Urso panda: características, comportamento e habitat

· abril 4, 2018

O urso panda é um animal incrível e que fascina todo mundo. Ninguém consegue ficar calado ao ver um. Basta observar este animal exótico para soltar suspiros. Quer saber mais sobre ele?

Conheça o urso panda

Também conhecido como panda-gigante, muitos não acreditam ou não sabem se tratar de um mamífero carnívoro. Bastante diferente da imagem tradicional de um panda comendo bambu que vem à mente ao ouvirmos o seu nome.

Ele é considerado como parte da família dos ursos, embora existam debates a esse respeito. São muitas as diferenças que esse animal apresenta em relação aos seus parentes. Vejamos o que o torna tão especial.

Características gerais do urso panda

Quando olhamos um panda vemos claramente que é um urso. Tem características similares, como tamanho, formas, garras, patas, entre outras. Entretanto, algo que o diferencia dos demais são as manchas de sua pelagem. Geralmente, elas são brancas e pretas, embora exista uma subespécie de panda conhecida como Qingling, que tem manchas marrons.

Panda-gigante

Podemos observar essas cores em suas costas, extremidades, orelhas e olhos. Seus “óculos” desenhados naturalmente deixam o panda ainda mais adorável. Essas manchas dão um ar de tristeza e ternura ao olhar, que nos faz querer abraçá-los.

Pode medir entre 1,2 e 1,9 metros e pesar entre 100 e 115 kg. Suas extremidades dianteiras são mais desenvolvidas que as traseiras, pois são as que ele utiliza para escalar. Elas possuem algo conhecido como “sexto dedo”, usado como polegar. Ele não é um polegar de fato, mas apenas uma protuberância de osso em seu punho.

Alimentação e habitat do urso panda

Apesar de ser carnívoro, o alimento essencial na dieta desse animal é o bambu. Seu habitat se encontra nas montanhas centrais da China, região em que esse vegetal é abundante. Por ser de difícil acesso, a presença humana é quase inexistente, o que permite ao panda desfrutar de sua comida favorita sem preocupação.

Acredita-se que, quando essa espécie surgiu, sua dieta era baseada em carne. Com o passar do tempo, o panda foi se adaptando ao seu habitat e alimentando-se de bambu e outros vegetais. Apesar disso, ainda consome alguns pássaros e outros animais pequenos, embora não seja tão comum.

Comportamento do urso panda

Como sua aparência sugere, o panda é um animal tranquilo, solitário e que ama a noite. Seu nível de atividade é baixo, pois se limita a basicamente comer e dormir. Entre 10 e 12 horas de seu dia são dedicados a comer, já que precisa de pelo menos 12 kg de bambu diariamente.

Dedica entre seis a oito horas de sono por dia, o que o deixa com pouco tempo para fazer suas necessidades: buscar comida, marcar e explorar o território, ou subir em árvores para ver a paisagem.

Ursos panda comendo bambu

Ao contrário dos outros ursos, o panda não hiberna, principalmente porque o clima em que vive não é bom para isso. Além disso, ele pode se alimentar durante todo o ano e sua dieta não proporcioná as calorias e gorduras necessárias para permanecer meses dormindo.

O acasalamento é uma característica curiosa no comportamento do panda. Em cativeiro, eles não costumam contribuir para a continuidade da espécie, mas relata-se que isso é diferente quando vivem na natureza. Atingem a maturidade sexual bem tarde, entre seis e sete anos de idade. Além disso, as fêmeas só ficam “disponíveis” por dois ou três dias durante o ano, algo que não é aproveitado graças à dificuldade sexual dos machos.

Estas foram as informações sobre este adorável animal que queríamos compartilhar com você. Mesmo quando o animal não vive perto da gente, sempre existe algo a aprender, não é mesmo?