Quais os cuidados com um hamster?

Os cuidados com um hamster são essenciais para preservar a saúde do animal e de todos ao seu redor. Saber cuidar de um animal de estimação significa entender seu organismo e respeitar suas necessidades específicas.

Os hamsters são pequenos roedores que pertencem à família Cricetidae. Sua expectativa de vida varia de 2 a 5 anos. São uma excelente opção como um primeiro animal de estimação para crianças, já que costumam ensinar muito sobre a responsabilidade de cuidar e respeitar um animal.

Outro aspecto favorável é que se adaptam facilmente a espaços reduzidos e não requerem muito tempo de seus donos. Mas os hamsters também precisam de atenção para crescer, se alimentar e para se desenvolver de forma saudável.

Quais os principais cuidados com um hamster?

Os veterinários indicam que estes são os principais cuidados com um hamster: escolher uma jaula confortável, proporcionar alimentação balanceada e espaço reservado para a prática de exercícios físicos.

Hamster com flores sobre uma pedra

Escolhendo uma boa jaula e a localização perfeita

A vida de um hamster doméstico se desenvolve no interior da jaula. Essa é sua moradia e por isso é tão importante escolher corretamente para que o animal se sinta confortável e para que ele possa crescer saudavelmente.

Existem muitas opções de jaulas no mercado. A escolha deve ser feita com base principalmente no tamanho do animal escolhido. Uma jaula padrão possui 60 cm de comprimento, 50 cm de largura e 50 cm de profundidade. É perfeitamente confortável para um animal de porte médio.

Caso opte por exemplares menores, como o hamster Roborovskii, é preferível um aquário. Estes animais são tão pequenos e magros que podem escapar pelos buracos ou grades de uma jaula. A estrutura do aquário deve ser condicionada de forma apropriada.

Os especialistas recomendam optar por uma jaula construída com andar duplo, que conte com túneis e brinquedos que incentivem uma vida ativa e permitam a circulação livre do animal no interior da jaula.

Os hamsters possuem alta tendência à obesidade, o que diminui radicalmente sua expectativa de vida. Por isso é tão importante proporcionar estímulos e espaços para a realização de exercícios físicos.

Além disso, a jaula deve contar com um local onde o animal possa se recolher para descansar ou dormir. Logicamente, não podem faltar um bom comedouro e um bom bebedouro, ambos apropriados ao seu tamanho.

É mais interessante optar por uma jaula plástica, pois o material é mais leve e mais fácil de limpar. A higienização do interior deve ser realizada semanalmente, o que inclui mudar o substrato escolhido para o fundo da jaula.

Onde colocar a jaula

Recomendam-se substratos com propriedades absorventes que não gerem pó ao se degradarem. Os preferidos pelos hamsters são os pellets de madeira ou de celulose.

Tão importante como comprar uma boa jaula é escolher a localização adequada. Estes pequenos animais de estimação são sensíveis às altas temperaturas e não são muito amigos de ambientes úmidos. Um golpe de calor pode ser fatal para um hamster.

A localização da jaula deve ser pensada estrategicamente para proporcionar um ambiente ventilado, cuja temperatura fique entre 18 e 26ºC. É importante que tenha disponibilidade de sombra e não fique exposta a sol e chuva.

Alimentação balanceada

A alimentação é o aspecto mais fundamental dos cuidados com um hamster. A dieta diária deve proporcionar os nutrientes necessários para o desenvolvimento saudável de sua espécie.

Todos os mamíferos precisam uma hidratação reforçada para preservar o bem-estar de seu organismo. É indispensável proporcionar água fresca e limpa aos hamsters e limpar semanalmente o bebedouro.

Esses roedores gostam de uma alimentação variada que combine sementes, verduras, cereais, frutas, vegetais e frutos secos. Pode-se optar por elaborar uma dieta caseira e natural para eles, mas é melhor consultar um veterinário antes, para equilibrar os nutrientes.

Hamsters comendo

O ideal para uma dieta equilibrada é misturar a ração comercial, que proporciona a base necessária de proteínas e fibras, com as frutas e as verduras permitidas:

  • Alimentos permitidos: maçã, pera, morango, ameixa, pêssego, kiwi, abóbora, cenoura e brotos macios.
  • Alimentos proibidos: comida humana condimentada, industrializada ou não digerível.

Desgaste dos dentes

É um cuidado diferente do da maioria dos animais de estimação e essencial para a saúde dos roedores. A intenção é impedir o crescimento excessivo dos dentes do hamster. Existem várias opções naturais no mercado, mas a mais indicada é o ramo de alguma árvore frutífera.

Os hamsters são animais vulneráveis e podem apresentar sintomas como perda de apetite, diarreia ou alterações em sua pelagem. Por isso, os cuidados não devem excluir as visitas periódicas ao veterinário.

Fonte da imagem principal: Pablo Martínez

Recomendados para você