7 animais com carapaça

O exoesqueleto, as conchas ou as escamas são vários tipos de carapaça que você se encontrar nos animais. Todas essas estruturas cumprem funções fundamentais, como proteção contra predadores e resistência ao clima.
7 animais com carapaça

Última atualização: 20 Junho, 2021

A natureza inspirou os humanos a criar muitas de suas ferramentas ou criações. E a armadura é um ótimo exemplo disso. Assim como os animais que têm carapaça usam estruturas externas resistentes para dissuadir seus predadores, a armadura dos humanos foi criada para fins de proteção e segurança.

Na natureza, toda adaptação tem um motor subjacente: sobrevivência e reprodução. Se quiser saber mais sobre algumas fontes dessa inspiração em termos de defesa, aqui você poderá conhecer 7 animais com carapaça e as suas características.

Animais com carapaça: o exoesqueleto

O exoesqueleto é um esqueleto externo que cobre, sustenta e protege o corpo dos seres que o possuem. Portanto, qualquer animal com um revestimento duro que proteja os tecidos moles terá uma carapaça, independente de sua forma ou composição química.

Animais com exoesqueletos desfrutam de muitos vantagens. A mais óbvia é a proteção contra predadores, mas essa estrutura também funciona como suporte para a respiração, como sustentação para o aparelho muscular e como barreira contra a dessecação em alguns deles.

Além disso, essa carapaça não cobre apenas a superfície do corpo. Biólogos especialistas afirmam que ela também se estende internamente, penetrando nas extremidades do trato digestivo e, nos insetos, revestindo a traqueia. É impossível separar artificialmente um ser vivo funcional de seu exoesqueleto sem pôr um fim à sua vida.

Conchas e escamas

Por outro lado, os animais têm diferentes tipos de coberturas em seus corpos, e as conchas e as escamas também contam como carapaça. Determinados animais, como os caracóis, têm conchas, e os répteis e peixes têm escamas, um revestimento duro de pele semelhante às unhas, que os protege de predadores e do clima.

7 animais com carapaça

O exoesqueleto pode ser encontrado em todos os animais artrópodes e grupos relacionados. No entanto, não é exclusivo deles. Conheça aqui 7 animais com carapaça.

1. O tatu

Sua carapaça não é à prova de balas, pois se um animal capturar o tatu, poderá facilmente quebrar sua estrutura protetora, segundo especialistas da National Geographic. De qualquer forma, essa carapaça o protege de arbustos espinhosos, que por sua vez lhe servem como refúgio na presença de predadores.

A carapaça dos tatus são feitas de placas ósseas chamadas osteodermas, que crescem na pele e estão levemente conectadas, para permitir flexibilidade. A família a que pertencem esses animais (Dasypodidae) possui 9 gêneros diferentes, que por sua vez incluem 7 espécies diferentes.

Alguns tatus praticam a poliembrionia. De um único óvulo fertilizado, podem surgir vários descendentes, geneticamente idênticos entre si.

 

Um tatu é um animal com carapaça.

2. O pangolim

Esse peculiar animal é frequentemente confundido com um réptil, mas na realidade é um mamífero cheio de escamas. As afiadas escamas em sua cauda são úteis para o pangolim no momento de atacar. Se a ameaça persistir e o animal se sentir ameaçado, ele se enrola como uma bola, deixando expostas apenas suas resistentes escamas.

Também é conhecido como tamanduá escamoso e, de acordo com a WWF, o pangolim está sendo cada vez mais caçado por sua carne e pelos fantásticos “poderes curativos” de suas escamas, principalmente na Ásia e na África. Como resultado, algumas espécies de pangolim estão criticamente ameaçadas de extinção atualmente.

 

O pangolim está em perigo crítico.

3. As tartarugas

As tartarugas são répteis que possuem um corpo envolvido por uma carapaça na parte superior e um plastrão na parte inferior. Essas estruturas se unem ao longo do corpo, formando uma espécie de caixa.

A carapaça dos quelônios é composta de osso e cartilagem e, ao contrário do que se pode ver em alguns desenhos animados, as tartarugas não conseguem sair de sua carapaça. Essa estrutura protetora está fundida com o resto do seu corpo, afirmam os estudos.

O estado da carapaça é um dos melhores indicadores de saúde para qualquer tartaruga.

 

As tartarugas são animais que possuem carapaça.

4. O escaravelho sagrado

Entre os animais com carapaça, encontramos esse besouro único com uma grande história. Também é conhecido como ‘besouro de esterco’, por sua capacidade de transportar fezes em forma de bola, e no antigo Egito era considerado sagrado. Era o símbolo do renascimento e da vida eterna, afirmam os especialistas.

Na parte superior de seu corpo, esse invertebrado tem protuberâncias pontiagudas, que, segundo a antiga crença egípcia, representa os raios do sol. Sua dieta também é muito particular, pois esses besouros se alimentam do esterco do gado.

 

Um besouro do esterco carregando fezes.

5. Os caracóis

Estudos afirmam que a concha ou carapaça dos caracóis é uma das partes mais importantes e indispensáveis de sua anatomia. É uma estrutura dura e firme, que abriga todos os seus órgãos internos, que permite ao invertebrado conservar sua umidade, que o protege de predadores e que serve de abrigo para descansar enquanto hiberna.

 

Os caracóis hibernam.

6. Os caranguejos

Se entendermos como ‘carapaça’ qualquer revestimento que reveste os tecidos moles, os crustáceos são verdadeiros cavaleiros errantes sem nenhuma fissura em sua armadura. Os caranguejos são resistentes e têm um exoesqueleto de quitina, que os mantém protegidos de ataques de predadores, tanto marinhos quanto terrestres.

 

Os caranguejos são animais com carapaça.

7. Os escorpiões: animais com uma carapaça inesperada

Em pequena escala, poucas coisas são mais intimidantes do que um escorpião, com seu ferrão pronto para a batalha e seu exoesqueleto resistente como principal método de defesa. Esses aracnídeos têm tudo: eles atacam e se protegem em igual medida. No entanto, nem sempre são máquinas de matar.

Como todos os invertebrados com exoesqueletos, em certos pontos os escorpiões se refugiam em seus abrigos, pois passam por um processo de muda. Isso significa que devem se desfazer completamente de sua carapaça e dar lugar a uma nova que cresce sob a antiga, a fim de aumentar de tamanho. Nessa fase, são seres moles e muito delicados.

 

Os escorpiões são animais com carapaça.

Como você pode notar, as carapaças são úteis e indispensáveis para os animais que as possuem. Vários dos seres vivos mencionados aqui são alvos de caça devido às suas carapaças. Portanto, valorizá-los e respeitá-los também é essencial para protegê-los: infelizmente, sua armadura não os salva dos ataques do ser humano.

Pode interessar a você...
Caranguejo-ferradura: características e curiosidades
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Caranguejo-ferradura: características e curiosidades

O caranguejo-ferradura é um fóssil vivo de sangue azul. Tornou-se uma espécie importante para a ciência e a medicina. Saiba mais aqui!