O que sabemos sobre a visão noturna dos gatos?

Março 14, 2018

Os felinos costumam estar mais ativos durante a noite do que durante o dia. Isto se deve ao instinto caçador deles e ao fato de poderem enxergar com pouca luz. No seguinte artigo contaremos a você tudo o que precisa saber sobre a visão noturna dos gatos.

Como é a visão noturna dos gatos?

É fácil percebermos que os olhos dos gatos são diferentes dos nossos. Suas pupilas são de forma elíptica e estão orientadas de maneira vertical. Podem se abrir mais do que a dos seres humanos, portanto, permitem uma maior passagem de luz através delas. É por isso que a visão noturna dos gatos é superior à de outros seres como, por exemplo, os cães.

Por outro lado, devemos destacar que os olhos felinos contêm uma membrana chamada Tapetum Lucidum. Trata-se de uma camada de tecido localizada na parte posterior dos globos oculares e que reflete os raios luminosos, para que eles atinjam a retina sem maiores problemas. Por isso vemos que os olhos dos gatos brilham na escuridão! Isso não é nada menos do que a luz refletida no Tapetum.

Gato com olhos azuis

Além disso, a retina dos felinos lhes permite enxergar também sob pouca luminosidade, já que ela é composta por mais bastonetes do que cones. Os primeiros são mais eficazes na absorção de luz. Os segundos se encarregam de absorver as cores (esta capacidade é mais limitada nos felinos do que nos humanos, já que eles enxergam melhor os tons azuis e violetas do que os vermelhos).

Todas estas características inerentes aos felinos em geral e, aos gatos em particular, trabalham em conjunto para poder enviar um sinal a partir do nervo da retina até o cérebro, sem importar a escuridão.

E o que acontece durante o dia?

Agora que você já sabe sobre a visão noturna dos gatos, talvez esteja se perguntando o que acontece quando há plena luz ou sol. Mas não se preocupe, porque seu animal de estimação não ficará cego e nem nada. Da mesma forma que ocorre conosco, as pupilas dos gatos também podem se fechar ou se abrir em função da luminosidade ou da clareza do ambiente. Se há muita luz, elas se contraem até ficar como uma só linha vertical. À medida que escurece, vão-se abrindo.

O mais interessante de tudo é que eles não precisam fechar as pálpebras por completo quando há plena luz. O sistema ocular dos gatos é como se fosse uma cortina que corre parcialmente. Ante um sol radiante, se reduz ao mínimo a abertura da retina, mas isso não os impede de enxergar.

Mais informações sobre a visão dos gatos

Realmente os olhos dos felinos são fascinantes. São tão diferentes do dos humanos! Entre as curiosidades da visão dos gatos, podemos destacar:

  1. Têm um campo visual maior

Nós humanos podemos ver até em um ângulo de 180°. Os gatos têm a possibilidade de olhar até 200° sem mover a cabeça.

  1. Enxergam melhor durante a noite

Dizem que os gatos têm a visão 8 vezes mais desenvolvida do que a dos seres humanos, porque não precisam da mesma quantidade de luz que nós para enxergar durante a noite. Ainda que não possam ver em absoluta escuridão, podem utilizar ainda que uma escassa luminosidade do ambiente, por exemplo, se a luz da lua ou a de um poste da rua atravessar a janela.

Gato no escuro

  1. Percebem o movimento

Os olhos dos gatos são uma ferramenta muito utilizada por eles para caçar. Podem distinguir quando um objeto ou animal pequeno se move perto deles. Mas, para reagir a isso, os movimentos devem ser rápidos, porque, caso contrário, consideram como algo estático.

  1. Enxergam bem a média distância

Os felinos têm um campo de visão ótimo entre 3 e 6 metros. Passada esta distância, eles têm miopia e, antes dos 3 metros, hipermetropia.

  1. Enxergam durante o dia de forma embaçada

Em situações de muita luminosidade a visão dos gatos não é tão boa, ainda que tenham seus métodos de “abafar” a luminosidade. As imagens durante o dia são um tanto embaçadas.

Recomendados para você