Sementes de cânhamo: quais são os benefícios para os animais de estimação?

As sementes de cânhamo contêm propriedades incríveis que podem melhorar a saúde do seu animal de estimação. Descubra quais são elas aqui!
Sementes de cânhamo: quais são os benefícios para os animais de estimação?

Última atualização: 22 Junho, 2021

A conscientização sobre como cuidar dos animais de estimação inevitavelmente levou a uma crescente preocupação com a nutrição adequada daqueles que vivem conosco em casa. Entre a onda de novos suplementos alimentares para animais, um se destaca dos demais: as sementes de cânhamo.

A medicina tradicional para animais de estimação ressurgiu nos últimos anos, mas sempre de um ponto de vista analítico e baseando as descobertas em fatos demonstráveis. Se você está procurando novas maneiras de manter seu animal saudável usando produtos naturais, essas sementes são altamente benéficas. Conheça aqui todos as suas características.

O que é o cânhamo?

O cânhamo é uma planta pertencente à família Cannabis sativa L., cultivada principalmente para obtenção de matérias-primas: fibra e celulose, entre outras. As sementes de cânhamo são comestíveis e são consideradas um superalimento, graças à grande quantidade de nutrientes que contêm.

De qualquer forma, destacamos que o cânhamo não deve ser confundido com a maconha: apesar de pertencerem à mesma família, são duas variedades de cannabis que foram isoladas e selecionadas ao longo dos anos de formas diferentes. A maconha não é cultivada para obter matéria-prima, mas para potencializar o efeito psicoativo no corpo de quem a consome.

 

As sementes de cânhamo são boas para animais de estimação?

Quais são os benefícios das sementes de cânhamo?

É cada vez mais comum encontrar sementes de cânhamo na dieta de humanos e animais. Isso se deve ao grande número de benefícios que trazem para o organismo, conforme indicam estudos. Aqui, mostramos alguns deles:

  • São uma ótima fonte de fibra: 3 colheres de sopa dessas sementes descascadas contêm cerca de 1,2 gramas de fibra, que é muito benéfica para melhorar o funcionamento do trato intestinal, pois estimula o crescimento de bactérias simbióticas no corpo (microbioma).
  • Têm uma proporção elevada de proteína vegetal, 25%: isso representa 25 gramas de proteína a cada 100 gramas, o equivalente à porcentagem da carne e do peixe. Além disso, essas sementes são facilmente absorvidas e fortalecem o sistema imunológico.
  • Contêm uma proporção equilibrada de ácidos graxos ômega-3 e ômega-6: estudos afirmam que o consumo de ômega-3 implica níveis mais baixos de pressão arterial e colesterol no sangue, regulação e normalização do metabolismo da gordura, redução da dependência de insulina, um aumento na taxa metabólica geral e uma ação anti-inflamatória significativa.
  • São uma importante fonte de minerais, especialmente potássio (importante para as funções musculares e nervosas), magnésio e fósforo (absorção de cálcio, metabolismo e funções hormonais).
  • As sementes de cânhamo também contêm vitaminas do grupo B (ácido fólico, tiamina e riboflavina) e vitamina E. Esses micronutrientes são essenciais para a absorção adequada de proteínas e por sua atividade antioxidante.

Por outro lado, o cultivo do cânhamo consome poucos recursos: requer menos água do que outros suplementos alimentares e não precisa de pesticidas ou fungicidas para crescer. Também melhora o substrato para as safras seguintes e pode reter 4 vezes mais dióxido de carbono do que outros vegetais, o que ajuda a regenerar o oxigênio do ar e reduzir os danos do efeito estufa.

100 gramas de carne têm 26 gramas de proteína, mas com uma pegada hídrica de cerca de 870 litros de água. As sementes de cânhamo são muito mais ecológicas.

Os animais de estimação podem consumir sementes de cânhamo?

Como você pode ver, consumir essas sementes regularmente traz benefícios importantes para o organismo. No entanto, será que isso também se aplica a cães e gatos? A resposta é sim. A seguir, vamos mostrar o porquê.

Cães

A principal contribuição desse alimento reside na proporção de ácidos graxos. O organismo dos cães não produz ácidos ômega-3 e ômega-6, por isso é necessário fornecê-los por meio da dieta. O cânhamo apresenta uma relação muito saudável entre ambos, o que garante a sua correta absorção no sistema digestivo do canídeo.

Essas sementes também contêm ácido gama-linolênico (GLA), essencial para a saúde das articulações e outras funções vitais do corpo. Essa propriedade é especialmente benéfica para os filhotes, pois pode ajudar no crescimento e na manutenção do sistema imunológico.

A grande quantidade de óleo nas sementes de cânhamo também dá ao pelo do animal um aspecto lustroso.

Gatos

Os óleos contidos nessas sementes são benéficos para manter o pelo e a pele dos gatos saudáveis e brilhantes. No entanto, como os felinos são animais carnívoros estritos, não conseguem metabolizar gorduras de fontes vegetais. Se você está procurando fontes de lipídios saudáveis para eles, o ideal é que tenham origem animal.

Outros animais de estimação

O estudo Hemp in Veterinary Medicine: From Feed to Drug (O cânhamo na medicina veterinária: da ração à droga), publicado na revista Frontiers in Veterinary Science, explorou os efeitos da suplementação com sementes de cânhamo na dieta de outros animais do ambiente doméstico humano. Aqui estão algumas descobertas muito interessantes:

  • As galinhas poedeiras ganham peso consideravelmente quando as sementes de cânhamo são adicionadas como um componente de 10-20% em sua ração. É um alimento nutritivo que permite o desenvolvimento da ave com um menor consumo de ração processada.
  • As vacas que consomem alimentos feitos com sementes de cânhamo parecem produzir mais leite, mas apenas quando o ingrediente está presente em preparações e concentrações específicas.
  • Também se acredita que as galinhas podem colocar mais ovos com esse suplemento ou que as cabras produziriam mais leite. De qualquer modo, todas essas postulações não foram verificadas empiricamente.

 

Um gato com uma folha de cânhamo.

Os benefícios das sementes de cânhamo foram estudados principalmente em animais de estimação, embora não tanto no caso dos exóticos, e explorações pecuárias. Por ser uma tendência emergente no mundo da nutrição, a última recomendação será sempre consultar o veterinário antes de incluir novos elementos na dieta de cães ou gatos.

Pode interessar a você...
Ambiente ideal para periquitos: saiba como preparar
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Ambiente ideal para periquitos: saiba como preparar

Muitos optam por terem periquitos como animais de estimação, por crerem que eles não requerem cuidados. Saiba criar um ambiente ideal para periquit...



  • K. (2018, 18 junio). Diferencias entre cáñamo y marihuana. Dinafem. https://www.dinafem.org/es/blog/ca-amo-vs-marihuana/
  • Reduction of Cardiovascular Events With Icosapent Ethyl–Intervention Trial. (2018, 8 noviembre). American College of Cardiology. https://www.acc.org/latest-in-cardiology/clinical-trials/2018/11/08/22/48/reduce-it
  • Salas Dominguez, S. (2019). Ecodiseño, procesos y materiales para productos destinados a mascotas (Bachelor’s thesis, Escuela de Arquitectura y Diseño).
  • Callaway, J. C. (2004). Hempseed as a nutritional resource: An overview. Euphytica, 140(1), 65-72.
  • Della Rocca, G., & Di Salvo, A. (2020). Hemp in veterinary medicine: from feed to drug. Frontiers in veterinary science7.