Quais são as doenças mais comuns nos beagles?

Os beagles são conhecidos pela sua robustez, mas isso não os deixa livres de ter certos problemas inerentes à sua raça.
Quais são as doenças mais comuns nos beagles?

Última atualização: 17 Fevereiro, 2021

Os beagles, esses antigos caçadores selecionados pelo seu maravilhoso olfato e robustez, também têm as suas fraquezas. Nesta oportunidade, você poderá conhecer as doenças mais comuns nos beagles.

Muitas dessas patologias são comuns a todos os cães, mas um pouco mais prevalentes nessa raça. Primeiramente, vamos dar uma breve pincelada sobre as características do beagle, um cachorro tão sociável e inteligente quanto belo. Não perca!

Como são os beagles?

Conhecidos pelo seu uso na caça e em testes com animais, na verdade, os beagles conquistaram a raça humana por outras razões. Uma delas é a sua natureza sociável e grande energia, além da ausência geral de doenças congênitas.

Outra razão é que são cães muito inteligentes, que gostam muito de companhia e que não são nada agressivos. Apesar de obedientes, pode demorar um pouco para que eles se concentrem nas instruções dos tutores, principalmente se estiverem seguindo algum rastro.

Isso nos leva ao próximo ponto: é considerado, juntamente com o cão-de-santo-humberto (ou bloodhound)um dos cães com o melhor olfato no reino canino. A morfologia do seu focinho favorece a captura dos odores perto do nariz, por isso esses cães são melhores para seguir rastros na terra do que no ar.

Os beagles têm uma expectativa de vida de cerca de 15 anos, de acordo com o seu tamanho médio. Geralmente se dão bem com crianças, por isso a sua popularidade nos lares como mais um membro da família. Mas atenção, como sempre se ressalta, cada animal tem a uma personalidade própria.

doenças mais comuns em beagles

Quais são as doenças mais comuns nos beagles?

Essa raça não apresenta doenças congênitas importantes. De fato, a maioria se deve às características da sua morfologia. De qualquer forma, aqui estão as mais facilmente encontradas nas clínicas:

1. Epilepsia

O ataque epiléptico é definido como uma crise cerebral resultante de uma descarga neuronal excessiva que se manifesta com convulsões, hipertermia, salivação excessiva, piscar rítmico ou contrações faciais, entre outros sinais. Essa doença pode ser facilmente controlada por meio de medicamentos como o fenobarbital ou o brometo de potássio.

2. Hipotireoidismo

Essa é uma das doenças endócrinas mais comuns em cães, e os beagles não estão livres dela. Por causa da tendência ao ganho de peso causada pela doença, o diagnóstico correto é muito importante. O hipotireoidismo se caracteriza pela tendência ao ganho de peso, pela hipotermia e por um grande número de sinais cutâneos.

Entre os mais comuns, encontramos queda de pelo, alterações de cor, alopecia, predisposição a infecções de pele e, em raras ocasiões, anormalidades do sistema nervoso e reprodutor. A causa dessa doença é a atividade deficiente dos hormônios da tireoide que, por sua vez, causa a diminuição do metabolismo.

3. Problemas de ouvido

As orelhas longas e caídas dessa raça costumam ser um impedimento para uma ventilação adequada em suas orelhas e, por isso, esses cães tendem a apresentar infecções de ouvidoSe você perceber que o seu cachorro está com a cabeça inclinada, fica se coçando, está com a orelha quente ou chora ao ser tocado nessa área, é possível que ele precise de uma consulta no veterinário para verificar se está tudo bem.

4. Doenças oculares

É verdade que, apesar da seus pontos fortes, os beagles são uma das raças que podem apresentar problemas oculares. Estes são os mais comuns:

  • Glaucomao glaucoma é o aumento da pressão intraocular causado pela produção excessiva de humor aquoso, o fluido que preenche o olho. É uma doença grave e que, se não for tratada, pode levar à cegueira.
  • Distrofia de córnea: geralmente se manifesta como uma opacidade branca na córnea ou em parte dela e pode ser dolorosa. O monitoramento e o tratamento são necessários para que não apareçam úlceras, já que a perda de visão normalmente é leve.
  • Distiquíase: essa doença surge quando o cachorro desenvolve duas fileiras de cílios e uma delas cresce para dentro do olho ou de forma desordenada, fato que promove irritação no olho e até mesmo infecção.
  • Olho de cereja: quando a terceira pálpebra enfraquece, pode haver o prolapso da glândula lacrimal que se projeta para fora do olho, o que dá nome a essa patologia. O tratamento mais comum é a cirurgia, pois pode levar a uma infecção.
doenças mais comuns em beagles

Conclusões sobre as doenças mais comuns nos beagles

Assim, como você pode ver, os beagles também têm algumas doenças ligadas à sua raça. Como sempre, a primeira recomendação é evitar tudo isso com um bom estilo de vida, mas o atendimento veterinário oportuno é o que vai livrar o seu companheiro canino de que um acidente ou ferimento superficial tragam consequências mais graves.

Pode interessar a você...
Conselhos para adestrar um beagle
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Conselhos para adestrar um beagle

Quer conhecer alguns conselhos para adestrar um beagle da melhor maneira possível? Não perca as dicas que reunimos neste artigo.