Os efeitos das aflatoxinas

· junho 15, 2018
Os efeitos causados pelas aflatoxinas podem ser a perda de peso, bem como hemorragias e accúmulo de líquidos na região abdominal; nos casos mais graves poderá ocorrer até mesmo a morte imediata do animal.

As aflatoxinas são micotoxinas ou, em outros termos, toxinas fúngicas. Elas são produzidas pelos fungos Aspergillus flavusA. parasiticus e Puberulum penicillium. As aflatoxinas são as micotoxinas mais conhecidas e, portanto, as mais pesquisadas.

Aflatoxicose é o nome da doença causada pelo consumo de comida contaminada com aflatoxinas. Esta doença propaga-se principalmente em lugares com altos índices de umidade, onde os alimentos, especialmente os cereais, podem se contaminar com fungos.

Os grãos que não são armazenados de maneira adequada estão mais propensos a se contaminar. Registraram-se focos de aflatoxicose em lugares onde se produz alimentos com estes cereais ou grãos contaminados, inclusive em rações para cães.

Como e em que tipo de alimentos ocorrem as aflatoxinas

Os alimentos podem ser contaminados com aflatoxinas durante todo o processo de produção. Pode ocorrer desde a colheita, passando pelo armazenamento e também pelo processamento.

Cachorro cheirando frango assado

Os grãos e cereais que costumam se contaminar mais comumente são o arroz, a cevada, o centeio, o milho, o amendoim, as nozes, as sementes de algodão e o sorgo. Os fatores que mais influenciam nisso são o volume de água, a umidade e a temperatura do grão.

Quem pode sofrer com os efeitos das aflatoxinas?

Animais como leitões, patos e gatos são os mais sensíveis a essa doença, além de cães, ovelhas e perus. Os seres humanos, em geral, não sofrem de aflatoxicose, mas as crianças podem ser intoxicadas. É importante que se preste atenção especial aos cães, já que existem casos de comida contaminada por aflatoxinas para estes animais.

Efeitos das aflatoxinas

O órgão mais afetado é o fígado. Os danos a este órgão produzem uma quantidade de sintomas que dependem de diferentes fatores. Inclusive poderá ocasionar a morte da pessoa ou do animal em virtude das aflatoxinas.

Sintomas da aflatoxicose

Os sintomas que indicam que há uma intoxicação por aflatoxinas dependem da quantidade e do tempo em que os alimentos contaminados foram ingeridos. Também terá uma clara influência se se trata especificamente de um animal ou de uma pessoa.

Sintomas de cães com aflatoxicose

Ocorrem sintomas repentinos após a ingestão, como é o caso de vômitos e rejeição à comida. As consequências podem ser a perda de peso, bem como hemorragias e o acúmulo de líquidos na região abdominal; nos casos mais graves, poderá ocorrer a morte imediata do animal.

Cocker Spaniel

Também podem ocorrer sintomas crônicos, como perda de peso, de apetite e mudanças no estado de humor. Outro risco é a insuficiência hepática e transtornos do processo de coagulação do sangue.

Sintomas em outros animais com aflatoxicose

A aflatoxicose apresenta-se com diferentes sintomas em várias espécies de animais. Estes sinais podem ser resumidos assim:

  • Danos hepáticos, como cirrose, fibrose e câncer
  • Danos nos canais biliares
  • Anemia
  • Icterícia
  • Lesões renais
  • Mutações na medula óssea
  • Problemas endócrinos e reprodutivos
  • Doenças respiratórias
  • Alteração do sistema nervoso
  • Depressão do sistema imunológico

Sintomas em humanos com aflatoxicose

No caso das pessoas, os sintomas dependem de fatores como a idade, o sexo e a condição física. Também da quantidade e do tempo em que as toxinas foram ingeridas.

Em pessoas que consomem grandes quantidades de aflatoxinas em curto tempo, os sintomas mais comuns são:

  • Danos hepáticos
  • Dores abdominais
  • Problemas digestivos e de absorção dos alimentos
  • Vômitos
  • Alterações do estado de consciência
  • Convulsões
  • Edema pulmonar

Nos casos mais extremos, a pessoa pode entrar em coma e inclusive vir a morrer. Quem consumiu aflatoxinas em pequenas quantidades por longo tempo poderá apresentar sintomas como:

  • Insuficiência hepática progressiva.
  • Se as células do fígado sofrerem mutação em virtude das aflatoxinas, poderá apresentar um câncer de fígado.

Prevenção

A principal forma de prevenção é o tratamento correto dos cultivos e das colheitas de grãos. No caso tanto de humanos como de animais, recomenda-se a ingestão de alimentos de boa qualidade. Pois é difícil para uma pessoa comum detectar as micotoxinas em carnes, queijos e ovos.

Não se deve consumir nenhum cereal ou grão que apresente algum tipo de fungo ou mofo.

Tratamento

Quando já se sofrem os efeitos das aflatoxinas, a primeira coisa que devemos fazer é suprimir a ingestão do alimento contaminado; além disso, devemos começar um tratamento sintomático. Isto é, só se administram medicamentos para reduzir os sintomas ou mal-estar produzidos pela doença. Vale destacar que os antibióticos não têm nenhum efeito sobre as aflatoxinas.