Você conhece o Buhund norueguês?

O Buhund norueguês, também conhecido como Sheepdog Norueguês, é um cão originário da região nórdica da Europa, especialmente da Noruega. Este cão pertence à família dos Spitz e tem ligação com o Pastor islandês e com o Jämthund, que é considerada uma das raças mais antigas da cultura ocidental.

As origens

As origens desta raça nos remetem aos mitos sobre a existência de cães-lobos. Segundo conta a história, os primeiros exemplares de Buhund surgiram do cruzamento natural entre os cães-lobos das turfeiras. Porém, também se acredita que eles já eram conhecidos pelos vikings, de acordo com referências da mitologia nórdica.

Este “Wolfdog” teria sido o primeiro exemplar resultante do cruzamento de um cão e de um lobo. Os registros históricos permitem supor que o cão lobo das turfeiras começou a acompanhar os homens que viviam perto dos lagos nórdicos, há mais de 10 mil anos.

Supõe-se que a raça Buhund norueguês –tal e como a conhecemos atualmente– manteve sua aparência e características ao longo dos séculos. Seu surgimento é de aproximadamente 6 mil anos.

Buhund norueguês: o cão de companhia mais antigo da Europa Nórdica

O Buhund norueguês se destaca em muitos aspectos. Sua adaptação à convivência com os seres humanos é notável. A tal ponto que sua própria evolução se sucedeu paralelamente com a da evolução humana.

Em relação a sua herança genética, marcadamente derivada do lobo, destaca-se:

  • Seu comportamento temperado.
  • Facilidade de aprendizagem.
  • Boa convivência com crianças.
  • Devoção ao trabalho.

Seu nome já indica a finalidade fundamental de sua criação. O termo Buhund é derivado da palavra “bu” que, no idioma norueguês, significa granja, chácara, refúgio campestre ou de montanha, ou seja, o local de residência do pastor ou do homem de campo que cuidava dos rebanhos e dos pastos durante o verão.

Um animal para trabalhos pecuários

O Buhund norueguês é o pastor granjeiro norueguês por definição. Ao longo de sua história, ele foi utilizado para trabalhos de pastoreio de rebanhos, como cão guardião de propriedades e de crianças.

Durante muitos anos, a raça ficou estigmatizada como cão de campo. Isso fez com que ela ficasse à beira da extinção. Era a época em que os países nórdicos experimentaram uma mudança radical após as revoluções industriais na Europa.

Somente na década de 20, quando já existiam poucos exemplares de Buhund na mesma Noruega onde ele se originou, foram destinados incentivos a sua proteção e reprodução, evitando-se assim que a raça desaparecesse.

Buhund norueguês

Atualmente, podem ser vistos exemplares do Buhund norueguês em toda a Europa. Eles continuam em seus trabalhos de pastoreio no campo e são excelentes cães de guarda, e também são grandes protetores. Eles também fazem muito sucesso na Austrália, onde são considerados uma das melhores raças de pastoreio.

Quais as principais características do Buhund norueguês?

Em relação ao físico, o padrão da raça Buhund é o porte médio, estrutura física forte, robusta e atlética. Sua aparência nobre assemelha-se aos traços do lobo. Possui a cabeça refinada, o nariz afiado e as orelhas são pontiagudas, eretas e peludas.

A abundante pelagem, composta por uma capa dupla de pelos, impede que o animal perca muito calor para o ambiente. Por isso, são extremamente adaptáveis aos climas mais frios. Podem apresentar problemas de saúde e de comportamento, se forem submetidos a temperaturas muito elevadas.

Os pelos da camada exterior são longos, grossos e brilhantes, podendo apresentar coloração creme, trigo ou preto.

Os machos da raça Buhund norueguês apresentam uma altura média de entre 43 a 47 cm e, as fêmeas, de 41 a 44 cm. O peso equilibrado dos exemplares varia de entre 14 e 18 kg, para os machos e de entre 12 e 16 Kg para as fêmeas.

A expectativa de vida é de aproximadamente 12 anos. Os cuidados específicos para sua saúde têm a ver especialmente com a pelagem e a pele. Seus pelos devem estar bem secos para não acumular umidade e facilitar a proliferação de microrganismos.

Alguns exemplares do Buhund norueguês podem apresentar displasia de quadril em idades mais avançadas. Em especial os que se dedicam a trabalhos mais pesados.

Seu temperamento é tipicamente de caçador e de pastor. Por isso, para realizar trabalhos mais complexos, eles precisam de um adestramento intenso para equilibrar seu instinto aguçado. É cheio de energia e precisa de espaço para correr livremente. São de comportamento equilibrado e se adaptam bem às crianças.

A nobreza do temperamento desses cães e a beleza de sua aparência, fazem do Buhund norueguês um cão muito interessante.

Recomendados para você