Por que os cães nos seguem para todo lugar?

· novembro 9, 2018
Seja por instinto ou pelo vínculo forjado entre dono e animal de estimação, os cães nos seguem em todos os lugares.

Nossos animais de estimação são nossos companheiros e, em muitos casos, nossas sombras. Por trás desse comportamento, há várias razões difíceis para muitos proprietários entenderem. Você sabe por que os cães nos seguem em todos os lugares? A resposta, a seguir!

Um comportamento explicável cientificamente

Se você acha um hábito encantador ou frustrante, a verdade é que os cães nos seguem em todos os lugares desde que o homem conseguiu domesticar o lobo.

De fato, é improvável que esse comportamento mude apesar dos milhares de anos de evolução que eles carregam em suas costas.

Apesar disso, se pudermos entender até que ponto os cães nos seguem para todos os lugares naturalmente, pode ser que esse hábito irritante deixe de ser irritante.

Talvez passe a ser uma parte normal de nosso dia-a-dia com nosso fiel companheiro.

por que os cães nos seguem para todos os lugares

Por que os cães nos seguem para todo lugar?

  • O processo de imprinting é um fenômeno que foi inicialmente observado pelo cientista austríaco Konrad Lorenz. Primeiramente, ele descobriu que o filhote de certos animais detectava ao nascer uma figura materna, independentemente de estar com sua mãe ou cuidador. O filhote identificou esse ser como um provedor de cuidados e alimentação, e constantemente o seguia para qualquer lugar. Esse vínculo inicial poderia até modificar seu comportamento posterior. No caso dos cães, esse processo de “impressão” ocorre durante as primeiras 12 semanas de vida.
  • Usando uma recompensa – treinamento e carinho como base, os proprietários podem formar um vínculo com seus animais de estimação e levá-los automaticamente a segui-los em qualquer lugar. Se o seu cão o identifica como uma fonte de comida e diversão, ele provavelmente nunca irá quer se separar de você. Apesar disso, cada animal tem uma personalidade e níveis de dependência diferentes e que podem variar muito de um animal de estimação para outro.
  • Seguindo a natureza da personalidade do cão, devemos mencionar que existem certos animais que vivem muito confortavelmente entre os seres humanos e que se sentem muito apegados aos seus donos. Alguns podem até sentir ansiedade de separação se o dono estiver fora de casa por muito tempo. Esta dependência pode tornar-se patológica se não for controlada, por isso, recomenda-se recorrer aos serviços de um etologista canino ou de um treinador, se a ansiedade de separação começar a ser um problema em seu relacionamento. Apesar disso, também existem cães muito independentes que apreciam a vida em casa sem qualquer problema.
Caminhada com cães

Esse tipo de comportamento realmente nos beneficia?

Alguns proprietários dizem que estão cansados ​​de ter uma sombra adicional que observa todos os seus movimentos e requer constante encorajamento e afeição.

Para alguns, no entanto, um dos benefícios de ter um animal de estimação é ter a companhia de uma criatura fiel e amorosa que se sente feliz toda vez que alguém chega em casa após o trabalho.

Cada dono e cada animal desfrutam de um relacionamento único e irrepetível, pelo qual ambos terão que definir os limites de sua zona de conforto para ficar completamente à vontade com o outro.

De qualquer forma, se o seu cão está feliz com você e prefere segui-lo para todos os lugares, é provável que ambos estejam desfrutando de um belo relacionamento de amizade que durará uma vida inteira.