Pessoas que adotarem cães de rua na Argentina pagarão menos impostos

Se, além de ganhar todo o amor que os cães de rua têm para oferecer, você pagasse menos impostos por adotá-los, aceitaria o convite? Se a sua resposta foi afirmativa, você deve pensar seriamente em se mudar para a bela cidade de Alta Gracia, na província argentina de Córdoba.

Da multa para a redução de impostos

cão de rua

As autoridades desse município se mostraram preocupadas – por motivos variados – com o grande número de peludos na rua. Chegaram a contabilizar 22 animais somente na região central da cidade.

Para conter a situação, um vereador do partido governante da província não teve ideia melhor que propor uma multa a quem alimentasse os cães vira-latas.

Assim, ele tentava desencorajar o abandono de cães e, principalmente, que os animais vagassem pelas áreas mais comerciais e turísticas dessa cidade serrana. Alta Gracia é conhecida por ter abrigado Ernesto “Che” Guevara, que chegou ainda criança com sua família em busca de ar puro e seco para melhorar sua asma.

O vereador argumentava também que, assim, se evitariam brigas por comida entre os animais. De acordo com ele, isso oferecia riscos para pedestres e veículos.

“Em um município da província de Córdoba, Argentina, reduziram impostos para estimular a adoção de cães de rua. Além disso, foram entregues pacotes com ração equilibrada e os gastos veterinários são pagos àqueles que acolhem em seus lares um mascote abandonado.”

Conheça os benefícios de adotar cães de rua em Alta Gracia

Como é de se imaginar, as reações contra essa iniciativa não demoraram a aparecer. Não foram apenas diversas organizações de defesa dos direitos dos animais que manifestaram seu descontentamento. Os moradores também se mostraram indignados através das redes sociais.

Ante a reação dos habitantes de Alta Gracia, especialistas em animais foram procurados para buscar uma solução alternativa para a situação dos cães de rua.

A partir disso, foi proposto que – durante 12 meses – aqueles que adotarem um peludo:

  • Terão direito a uma redução do imposto municipal equivalente a 50% da taxa correspondente ao mínimo anual.
  • Receberão um pacote de ração equilibrada para cães de boa qualidade todos os meses.
  • Terão acesso a atenção veterinária gratuita para o animal em questão.

Participaram desse acordo as fundações Amigos del Mejor Amigo (A.D.M.A) e Ayuda Animal Social y Sustentables (FASS) e outras organizações não-governamentais.

Após a medida, vários cães da cidade foram adotados

A iniciativa está dando frutos. Até o fechamento deste artigo, já eram 13 os cães de rua que encontraram um novo lar.

Para ganhar o benefício, verifica-se se os adotantes são capazes de cuidar corretamente dos animais. Também conferem se contam com uma propriedade fechada para evitar que os peludos escapem.

Esta medida permitirá que os habitantes que acolherem um peludo abandonado em suas casas economizem cerca de 300 pesos argentinos. Isso equivale a cerca de 60 reais.

Por sua vez, o município de Alta Graça deverá criar campanhas de conscientização destinadas a evitar o abandono de animais de companhia.

Uma iniciativa a favor dos bichos que deve ser copiada

holanda sem caes de rua

Sem dúvida, a medida tomada pelas autoridades desse município argentino é digna de ser imitada. Principalmente em momentos em que o poder aquisitivo da grande maioria dos argentinos se encontra em baixa graças às ações tomadas pelo governo do país.

Há algum tempo, contamos que a Argentina detém o recorde de maior número de animais de estimação por habitante. De acordo com um estudo, 80% dos entrevistados indicaram que possuíam ao menos um mascote, principalmente cães.

Entretanto, quando a situação econômica da população se deteriora, infelizmente os cães correm o risco de serem abandonados. Isso acontece pela dificuldade em oferecer a eles alimento e outros cuidados essenciais.

Esperamos que essa situação se reverta. Sonhamos com o dia em que todos os animais argentinos possam seguir aproveitando uma vida boa ao lado de seus donos.