Verduras e frutas para cães

Predominantemente carnívoros, esses animais podem variar sua alimentação com as devidas precauções, já que não podem engolir ossos ou sementes. Também é preciso certificar-se de que os alimentos não são tóxicos.

Ainda que possa parecer estranho, as verduras e frutas também podem fazer parte da alimentação de nosso melhor amigo. Mesmo assim, os cães são principalmente carnívoros, e nunca devemos nos esquecer que uma dieta saudável para eles deve ter a carne como principal fonte de alimentação. 

Verduras e frutas para cães: o cão é onívoro?

O certo é que, diferente dos lobos, o cão possui mais genes dedicados à digestão de féculas e cereais. E isso porque os cachorros vêm de lobos que se alimentavam de sobras de origem animal e vegetal.

Na verdade, a maioria das rações do mercado para cães contém uma grande quantidade de vegetais e cereais. Ainda assim, eles são tratados e, no caso de verduras e frutas frescas, pode-se incluir apenas uma pequena porcentagem, inferior a 10%, na dieta do animal. Devemos lembrar-nos de que, mesmo que o cão possa comer esses alimentos, seu aparelho digestivo e mandíbula foram feitos para comer carne.

Verduras para cães

Existem diversas verduras adequadas para os cães, que podem tornar sua alimentação mais interessante e melhorar seu nível nutricional. Entre os vegetais, destacam-se as folhas verdes: o espinafre ou o repolho possuem alta quantidade de fibra e propriedades antioxidantes, e podem ser consumidos tanto crus como cozidos.

cenouras para cães

Por outro lado, a cenoura é um alimento que pode ser muito divertido para o animal, que pode utilizá-lo de um jeito similar a um osso. Dar ossos aos cães não é recomendado por muitos profissionais, e a cenoura pode ter benefícios similares para a saúde dental de nosso animal.

A vagem, a ervilha ou até o aipo também não são perigosos para nosso animal, que pode se beneficiar das propriedades antioxidantes e da riqueza em vitaminas que esses alimentos possuem.

Entre as verduras e frutas para cães mais interessantes, destaca-se a abóbora, já que essa verdura cozida pode ser muito benéfica para evitar a prisão de ventre, devido a seu alto teor de fibras. A batata também pode ser consumida, mas é essencial cozinhá-la bem antes, devido a sua concentração de solanina, um tóxico presente nas partes verdes que também é perigoso para o ser humano.

Todas essas verduras, junto com carne como o frango, são ideais para preparar um arroz com carne e verduras, que pode ser muito interessante em dietas de eliminação, para detectar processos alérgicos.

Hora de alimentar o cachorro

Frutas para cães

No caso das frutas, algumas frutas vermelhas, como o morango, possuem boas propriedades antioxidantes, enquanto o damasco e o pêssego podem melhorar seu trânsito intestinal. No entanto, sempre devemos retirar o caroço.

A melancia e o melão são alimentos muito interessantes, mas devemos tirar as sementes para que não sejam um perigo para nosso animal. A pera ou a maçã também podem ser incluídas com moderação entre as verduras e frutas para cães.

Algumas frutas tropicais, como o abacaxi, o mamão ou a manga podem ser benéficas para a saúde de nosso cão, mas ele não pode comê-las em excesso.

Cuidado ao experimentar

Mesmo que as verduras e frutas para cães possam ser interessantes na dieta de nosso animal, muitos profissionais questionam sua necessidade. Por isso, convém utilizar somente alimentos seguros, bem lavados e sem caroço e sementes.

Devemos levar em conta que todos esses alimentos devem ser dados de forma ocasional, e não são sequer necessários se nosso cão tem uma alimentação adequada. Além disso, vale lembrar que muitas verduras e frutas para cães são alimentos tóxicos, por isso não devemos testá-los com nossos animais se não soubermos que se trata de um alimento seguro.

Recomendados para você