Refugiadogs, um portal que reúne abrigos de animais

· junho 5, 2017

Sem dúvida alguma, a Internet se tornou uma ferramenta fundamental para a comunicação. As diversas organizações que trabalham com animais de estimação em situação de abandono conseguiram utilizar bem essa opção para promover o seu trabalho. Mas agora existe um portal muito peculiar que reúne diferentes instituições protetoras dos animais. Trata-se da Refugiadogs, uma iniciativa para juntar esforços na hora de encontrar pessoas que estejam dispostas a adotar nossos amigos de quatro patas.

Conheça a Refugiadogs, o portal dos abrigos de Zaragoza

O objetivo da Refugiadogs é dar visibilidade aos bichinhos de estimação. Enquanto eles aguardam num abrigo, buscarão ter uma segunda oportunidade com uma família humana que se proponha a cuidar deles e a amá-los.

De que maneira eles buscam conseguir isso? Através das belíssimas fotografias em preto e branco de vários cães que estão disponíveis para adoção. Até o momento, existem três abrigos de Zaragoza participando da iniciativa.

As imagens são verdadeiras obras de arte que tentam, e conseguem, adentrar na alma desses animaizinhos. Por isso, as fotos se focam no olhar. Assim, elas conseguem mostrar tudo de bom que esses serem têm a nos oferecer.

Para fomentar a adoção dos bichinhos de estimação abandonados, criou-se a Refugiadogs, um portal de associações protetoras dos animais de Zaragoza, que reúne belíssimas fotos em preto e branco dos animaizinhos que estão em busca de um novo lar.

Um belo catálogo de cães que nos convida a adotá-los

Esse verdadeiro “catálogo canino” contém, até a data em que este artigo foi escrito, cães que estão disponíveis para adoção nas seguintes protetoras de Zaragoza:

  • Zarpa
  • Adala (Amor e Defesa dos Animais)
  • Espolones

A ideia é não fazer distinção entre as associações e focar nos animaizinhos. Se a foto conseguiu o seu principal objetivo, que é tocar o seu coração, você poderá acessar todos os dados de contato para poder adotar o cão em questão.

Os bons humanos por trás da Refugiadogs

Esse portal, que reúne as instituições protetoras de Zaragoza, tem como princípio que todos os cães são iguais. Por isso, todas as fotos que são publicadas no site têm o mesmo enquadramento e estética. E, como já dissemos, focam no olhar do animal.

Sendo assim, pouco importam detalhes como: a raça, o tamanho, a idade ou a procedência dos bichinhos.

A essência desses belíssimos seres que aguardam com ansiedade um novo lar foi captada com maestria pelo fotógrafo Pedro Etura. Além disso, o cuidadoso design foi realizado por Isabel Tris e Luis García. Tudo isso foi possível graças à Marta Esteban, precursora dessa iniciativa solidária.

Se você quiser ver esse maravilhoso trabalho e, por que não, aderir à ideia de adotar um bichinho de estimação, acesse este link agora. E, se você desejar, compartilhe a Refugiadogs entre seus familiares e amigos.

Uma ponte artística para facilitar a adoção dos bichinhos de estimação que foram abandonados

Fonte: www.heraldo.es

Refugiadogs procura ser uma ponte entre a vontade de adotar um animal de estimação e as diversas associações protetoras dos animais que podem facilitar a adoção.

Com somente um clique nas belas fotos dos cães, você pode acessar uma ficha com todos os seus dados e ver as informações de contato do abrigo responsável pelo animalzinho.

Dessa forma, por exemplo, você poderá saber que:

  • Bastian, um vira-lata de 3 anos, foi abandonado pelo seu dono em Adala, deixando de cumprir a sua promessa de pagar pelos seus gastos, porque tinha que viajar para o exterior.
  • Arya, uma filhotinha muito brincalhona, que foi encontrada abandonada e presa na rua, sendo levada para o abrigo Espolones por um menino comovido pela sua situação.
  • Dharma, uma cadela da raça pastor alemão de pouco menos de um ano de idade. Ela está fazendo reabilitação devido a um problema nas suas patas traseiras, graças ao bom trabalho da associação protetora Zarpa.

Portanto, anime-se e continue conhecendo as histórias desses belos animais nesse portal dos abrigos de Zaragoza. Com certeza, você não vai se arrepender. E talvez, até comece a considerar seriamente a possibilidade de adotar um bichinho de estimação também.

Fonte das imagens: www.heraldo.es