Os cães também podem sentir frio?

· junho 3, 2017

Esta é uma pergunta que muitas pessoas se fazem. Isso acontece porque os animais estão protegidos por uma camada de pelos que parece, de acordo com muitos, servir para tudo. É claro que o pelo é, de certa forma, uma proteção contra o frio, mas não significa que seja o suficiente. Vejamos o porquê.

Parece perfeitamente lógico pensar que um animal que tem pelos está preparado para o frio. Portanto, não necessitaria de peças de roupa para se proteger, mas isso não é verdade. Assim como nós, os animais também podem sofrer com as baixas temperaturas ou com o calor.

Como o frio afeta os meus animais de estimação

cao dormindo

O frio pode fazer com que nosso cão adoeça, da mesma forma que acontece com os seres humanos. Por um lado, a umidade pode fazer com que suas orelhas fiquem úmidas e sofram com a otite. Devemos estar atentos e examinar suas orelhas sempre que possível, principalmente na época mais fria do ano.

Os cães que vivem em zonas de muito frio ou neve, além de problema nos ouvidos, podem desenvolver problemas nas patas. As almofadinhas são uma zona muito sensível em nosso cão. É necessário protegê-las, especialmente quando saímos com ele na neve, no gelo ou em locais muito frios e úmidos.

A melhor forma de protegê-las é com cremes hidratantes ou vaselina antes, durante e depois de caminhar na neve ou em áreas de frio extremo. O aloe vera também é muito recomendado.

Devo comprar roupa para o meu animal se ele sente frio?

Sim, se você reside em uma região fria ou onde o inverno é mais rigoroso. Seu cão não só deveria ter uma manta acolhedora para quando estiver em casa, mas também alguma roupa térmica para sair à rua.

Embora muitos pensem que a moda canina é símbolo de ostentação e capricho, nem sempre é assim. No caso do frio, a roupa é um artigo fundamental para nossos animais de estimação.

Lembre-se de que uma das áreas onde mais se nota o frio é no final de suas costas e no começo das coxas. Então, a roupa deve cobrir bem essa região.

Como saber se meu cão está com frio

A primeira coisa que você deve saber é que, embora todos os cães estejam cobertos de pelagem e gordura para se protegerem do frio, nem todos têm a mesma quantidade. Por isso, alguns são mais propensos e sensíveis que outros.

Por exemplo, os chihuahuas têm o pelo mais curto que outras raças e, graças ao seu tamanho, também têm menor quantidade de gordura corporal. Por isso, devemos prestar mais atenção em animais como esses e em filhotes.

Para saber se o seu cão sente frio, e ele não precisa ser um chihuahua para passar por isso, observe se ele apresenta alguns dos sinais abaixo:

cão vestido

  • Tremores. Se ele treme depois de passar um tempo na rua, é possível que esteja em uma área com ventos e se sinta incomodado. Tente ir a um lugar mais protegido e dê um pouco de seu calor corporal para ver se ele se acalma. Se isso acontece em casa, permita a ele ter um cobertor que o proteja e que o faça se sentir confortável.
  • Sonolência. Se o seu animal parece mais cansado do que o habitual ou só quer dormir bem enrolado, pode ser que ele queira manter o calor do próprio corpo e dormir para que o tempo passe e esqueça essa sensação.
  • Respiração lenta. Se o seu cão respira mais lentamente que o normal, o frio pode ser o motivo.
  • Pele seca. As baixas temperaturas ressecam a pele. Se você notar que a pele de seu peludo está mais seca que o normal, certifique-se de que é causado pelo frio para cobri-lo com uma manta.

Observe o seu cão e ajude-o a se proteger do frio. Recorde que, embora seja um animal, tem necessidades muito parecidas com as nossas.