar que ele queira tratar as pessoas como se tratasse sua comunidade canina. Por essa razão, é muito importante estabelecer a hierarquia em casa, desde o primeiro momento.

Ofensivo ou defensivo?

Ainda é preciso definir se um cão se torna agressivo devido a uma situação de medo ou ameaça ou por uma disputa territorial. Uma vez que isso tenha sido determinado, todo o resto será menos complicado.

Cão começando a mostrar agressividade

Quando um cão tem medo, não há necessidade de aplicar uma técnica que envolva punição. Nesse caso, seria como lutar contra o fogo com gasolina. Uma sensação de medo deve ser combatida ganhando-se a confiança no animal. Portanto, é muito melhor treinar com jogos.

Se ele tiver medo de outras pessoas, espaços para condicionamento progressivo devem ser criados por curtos períodos de tempo. O cão deve se sentir confortável e não ameaçado. As ameaças o tornarão ainda mais agressivo.

Reorientar

Quando um cão reage agressivamente é porque já funcionou antes e ele não aprendeu a desenvolver outro tipo de resposta. Para que isso mude, você deve ter uma opção alternativa para oferecer ao cachorro. Algo que possa parecer atraente e combine com o que nós queremos, em vez de sua agressividade.

É sempre importante que, assim que forem percebidos quaisquer sintomas de agressividade injustificada em um cachorro, sejam logo tomadas as devidas precauções. Portanto, é de suma importância que o animal seja observado e não seja deixado perto de crianças.

Há precauções mínimas que podem prevenir acidentes. É muito positivo levá-lo ao especialista, tratá-lo com autoridade e carinho, colocar o arnês e a focinheira (esta última apenas quando necessário), no caso do cão ter de ir para a rua.