Quanto tempo um cachorro pode passar sozinho?

· agosto 30, 2018
Embora dependa de fatores como idade ou tempo em casa, a regra geral diz que eles não devem passar mais de oito horas sem companhia.

Quando adotamos um animal de estimação, infelizmente não podemos passar 24 horas por dia com ele. É provável que ele tenha que passar algum tempo sozinho ou que suas circunstâncias mudem e que esse tempo se prolongue ainda mais. Quanto tempo um cão pode passar sozinho em casa? Hoje nós lhe daremos a resposta para que você possa cuidar do seu animal de forma responsável.

Quanto tempo um cão pode passar sozinho em casa?

Quando adotamos um animal de estimação, fazemos isso para desfrutar de sua companhia e cuidar dele de maneira responsável. Isso não significa que tenhamos que estar com ele o dia todo, algo que é impossível, já que temos que trabalhar, fazer as compras e muitas outras atividades diárias.

A questão que surge é se é razoável adotar um animal de estimação que passará muitas horas sozinho em casa. O mais aconselhável é que não, mas se você ainda decidir fazê-lo, esteja ciente que:

A idade é a chave

A verdade é que gostaríamos de lhe dizer que um cão pode ficar sozinho por algumas horas, mas existem vários fatores que influenciam a resposta, incluindo a idade. Não é a mesma coisa deixar um cão de um ano e um filhote de três meses de idade sozinho em casa.

Cão triste sozinho em casa

O filhote vai ficar pior se ficar sozinho por tanto tempo e, possivelmente, sofrer de ansiedade de separação. Você tem que levar em conta também que as necessidades biológicas dos filhotes são maiores do que as de um cão adulto, então, quanto menos tempo ele passar sozinho, melhor.

O tempo de convivência influi

Você tem que levar em conta há quanto tempo o animal já mora em sua casa. Isso porque, se ele já está há bastante tempo com você, ele se sentirá confortável e confiante, por isso não será tão ruim quanto com um recém-chegado. Se, quando for adotar um animal de estimação, você sabe que terá que deixá-lo sozinho várias horas por dia logo no início, é provável que ele venha a se sentir assustado, abandonado e triste.

Os especialistas recomendam apenas adotar se, em princípio, o animal não for passar mais de três ou quatro horas por dia sozinho, pelo menos no início de sua convivência. E, em termos gerais, estima-se que não seja razoável um animal passar mais de oito horas sozinho, em qualquer situação.

Se ele ficar muito tempo sozinho, terá problemas

Um cão que não conhece o ambiente, que ainda não foi educado e que é filhote, pode apresentar problemas comportamentais. Ele vai começar a morder móveis, sapatos e portas, e ele pode latir tanto que os vizinhos reclamarão. Estes seriam os sinais mais visíveis, mas há outros menos chamativos, mas que devemos prestar atenção.

Cão destrói casa

Trata-se dos problemas emocionais e de autoestima pelos quais o animal pode passar. Os sentimentos de abandono, de pensar que eles não são amados, que fizeram algo errado, medo de um ambiente desconhecido, estresse, ansiedade e depressão são os mais proeminentes.

Por outro lado, passar muitas horas seguidas sozinho pode atrapalhar a flora intestinal e o ciclo do corpo, pois ele não poderá defecar ou urinar quando precisar. Um animal pode suportar oito horas sem suprir suas necessidades, mas não é natural, então os ciclos vão mudar.

Para amenizar as saudades de seu cão, tente voltar para casa por algumas horas ao meio-dia, ou durante a jornada. À noite, também é menos danoso para o animal ficar sozinho por várias horas seguidas, pois ele estará dormindo.

De qualquer forma, sugerimos que, se seu cão vai passar oito horas ou mais sozinho, peça a algum membro da família ou amigo para visitá-lo e, talvez, dar um passeio ou passar algum tempo com ele, brincando. Isso tornará a espera mais suportável e seu animal de estimação se sentirá muito melhor.