Um piloto de avião salva a vida de um cachorro

· abril 23, 2017

Não faz muito tempo que falamos para você sobre um piloto de rali que fez o carro dele praticamente voar para salvar a vida de um cachorro que cruzou uma estrada. Pois essa é uma história também sobre um piloto, mas um piloto de avião.

A gente adora que haja pessoas que se sacrificam e que estejam dispostas a tudo para salvar os animais. Esta história comoverá o seu coração, temos certeza disso.

O voo em que estavam Simba e o piloto de avião

Esse piloto trabalha para a companhia Air Canada. No momento do incidente, ele estava pilotando um voo vindo de Tel Aviv, em Israel, em direção a Toronto, no Canadá. Entre a bagagem, na área do porão onde colocam os animais, havia um belo Buldogue Francês chamado Simba.

O dono dele viajava na cabine com seus amigos, tranquilo que o animal de estimação dele se encontrava em perfeitas condições. No entanto, essa era uma realidade que, sem ele saber, logo ia mudar.

Curiosamente, Simba era o único cãozinho que estava no avião. Mas isso não foi um inconveniente para o piloto, que, quando se inteirou que o animal corria perigo, não pensou duas vezes.

Simba em perigo

O que aconteceu foi que, enquanto voava tranquilamente, de repente, soaram os alarmes por causa de um problema de temperatura no porão. A temperatura estava subindo sem parar e isso poderia ter asfixiado Simba.

Não era um grande problema para as bagagens. O máximo que talvez fosse acontecer seria amassar um pouco aquelas malas que não fossem mais resistentes. Porém, Simba, sim, poderia morrer.

O que você teria feito no lugar dele? Quem sabe você poderia pensar que era apenas um animal, que era o único que estava dentro do avião. Alguém egoísta teria pensado assim. Mas Simba teve a sorte de subir em um avião com o piloto com o maior coração que já conhecemos.

Sem mais nem menos, ao saber do problema da temperatura no porão, esse piloto de avião desviou o voo em direção à Frankfurt, na Alemanha, para mudar o animal de aeronave. O dono dele não viajaria com ele, mas lhe asseguraram que os voos chegariam ao mesmo tempo, aproximadamente. Assim, o animal ficaria sob vigilância a todo momento.

Essa parada em Frankfurt causou um atraso de 75 minutos para todos os passageiros do voo em que Simba viajava, o que provocou reações de todo tipo, mas, no geral, foram positivas. A maioria dos passageiros entendeu que uma vida estava em jogo.

Fonte: tn.com.ar

Salvando a vida de Simba

Por outro lado, Konotrovich, o dono de Simba, não tem palavras para agradecer a esse piloto de avião o que fez pelo seu animal de estimação. “Ele é como um filho para mim, é minha família, é tudo para mim. Se tivesse acontecido algo com ele, eu teria morrido de tristeza”, disse o dono do animal, entre lágrimas.

Esse desvio de rota, provavelmente custaria centenas ou inclusive milhares de dólares à empresa de aviação. Contudo, são muitos os que garantem que foi tomada a decisão correta. Um especialista em aviação afirmou: “o capitão de um avião é responsável por todas as vidas que viajam nele, sem importar se são vidas humanas ou de animais irracionais”.

Ainda assim, não falta mérito ao piloto de avião, já que estava em suas mãos ter tomado uma decisão diferente, mas não fez isso. Em todo o momento, velou pelo bem do animal e protegeu sua vida. Simba chegou são e salvo a Toronto e se reuniu com o dono dele poucos minutos depois da aterrissagem.

Temos a certeza de que, embora a companhia tenha perdido milhares de dólares por causa desse incidente, o ato heroico desse piloto de avião deu a ela publicidade gratuita e lhe fará ganhar outros milhares de dólares. Não existe inconveniente que não tenha suas vantagens, é isso que dizem.

Fonte das imagens: tn.com.ar