Patas biônicas implantadas em gatos com deficiência física

· junho 10, 2017

Dentre os avanços em acessórios e próteses de caráter veterinário, estão as patas biônicas para gatos com deficiência física.

São duas “patinhas” de polímero de borracha acopladas a uma armação de titânio. Estão conseguindo fazer com que esses animais recuperem a mobilidade.

Um caso específico de dois gatos com deficiência física

fonte: planetavivo.cienradios.com

Recentemente, dois gatos com deficiência física foram operados para receber duas patinhas biônicas. Elas vão permitir que voltem a caminhar. Embora não se trate de uma técnica nova, é a primeira vez que esse tipo de operação é realizada fora da Inglaterra.

Devemos nos lembrar de que já existe um precedente no que se refere à cirurgia para gatos com deficiência física. Foi no ano de 2010, com o gato Oscar.

Nessa época, as novas patas beneficiaram o gato Pooh e o gato Steven. São dois felinos que sofreram amputações nas patas traseiras ao serem atropelados por um carro.

Os dois gatos se encontram em bom estado de saúde e buscam um novo dono, depois do acidente que sofreram.

Detalhes dos implantes nos gatos com deficiência física

Esses implantes de patas são feitos sob medida e se acomodam ao tornozelo dos gatos. A técnica usada pelos cirurgiões foi semelhante à utilizada em 2010, no gato Oscar.

Os cirurgiões cravaram os pinos das próteses, fabricadas em polímero de borracha e acopladas em uma armação de titânio, em cada um dos ossos do tornozelo dos gatos com deficiência física.

Em um segundo momento, foram recobrindo com hidroxiapatita cada uma das próteses para estimular as células ósseas a crescerem sobre o metal. Dessa forma, a pele cresce sobre uma proteção que evita o aparecimento de infecções, o que poderia ser muito perigoso.

A equipe de cirurgiões que realizou a operação afirma que depois de um mês com as novas patas, se os gatos se adaptaram bem, a operação pode ser considerada um sucesso.

Ainda que os pequenos animais se relacionem com seu entorno de forma um pouco desajeitada, já podem caminhar, dar pequenas corridas e saltos.

Depois do sucesso, essas próteses serão melhoradas até poderem ser oferecidas de forma generalizada. Agora, os gatos com deficiência física e outros animais poderão caminhar de novo.

Próteses biônicas que salvaram a vida de animais

São muitas as espécies em perigo de extinção que são alvo de testes de biotecnologia. Esses implantes de próteses biônicas estão permitindo que diferentes animais de estimação acidentados se recuperem depois de lesões sofridas, possibilitando a sobrevivência delas.

Como são conseguidos esses avanços tecnológicos? Dentre outros meios, utilizando a impressão 3D para criar implantes e outro tipo de prótese sob medida.

Até hoje, os animais mutilados ou que nasciam com determinados defeitos congênitos eram sacrificados. Graças a esses avanços da tecnologia, agora, esses animais de estimação têm uma nova oportunidade para viver.

existem muitas organizações e, mesmo, donos dos animais dispostos a pagar o que for necessário. Adquira as próteses que salva esses animais e melhore a qualidade de vida deles, pois essa é uma excelente solução.

Alguns pontos em debate

Um dos desafios mais importantes em relação às próteses para animais é a grande diversidade de tamanhos e anatomia entre os animais de estimação. Esse detalhe faz com que seja necessário levar em consideração um elevado conjunto de características musculoesqueléticas.

Além disso, esteve tradicionalmente em debate a explicação a respeito da dúvida que existe se uma prótese dificulta ou ajuda os animais que perderam uma única pata.

Há opiniões para todos os gostos. Alguns especialistas garantem que animais, cães e gatos com três patas podem ser felizes. Mas reconhecem que precisam de uma maior resistência cardiovascular para realizar exercícios simples e atividades diárias.

No caso de gatos com deficiência física e outros animais que tenham as duas extremidades incapacitadas, a questão é muito mais clara. É imprescindível o uso de próteses para que eles possam ter uma vida digna.

Dificuldades

Fonte: planetavivo.cienradios.com

Como não é possível perguntar a um animal como estão os ajustes feitos ou como estão as próteses implantadas, tudo deve ser feito levando em consideração dados e avaliações clínicas.

Entre os principais fracassos das próteses para animais de estimação está o fato de o animal não conseguir se adaptar ao que lhe foi implantado.

Como vemos, a engenharia médica com seus avanços está conseguindo melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas. Sua aplicação a serviço dos animais também é louvável.

Fonte das imagens: www.libertaddigital.com e planetavivo.cienradios.com.