6 animais semelhantes ao guaxinim

O guaxinim é um animal conhecido em todo o mundo, mas tanto dentro de sua família como fora dela existem outros animais semelhantes a ele devido ao seu comportamento, suas características físicas e seus modos de vida.
6 animais semelhantes ao guaxinim

Última atualização: 03 Junho, 2021

Os guaxinins fazem parte da família dos procionídeos (Procyonidae). Esses mamíferos são de tamanho médio e os maiores dessa família, que também inclui outros animais semelhantes ao guaxinim, como o bassarisco, o quati e a marta.

Essas espécies citadas da mesma família não são guaxinins, mas mostram uma clara semelhança com eles, assim como outras espécies de outras famílias. Aqui você vai conhecer tudo sobre 6 animais semelhantes ao guaxinim.

Características dos guaxinins

Uma das principais características dos guaxinins é a máscara de pelo preto que cobre seus olhos. Acredita-se que a existência dessa característica ajuda a reduzir o brilho e a melhorar sua visão noturna, segundo os especialistas. Além dessa particularidade, existem outras:

  • Outra característica notável é sua cauda, alternada por listras de cores claras e escuras. A pelagem que cobre o corpo é densa, para isolar o animal do frio, e de cor marrom acinzentada.
  • Todos os 5 dedos das patas dianteiras de um guaxinim são extremamente hábeis. Eles permitem ao animal pegar e manipular alimentos encontrados na natureza e uma grande variedade de objetos, como maçanetas, fechaduras, potes e latas.
  • O guaxinim é onívoro, e sua dieta é amplamente determinada pelo ambiente. Os alimentos que comumente consome incluem frutas, plantas, nozes, bagas, insetos, roedores, sapos, ovos e lagostins. Em ambientes urbanos, muitas vezes procuram comida no lixo.

Espécie de guaxinim

No mundo, existem três espécies principais de guaxinins, de acordo com Wildlife Control. Algumas delas podem ser encontradas em áreas urbanas e outras na natureza. Apresentamos duas delas:

  • Guaxinim-pigmeu (Procyon pygmaeus): essa espécie de guaxinim é encontrada na ilha de Cozumel, localizada na costa da Península de Yucatán, no México. Infelizmente, essa espécie está altamente ameaçada de extinção, então você nunca a verá perambulando por sua propriedade.
  • Mão-pelada ou guaxinim-sulamericano (Procyon cancrivorus): é nativo da América do Sul e é encontrado em regiões tropicais, dos dois lados da Cordilheira dos Andes.

Esta última espécie também é chamada de cachorro-do-mangue porque caça caranguejos. No entanto, como outros tipos de guaxinins, também come uma ampla variedade de alimentos.

O padrão de pele dessa espécie é ligeiramente diferente daquele dos guaxinins encontrados nos Estados Unidos. Como seu pelo não é grosso, o animal parece mais esbelto e menor.

Além dessas espécies pouco conhecidas, não podemos esquecer o espécime mais emblemático desse grupo:

  • O guaxinim (Procyon lotor): também chamado de rato-lavadeiro, é a espécie que em inglês é conhecida como raccoon. É o maior e mais popular entre as espécies de guaxinim.

Esse mamífero pode ser encontrado rondando propriedades nos Estados Unidos, no Canadá e também em países como Japão, Rússia e Alemanha. Além disso, ele pode viver em quase qualquer habitat, como áreas urbanas e residenciais, florestas e parques, segundo Wildlife NYC.

 

Um guaxinim termorregulando no ar-condicionado.

6 animais semelhantes ao guaxinim

O guaxinim é o mais conhecido dos procionídeos (Procyonidae), mas existem outros animais semelhantes a ele que não necessariamente fazem parte desse grupo. Confira alguns exemplos nas linhas a seguir.

1. Quati-de-cauda-anelada (Nasua nasua)

Esse mamífero – da família dos procionídeos – é diurno e vive em grupos sociais de até 30 ou mais animais. Como o guaxinim e o bassarisco, os quatis são onívoros e se alimentam tanto no solo quanto nas árvores.

Eles são mais compridos do que um guaxinim, com uma cabeça triangular, um nariz pontudo, um focinho alongado e uma máscara facial. Sua cauda é muito longa, mas não são todas as espécies de quatis que tem uma cauda claramente anelada, como a do guaxinim.

Os especialistas afirmam que as orelhas desses animais são pequenas e arredondadas, eles possuem 5 dedos dotados de fortes garras, sua pelagem é longa, densa e sua coloração varia de acordo com a localização geográfica e a idade. O dorso varia do marrom-amarelado ao marrom-escuro — quase preto —, enquanto o ventre varia do esbranquiçado ao laranja intenso.

Em bandos de quatis, os machos adultos não são bem-vindos, exceto durante a temporada de acasalamento, segundo o Museu do Deserto. Uma fêmea prenhe deixa o grupo para dar à luz seus 4 ou 6 bebês e se junta ao grupo várias semanas depois, com sua nova prole.

Esses animais são encontrados na América do Sul, desde a Venezuela e a Colômbia e em todos os países até norte da Argentina e do Uruguai (exceto o Chile).

 

O quati é um animal semelhante ao guaxinim.

2. Bassarisco (Bassariscus astutus)

O bassarisco também pertence à família dos procionídeos. É encontrado desde o sul do Oregon (nos Estados Unidos) até Oaxaca (no México).

Esse animal tem o tamanho de um esquilo e é marrom-acinzentado. Tem grandes olhos negros, orelhas rosadas, um rosto minúsculo e uma longa cauda anelada em preto e branco, mais longa que o corpo. Essas características o tornam um dos animais semelhantes ao guaxinim.

Além disso, são animais noturnos que usam seus grandes olhos e seu olfato apurado para localizar suas presas. São excelentes escaladores e saltadores e usam suas longas caudas para manter o equilíbrio.

 

Um dos animais parecidos com o guaxinim.

3. Jupará (Potos flavus)

Os juparás vivem a maior parte do tempo nas árvores das florestas tropicais da América do Sul e Central. Sua cauda permite que o animal se agarre a troncos e galhos como se estivesse usando seus braços, bem como se balançar e se proteger do frio, como se essa extremidade fosse um cobertor.

Essas características podem nos fazer pensar que se trata de um primata, mas na realidade os juparás fazem parte dos animais semelhantes ao guaxinim, porque são parentes dele. Na verdade, também fazem parte da família dos procionídeos.

Além disso, esses mamíferos estão relacionados aos ursos, pelo gosto que têm pelo mel, segundo a National Geographic. Para se alimentar, procuram colmeias, frutas e pequenos mamíferos. São ativos à noite e vivem em grupos nas copas das árvores, onde realizam atividades sociais, como a catação.

 

O jupará é um dos animais que lembra o guaxinim.

4. Olinguito (Bassaricyon neblina)

O olinguito é uma espécie de mamífero carnívoro que também compõe o grupo dos procionídeos. Em 2013, foi identificado como uma nova espécie por Kristofer Helgen, do Instituto Smithsonian, que descobriu diferenças em relação aos olingos do continente americano e os que habitam a Colômbia e o Equador.

É a menor espécie de seu gênero, enquanto sua pelagem é densa de coloração laranja ou marrom-avermelhada. A cauda é volumosa, os olhos são muito grandes e o focinho cinza-escuro tem tamanho médio e formato pontiagudo.

Esses animais dependem da floresta para viver, são solitários e noturnos e se alimentam de frutas e carne. É uma espécie nova e ainda não existem planos de conservação para ela, mas está ameaçada pela atividade humana e pelas mudanças climáticas.

Por ser uma espécie endêmica, depende exclusivamente da região. Esses animais têm um filhote por gestação – entre 110 e 120 dias – e são encontrados na região andina da Colômbia e no norte do Equador.

 

Outro dos animais que parece um guaxinim.

5. Cão-guaxinim (Nyctereutes procyonoides)

Também é conhecido como tanuki, em japonês, o cão-guaxinim faz parte da família dos canídeos (Canidae), que é formada por lobos, cães e coiotes, entre outros. É um mamífero que compõe o grupo dos animais semelhantes ao guaxinim e é nativo do leste da China, Coreia e Japão.

Esse mamífero tem a aparência de um pequeno cachorro parecido com uma raposa, com marcações de pele semelhantes às dos guaxinins. Os exemplares dessa espécie possuem cabeças pequenas com faces pontiagudas, as pernas são curtas e, em geral, o corpo é robusto.

Estudos confirmam que os cães-guaxinim vivem e caçam em pares ou em pequenos grupos familiares. Quando dormem ou descansam, os casais geralmente ficam em contato um com o outro e o cuidado social também é importante entre eles.

 

Um cão-guaxinim

6. Panda-vermelho (Ailurus fulgens)

Na hora de classificá-lo, esse animal deu muita dor de cabeça aos especialistas, pois foi considerado parente do panda gigante, mas do guaxinim também. No final, ele foi classificado como membro de sua própria família (Ailuridae).

Normalmente, esses mamíferos têm o tamanho de um gato doméstico e sua cauda acrescenta 46 centímetros ao corpo, sendo sua função servir de manto no cume das montanhas. Eles habitam florestas de alta altitude, como o panda gigante: eles vivem nas montanhas do Nepal, norte da Birmânia e nas regiões centrais da China.

É uma espécie ameaçada de extinção, devido à caça ilegal e ao desmatamento, pois seu habitat tem sido reduzido pela exploração madeireira e pela agricultura.

 

Um dos animais que parece um guaxinim.

Como você viu, existem vários animais semelhantes ao guaxinim, muitos da mesma família e outros não. Todos esses mamíferos lembram o guaxinim típico por traços como a cauda, a máscara, o tamanho e a vida nas árvores, entre muitas outras características.

Pode interessar a você...
Por que não ter um guaxinim como animal de estimação?
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Por que não ter um guaxinim como animal de estimação?

Um guaxinim é um animal selvagem, por isso, não é recomendado como animal de estimação. Você quer saber mais sobre? Confira este artigo!