Perda de pelos em cães: causas e tratamento

· novembro 11, 2018
Seja por razões tão simples como uma mudança na dieta, ou causas realmente sérias, a perda de pelos em cães sempre pode ser corrigida por medidas apropriadas, que na maioria dos casos serão definidas pelo veterinário.

Quem já não teve que passar a vassoura duas, três, quatro vezes por dia por causa dos pelos do membro canino da família? 

A perda de pelos em cães é muito comum. No entanto, é necessário detectar as causas para agir a tempo no caso de problemas graves.

O problema da perda de pelos em cães ocorre quando a perda é excessiva e deixa a pele à vista. As razões podem ser desde doenças da pele até estresse.

A seguir, faremos um possível diagnóstico com causas e tratamentos, de forma preventiva, antes de você consultar um profissional.

Causas mais comuns de perda de pelos em cães e seus tratamentos

Os cães, assim como as pessoas, expressam sintomas de vários desconfortos através de suas peles. 

Não só sarna ou dermatite podem causar alopecia canina; a má alimentação fará com que a pelagem do cão enfraqueça e caia continuamente.

Em cada caso, o tratamento pode variar, passando por vários medicamentos ou simples passeios ao sol.

  1. Má-alimentação

Causa: quando nossos animais de estimação consomem ração, devemos garantir que cada cão recebe os nutrientes necessários para sua idade e tamanho.

Além disso, às vezes eles precisam de comida extra, como ossos e até mesmo arroz cozido.

Cachorro roendo osso

Tratamento: Nestes casos, o tratamento é fácil. Basta mudar sua dieta e logo você notará uma melhora.

  1. Alergias

Causas: Os cães também podem sofrer de diferentes alergias, que se manifestam na pele. Ácaros, mofo, pólen, produtos de limpeza ou certos produtos químicos são alguns dos reagentes que podem provocar este problema.

Cachorro entre flores

O principal sintoma de alergia no cão será a coceira, que pode se tornar muito irritante se não for tratada a tempo.

Se houver áreas sem pelos, inflamação e vermelhidão, é muito provável que ele esteja enfrentando uma alergia.

Tratamento: somente o veterinário pode indicar o tratamento adequado para cada cão. 

Em geral, o cão fará uso de medicamentos injetáveis, até que os sintomas desapareçam.

  1. Calos e úlceras

Causas: úlceras de decúbito são aquelas pequenas áreas de aparência calosa onde a pele foi deixada sem suprimento de sangue.

Elas geralmente se originam em cães muito velhos; devido à simples passagem do tempo e desgaste na área, como os cotovelos.

Tratamento: no caso de a área sangrar ou estar ferida, aplique água oxigenada para evitar uma infecção.

Queda de pelos em cães ligadas a doenças complexas

  1. Síndrome de Cushing

Causas: A síndrome de Cushing é causada por um pequeno tumor na glândula pituitária.

Isso faz com que o corpo produza muita cortisona, por isso a doença também é chamada de hiperadrenocorticismo.

Além da perda de pelos em cães, esta doença provoca um enfraquecimento da pele, inchaço abdominal, dificuldade de respirar e fraqueza.

Tratamento: devido à complexidade da cirurgia para remover o tumor, este tipo de doença é tratado com medicamentos por toda a vida.

  1. Infecções parasitárias

Causas: pulgas, carrapatos e parasitas subcutâneos, como sarna, são muito prejudiciais para a pele, já que são eles que causam a perda de pelos em cães.

Além de uma boa dieta, o ideal é um xampu especial para evitar esses parasitas.

Tratamento: pulgas e carrapatos são fáceis de eliminar em casa.

Existem talcos e outros produtos que geralmente são aplicados no pescoço do cão e que conseguem eliminar essas pragas.

No caso da sarna, além do talco e afins, uma medicação especial é necessária com base no tipo de sarna a ser tratada.

Outras causas e remédios para perda de pelos em cães

Alguns cães têm uma predisposição genética à alopecia

Raças como o Chihuahua e o Dobermann tendem a ficar sem pelos no tronco, nas costas, no pescoço ou nas orelhas, entre outras áreas.

Nos casos em que a causa da perda de pelos em cães não puder ser tratada com medicação; existem soluções caseiras que podem ajudar a diminuir o volume da queda de pelos.

O extrato de sementes de uvas tem quantidades interessantes de antioxidantes benéficos para a pele. 

É comercializado em cápsulas que também estão disponíveis para cães. Escovar os pelos geralmente é outra medida que ajuda a evitar que a queda seja muito abundante.

Em resumo, as causas da queda de pelos em cães podem responder a doenças mais ou menos graves, ou problemas orgânicos cujo tratamento depende do cuidado diário do animal.

Na maioria dos casos, uma consulta com o veterinário pode tranquilizar os proprietários e ser de grande ajuda para os pacientes.