Treinamento com coleira: quando o seu cão se recusa a andar

· abril 29, 2019
O fato do seu cão não querer andar pode se tornar um problema. Hoje nós vamos contar o segredo do treinamento com coleira e como colocá-lo em prática.

Você sai com seu cachorro para passear e, de repente, ele para e se recusa a continuar andando. Isso já aconteceu com você? Hoje vamos falar sobre o treinamento com coleira, uma técnica que pode ajudá-lo a fazer passeios mais agradáveis com seu amigo canino.

Por que meu cachorro não anda?

Quando seu cão se recusa a andar, você pode se sentir frustrado. O mais comum é começarmos a puxar a coleira e ficarmos cada vez mais nervosos. O fato é que existem muitas causas que podem fazer com que nosso cachorro pare quando estamos caminhando.

Entre as mais comuns estão:

  • Ele está em um estado de estresse ou com medo.
  • Ele não aprendeu a andar corretamente.
  • Ele é facilmente distraído pelo ambiente.
  • Ele sofre de algum tipo de dor que o impede de andar.
  • É um filhote ou um cachorro de idade avançada.

Identificar quais dessas causas impedem o nosso cão de andar nem sempre é fácil. Da mesma forma, a solução para alguns desses problemas pode exigir um especialista em animais qualificado.

Cachorro pronto para passear

O que é o treinamento com coleira?

Em muitas ocasiões, é provável que o problema seja a relação do nosso cão com a coleira. Para aceitar e fazer com que ele trate a coleira como uma extensão de nosso braço, é necessário que ele se familiarize com a guia antes de começar a andar.

O treinamento com coleira consiste na realização de diferentes atividades destinadas a melhorar a confiança do nosso animal com a coleira. O primeiro passo começa em casa: vamos deixar o cão descobrir a coleira e cheirá-la. Para reforçar, podemos esconder a coleira e recompensar nosso cachorro se ele conseguir encontrá-la.

Primeiro de tudo, é importante não perder a paciência. Quando o primeiro passo é dado, podemos começar a aplicar a coleira gradualmente e recompensar o cachorro, se necessário.

Se avançamos até aqui, mas nosso cachorro ainda está resistindo a uma caminhada, então talvez tenhamos que aplicar o treinamento com coleira durante o passeio. Primeiro de tudo, devemos evitar gritar com ele ou puxar a coleira. Você precisa ser paciente e avançar no tempo dele. Se o cão o seguir, pode usar o reforço positivo e recompensá-lo.

Cão puxando a coleira

Muitos dos casos de cães que não querem andar têm a ver com uma educação insuficiente. Nestes casos, ser acompanhado por um ‘cão guia‘ experiente dá resultados muito bons.

E se ele estiver com medo ou doente?

Nessas situações, o melhor a fazer é procurar um etologista. Este especialista em animais nos guiará e ajudará nosso amigo canino a superar os medos que o paralisam.

Se, por outro lado, notarmos que nosso cão sente dores ao caminhar ou tem a idade muito avançada, devemos consultar nosso veterinário de confiança com mais frequência. Devemos fazer tudo que está ao nosso alcance para deixar nosso animal de estimação o mais saudável ​​possível.

  • LEVINE, Bernard I. Dog leash training device. U.S. Patent No 6,612,264, 2 Sept. 2003.