Segundo especialistas, os cães adoram rock

· maio 19, 2017

Foi confirmado pelos especialistas. Os cães adoram o reggae e também o rock leve. Por isso, é importante que nossas playlists incluam canções desses dois gêneros. Dessa forma, nosso amigo canino desfrutará o rock que mais nos agrada.

O rock e os cães

Muitas pessoas não conseguem pensar em uma vida sem a música. O que acontece com os cães? Está demonstrado que também eles adoram escutar todo tipo de música. O reggae e o rock são ritmos que eles amam.

A música afeta o comportamento dos cães. Em recentes pesquisas, os especialistas foram medindo o ritmo cardíaco dos cães, além do tempo que passam deitados, em pé ou dando voltas.

Com isso, foi descoberto que os cães demostravam menores níveis de estresse escutando música como: motown, pop, música classica, rock leve e reggae. Com esses dois últimos ritmos, foram obtidos os melhores resultados.

Nos testes realizadas com vários cães de diferentes raças, tamanhos, etc., ainda que cada um respondesse com diferentes atitudes às músicas tocadas, o reggae e o soft rock foram os mais aceitos.

As medições se efetuaram através da frequência cardíaca dos animais, que baixavam de forma acentuada ao escutar esses gêneros. Notou-se como o estresse diminuía e como o relaxamento era cada vez maior.

 Por que eles preferem mais um estilo do que outro?

A razão pode ser pela sensibilidade ou porque têm suas próprias preferências.

Situações em que a música nos ajudará com nosso cão

  • Se nosso animal de estimação vai ficar muito tempo sozinho ou quando vai estar exposto a situações de estresse. A música fará com que nosso amigo passe o tempo bem mais tranquilo enquanto nos espera.
  • Quando vamos  levá-lo à clínica veterinária ou ao pet shop. Esses também são momentos muito estressantes para o cachorro. E a música conseguirá acalmá-lo.
  • Nos casos de tempestades com trovões ou fogos de artifício. Quem tem cães sabe do pânico que este tipo de ruído provoca em nosso amigo. Ainda que coloquemos uma música que tenha um tom suave, habitualmente, nos casos dos ruídos acima descritos, não faz mal subir um pouco o volume para suavizar o ruído de trovões e foguetes.
  • Quando entram estranhos em casa, o cão também se sentirá muito excitado e nervoso.

Música para os cães

O benefício da música para os cães está tão comprovado que começaram  a surgir atualmente emissoras de rádio e televisão, além de CDs de música, especialmente pensados para animais domésticos.

A ideia destes canais musicais é oferecer soluções a problemas psicológicos que se produzem no dia a dia de nosso animal de estimação. Sobretudo com a ansiedade produzida pela separação de seu proprietário.

Experimentando, provando

De que música seu cão mais gosta? Se o que queremos é colocar uma música ambiente para quando eles ficarem sozinhos em casa, o melhor será que experimentemos diferentes tipos de música para ver sua reação.

Nesses testes, é normal que nosso cão nos olhe com indiferença e pensemos que não tem nenhum tipo de reação. Mas, se nos fixarmos bem nos detalhes, diante de alguns sons, veremos que se sente relaxado e continuará dormindo, seguramente porque que ele gosta e não se importa com o som de fundo. Mas se o som que está tocando faz com que ele acorde, levante-se bruscamente e fique muito nervoso, não será essa a música adequada para colocar quando ele estiver sozinho em casa.

A música clássica

Sempre se soube que a música clássica ajuda nossos cães a relaxarem.

A música clássica é empregada em diferentes locais onde encontramos animais de estimação,  com o objetivo de ajudar a acalmá-los. Isso não é só utilizado em casa.

Muitas clínicas veterinárias e consultórios veterinários optam por colocar música clássica tanto nas salas de espera, como nos ambientes onde ficam os animais e seus proprietários. Dessa forma, é possível ajudar ambos a relaxarem e fazer com que o processo de recuperação seja mais tranquilo.

Em alguns abrigos de animais, conhece-se bem o beneficio da música clássica entre os cães, e ela é utilizada também como música ambiente quando os animais se encontram em seus cercados.