Akita Inu: 6 curiosidades dessa raça

O Akita Inu é um cão de origens antigas que vem do Japão.
Akita Inu: 6 curiosidades dessa raça

Última atualização: 15 Janeiro, 2021

O Akita Inu é uma raça de cão muito popular. Tem origem japonesa, mas cada vez mais cães dessa raça podem ser vistos em outros continentes.

Sem dúvida, o que mais chama a atenção são os traços arredondados do rosto e seu aspecto cativante, juntamente com sua pelagem densa, macia e eriçada, além da sua cauda larga e enrolada.

O Akita Inu é um cão calmo, dócil, leal e nobre, mas independente. Além disso, é um cão muito inteligente.

História do Akita Inu

Em suas origens, por volta de 1603, os Akita eram usados ​​como cães de caça de ursos. Mais tarde, eles foram cruzados com raças maiores como o mastim e se tornaram cães de briga. Foi somente no início do século XX que a raça Akita passou a ser considerada uma espécie de monumento histórico no Japão.

Porém, com o início da Primeira Guerra Mundial, o número de cães dessa raça caiu drasticamente e muitos dos que permaneceram foram cruzados com pastores alemães, os únicos cães que não eram caçados por peles naquela época, já que serviam no exército.

Após a guerra, o entusiasmo pela raça pura de Akitas voltou e, através de cruzamentos com indivíduos Matagi Akita (a raça original, sem cruzamentos), o número de Akitas aumentou consideravelmente.

Como são esses cachorros?

É um cão de grande porte, que pesa entre 30 a 45 quilos, de constituição forte, com peito largo e abdômen retraído. As patas e os pés são largos e fortes.

Como são esses cachorros?

A testa é larga e sem rugas, as orelhas são pequenas, triangulares e grossas, e o focinho é longo, mais largo na base. Seus olhos se destacam, muito pequenos, como se estivessem semicerrados e distantes um do outro. Por sua vez, a cauda é longa, larga e enrolada no dorso, como costuma ser a cauda dos cães do tipo spitz.

Existem várias cores nessa raça: avermelhado, gergelim, tigrado e branco. Além disso, todos têm uma série de manchas brancas que se encontram em ambos os lados do focinho, nas bochechas, sob a mandíbula, no pescoço, no tórax e no abdômen, sob a cauda e na parte interna das patas.

Silencioso e discreto

Os Akitas são cães muito quietos, e é exatamento o fato de não latirem sem motivo que os torna bons guardiões do lar.

O cão japonês por excelência

Essa raça se tornou um símbolo da cultura japonesa e é encontrada em muitos lares japoneses, assim como outros cães semelhantes a ela, como o Shiba Inu.

O Akita Inu não é um cachorro fácil

Apesar de sua natureza reservada e calma, é um cão muito enérgico e exige uma boa dose de atividade. Além disso, ele não socializa facilmente com estranhos.

Inteligente e compatível

O Akita está classificado em 54º lugar no famoso ranking de inteligência dos cães. Isso o torna um cão bastante obediente se mantivermos um bom treinamento.

Famoso no cinema

Todos nós conhecemos a famosa adaptação de Hachiko, cujo protagonista é um cão da raça Akita. Mas Hachiko foi real e a sua história também: ele esperou por seu tutor na estação de trem, de onde ele costumava descer, durante anos depois da sua morte.

Famoso no cinema
Fonte: www.filmaffinity.com

A história desse fiel cão cativou todos os japoneses e, além de filmes e livros, Hachiko tem uma estátua em sua memória.

Maior que o Shiba Inu

Embora originalmente o Akita Inu fosse um cão de médio porte (Akita Matagi), após séculos de cruzamentos com outras raças acabou se revelando um cão grande, maior que seu companheiro, também japonês e igualmente conhecido, o Shiba Inu, o qual conta com cerca de 33 centímetros de altura.

Pode interessar a você...
Shiba, conhecido como cachorro-gato
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Shiba, conhecido como cachorro-gato

O Shiba é constantemente confundido com outras raças. Hoje apresentamos este cachorro e te contamos por que é chamado de "cachorro-gato".



  • Federación Cinológica Internacional (FCI)