Quais opções de funeral existem para animais que morreram?

· setembro 24, 2018
O enterro de animais de estimação que morreram é possível através de empresas privadas ou clínicas veterinárias. Enterrá-los no jardim pode representar um problema de higiene que é punível por lei.

Quando nosso animal de estimação morre, passamos por uma das dores mais amargas de nossa vida. Ao mesmo tempo, nos vemos na posição de ter que decidir o que fazer com o corpo, enquanto as lágrimas e a angústia nos consomem. O ideal é que, antes disso acontecer, conheçamos as opções que existem para os animais que morreram.

Animais que morreram podem ter uma cerimônia

Embora muitas pessoas nos chamem de loucos, nós que amamos animais e que vivemos com um durante anos, queremos nos despedir de uma maneira digna para que possamos manter uma boa memória dos nossos amigos. E qual o problema? Estas são as opções para animais morreram:

A cremação de animais

Existem várias empresas privadas que se dedicam à cremação de animais de estimação. Somente fazendo uma pesquisa minuciosa na internet você poderá encontrar uma, ou perguntando ao seu veterinário de confiança.

O preço acordado com a empresa inclui a transferência do animal morto para a casa funerária; o velório, um livro de assinaturas, atendimento psicológico, se você acha que você ou um membro da família precisa, a urna e a entrega das cinzas. Uma despedida digna e memorável em todas as fases.

A urna você poderá levar para casa ou, se preferir, pedir para que seja enterrada.

Cemitérios de animais de estimação

Existem vários países que têm cemitérios de animais de estimação, onde você pode enterrar o seu. Para fazer isso você terá que contratar o serviço, que inclui a coleta do animal, caixão e enterro com flores.

cemitério de animais

Você pode escolher o caixão e o lugar onde quer que ele seja enterrado, contanto que haja mais de um disponível. Será um muito semelhante ao enterro de uma pessoa, no qual você também pode optar por colocar um epitáfio; embora isso possa custar muito caro, dependendo do tamanho, gravura e materiais utilizados.

Levá-lo ao veterinário

Os veterinários oferecem serviços para “eliminar” o cadáver de animais que morreram, através de duas opções. A primeira é através de uma cremação coletiva, em que o animal seria cremado com outros e as cinzas não seriam entregues posteriormente, pois estas acabariam em uma vala comum ou em um aterro. Mesmo assim, há um custo.

No segundo caso, o veterinário cuidará dos procedimentos para a incineração individual e lhe dará as cinzas, o que custará bem mais caro. Nós nunca teremos certeza de que o que eles nos dão são as cinzas de nosso animal de estimação, porque não podemos estar presentes na incineração, ao contrário do que acontece nas empresas privadas que mencionamos anteriormente.

Serviços municipais

Algumas prefeituras europeias têm um serviço de coleta e incineração dos animais de estimação que morreram. Este serviço é gratuito, porque é custeado pelos impostos, mas não é o adeus digno que a maioria dos donos de pets procura.

Um veículo vai até onde o animal está, embrulha seu corpo e leva-o para ser cremado com outros animais de estimação. Ou leva o animalzinho para jogá-lo em uma vala comum, ou ainda, como muitos especulam, para serem usados como alimento em zoológicos.

O que você não deve fazer

O que você nunca deve fazer é enterrar seu animal de estimação em seu jardim ou no campo. Outra coisa que sabemos que você não fará, é jogá-lo no lixo.

cemitério de animais

Isso não é recomendado, pois animais em processo de decomposição são foco de doenças e infecções. Além disso, demonstra falta de sensibilidade. Enfim, você não acha que seu animal de estimação, aquele que viveu com você por anos e lhe dedicou sua lealdade incondicional, merece um adeus digno?