Pentear um cão de água: dicas e conselhos

Essa raça, como o próprio nome sugere, ama a água. Porém, pentear um cão de água pode ser um desafio necessário para evitar nós quando sua pelagem secar.

Cães de água são caracterizados por terem um pelo espesso, porém difícil de manejar. Se você tem um ou pensa em adotar, pode estar ficando louco pensando em como penteá-lo. Porém, resolvemos esse problema para você. Diremos, a seguir, como pentear um cão de água.

Higiene do cão de água

Para banhar um cão de água, utilizaremos shampoos específicos e suavizantes especializados em pelagem espessa. Inclusive, dizem que a sua pelagem fica mais fácil de ser manejada se o deixarmos entrar na praia antesApós alguns dias, lave-o com água doce para tirar o sal e passe o shampoo habitual.

Cuidar dos pelos de um cão de água

O corte é algo que influência muito no cuidado do pelo do cão de água, sendo mais ou menos fácil de se fazer. Existem três tipos de corte para essa raça:

  • Corte uniforme. Consiste em fazer com que o animal tenha a mesma largura de pelo para todos os lados. É mais difícil de formar nós e permite que o animal se mantenha menos suado e mais limpo. Não corte mais curto do que 1,5 cm, pois o pelo é um protetor tanto para o frio como para o calor.
  • Corte de trabalho. Dá mais ênfase nas áreas que têm maior propensão a acumular sujeiras. Isso protegerá o animal de parasitas que queiram se alojar nessas zonas. O resto do pelo deve ser longo, como dissemos antes, para protegê-lo de temperaturas altas ou baixas.
  • Corte longo. Nesse corte, apenas retira-se os pelos das regiões do ânus, barriga e pênis, evitando o acúmulo de resíduos e a possibilidade de infecções.

Dicas para pentear um cão de água

Antes de começar a pentear um cão de água, devemos ter os acessórios necessários. Para esse tipo de pelo, nem todos os pentes e escovas irão funcionar. O melhor a se fazer é perguntar nas lojas de animais quais as escovas mais adequadas para cães com essas características.

Para evitar nós, observe as regiões mais propensas a embaraçar, como a barba, as patas e o abdômen. Lembre-se de que, se você escovar todo o cão de água, a estrutura do seu pelo se desmanchará e os nós aparecerão mais facilmente.

Um bom conselho para evitar nós é observar sempre se o cão tem pulgas ou carrapatos. Se ele se coça muito, a estrutura do pelo se abrirá e favorecerá a formação de nós. Essa estrutura se forma naturalmente enquanto o pelo cresce.Cão de água nadando

Esses nós terão de ser desfeitos com paciência, da raiz até as pontas. Use um umidificador para deixar o trabalho mais fácil. Se não for possível desfazer os nós, você precisará cortá-los.

Se não atentar para o pelo do cão, esses nós se tornarão mais frequentes e você não terá como desfazê-los sem um corte.

O que não fazer quando pentear um cão de água

Existem muitos mitos sobre os cães de água, por exemplo:

  • Você não precisa fazer tranças. Muitos acreditam que o melhor a se fazer é pentear o cão de água e fazer tranças em seu pelo. Porém, as tranças crescem de maneira natural e fazê-las manualmente favorece a aparição de nós.
  • Você não precisa raspá-lo. Alguns dizem que é ideal raspá-lo pelo menos uma vez ao ano. Porém, essa escolha é pessoal e não se faz necessária. Lembre-se de que a pelagem o protege do frio e do calor.
  • Sim, você pode penteá-los sempre, quando não tiverem tranças.
  • Claro que você tem que dar banho neles! Os cães de água devem tomar banho, mas sempre com produtos adequados ao seu pelo.
  • O banho não deve ser com água fria. Ao dar banho com água quente, o pelo terá o mesmo tamanho após secar.

Em suma, esperamos que esses conselhos possam facilitar os cuidados com a pelagem de seu cão de água.

Recomendados para você