Medicamentos naturais para animais de estimação

Embora o hábito de ir ao veterinário seja importante, existem muitos remédios naturais que podem ajudar.
Medicamentos naturais para animais de estimação

Última atualização: 26 junho, 2018

Nossos animais de estimação podem desenvolver diversos problemas de saúde. Talvez o sistema imunológico deles esteja enfraquecido ou ele tenha tido contato com ruas, lixo e outros animais contaminados. E, embora o hábito de ir ao veterinário seja importante, existem muitos remédios naturais que podem ajudar. No artigo de hoje, vamos apresentar alguns medicamentos naturais benéficos para animais de estimação.

Remédios e medicamentos naturais para animais de estimação

Contra a diarreia

A diarreia é um problema comum que atinge tanto pessoas como animais. Pode parecer inofensiva, mas a verdade é que uma diarreia não tratada pode levar à desidratação e até causar a morte do animal. Normalmente, é causada por bactérias, vírus, parasitas ou alimentos contaminados.

Neste caso, a primeira coisa a ser feita é não administrar nada, nem remédios receitados pelo veterinário, que podem até piorar a situação. Se durante o jejum você notar que o animal apenas sofre de desconforto, gases ou ruídos estomacais, não há problema.

Caso o animal apresente febre, mudanças de humor, tremores ou sangramento, é preciso consultar um veterinário com urgência. Esses sinais podem indicar um problema mais grave.

No caso de se tratar de uma diarreia comum, começaremos oferecendo vegetais e frangos fervidos sem sal. O arroz está proibido em todos os casos, pois absorve grande parte da água do corpo, piorando a desidratação.

É fundamental deixar à disposição do animal água fresca e limpa, cuidando para que ele beba o suficiente. Acrescentar algumas gotas de limão, um pouco de camomila ou folhas de hortelã, ajudará a acelerar a recuperação.

Constipação

Agora, vamos falar sobre o extremo oposto: a constipação. A ingestão de probiótico, por exemplo, induz o bichinho a defecar, uma vez que possui efeito laxante. Mesmo assim, se o animal não defecar nas primeiras 48 horas, é aconselhável visitar o veterinário.

Medicamentos naturais para animais de estimação

O aloe vera é o componente ideal para combater a constipação e é muito fácil de dar para o nosso animal de estimação. Basta adicionar algumas gotas do gel da planta na água do nosso peludo. É possível que ele não queria beber enquanto se sentir mal, mas podemos usar uma seringa ou mamadeira.

Flatulências

Em certas ocasiões, cães e gatos podem apresentar flatulências. Geralmente, elas são causadas por intolerância a algum alimento ou porque a dieta do animal é de excessiva ou de baixa qualidade. Talvez a comida ingerida não seja absorvida corretamente pelo organismo.

Algumas ervas podem ser adicionadas na água e na comida do animal e podem evitar as flatulências. Entre elas estão o anis, o hortelã, sementes de funcho e aipo.

Vômitos

Normalmente, cães e gatos vomitam sem motivo aparente. Muitas vezes, esses vômitos são perfeitamente normais, já que é assim que o organismo deles digere os alimentos. Entretanto, vômitos frequentes podem indicar alguma anomalia, como intoxicação, presença de parasitas ou outros problemas.

Medicamentos naturais para animais de estimação

Nesses casos, é fundamental iniciar uma dieta suave para o nosso bicho de estimação. É possível adicionar em sua água ou até na comida algumas ervas, como erva-cidreira, anis, hortelã ou gengibre.

Os remédios e medicamentos naturais para animais de estimação podem ser feitos facilmente em casa, graças a algumas plantas que podem ser encontradas com facilidade. Elas são sempre melhores para o organismo dos animais que os medicamentos compostos por produtos químicos.

Entretanto, leve em consideração que cada problema de saúde apresenta um tempo limite onde o animal não corre perigo. Assim, caso a condição persista, consulte um veterinário para descartar a possibilidade de algo mais grave.

Pode interessar a você...
Hiperestesia felina: o que é e por que ocorre?
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Hiperestesia felina: o que é e por que ocorre?

Como havíamos falado em um post anterior, a hiperestesia felina é uma das doenças mais delicadas que um gato pode sofrer. Saiba mais sobre ela aqui...