O que torna os lobos diferentes dos cães?

Em muitas ocasiões, explicamos para você que os cães descendem dos lobos. Mas na verdade são animais muito diferentes, embora às vezes sejam parecidos. Por que é possível domesticar um cão, mas não um lobo? Por que o peludo tem o instinto lupino de caça?

São tantas as perguntas a esse respeito que decidimos respondê-las neste artigo. Fique com a gente e descubra tudo!

Cães e lobos, dois animais muito diferentes

Os lobos são ancestrais dos cães

Embora aparentemente sejam diferentes, os cães carregam nos genes muitas atitudes dos lobos. Por exemplo, seu instinto de guardar e proteger tudo o que lhe pertence.

E embora as diferenças físicas sejam evidentes, alguns de seus comportamentos, como a forma de se comunicar com seus congêneres, foram herdados dos genes lupinos.

Estas semelhanças saltam mais aos olhos no caso de cães semi-selvagens, aqueles que passam menos tempo com as pessoas. De fato, um animal que permanece muitos anos abandonado e sem se relacionar com ninguém se comportará muito mais como um lobo que como um cão.

Por que cães e lobos são diferentes?

Os cães possuem uma grande capacidade de adaptação. Aqueles que são domesticados e criados em um lar chegam a se adaptar tanto ao seu entorno que cada vez mais se afastam de suas origens, os lobos.

As maiores diferenças entre estes animais são:

  • A desconfiança. Os lobos, talvez pelo ambiente em que vivem, são esquivos e desconfiam de tudo, especialmente de humanos.
  • As capacidades sociais. Os cachorros são justamente o contrário dos seus parentes selvagens e adoram estar com humanos, tendo desenvolvido uma relação de proximidade com eles desde a pré-história.
  • Seu crânio. No cães, ele é menor, embora não se saiba quais os efeitos desa característica.
  • Os dentes. Os lobos apresentam dentes mais afiados, embora os cães sejam capazes de romper ossos.
  • Sua digestão. Em testes e exames, especialistas descobriram que cachorros estão preparados para digerir alimentos ricos em carboidratos, ao contrário dos lobos.

Semelhanças entre lobos e cães

  • São caninos. Ambos uivam, latem e rosnam, embora existam algumas raças que não apresentam esses comportamentos, como o Husky Siberiano.
  • Escondem os alimentos. Ambas as espécies agem assim, escondendo o que sobra, embora os lobos não costumem deixar restos.
  • Sentidos do olfato, visão e audição. Os dois animais possuem esses sentidos bastante desenvolvidos e podem enxergar com nitidez na escuridão.
  • Necessidade de estar em grupo. Tanto os lobos como os cachorros precisam estar acompanhados, em manada. Não importa se são da mesma espécie ou pessoas, têm uma necessidade inata de andar em grupo.
  • Maneira de se comunicar com os outros. Através das partes de seu corpo, como orelhas, rabo ou olhos, ambas as espécies conseguem se comunicar com outros animais e pessoas.

Além disso, existem algumas raças, como o Pastor Alemão, que são muito parecidos fisicamente com os lobos.

Muitos se perguntam como os lobos evoluíram para os cães. A hipótese mais certa é de que, em algum momento da história, o homem tentou domesticar os lobos para usá-los como guardiões e pastores.

Logo surgiu o cão, ou talvez um lobo em miniatura, fruto de algum cruzamento desconhecido, que começou a viver com pessoas até chegar a ter a relação tão íntima que conhecemos hoje. Um cão é mais um membro da família e ajuda como protetor no lar, algo que não se consegue com um lobo…

Recomendados para você