3 propriedades do óleo de coco para cães

· novembro 15, 2018

Os grandes benefícios do óleo de coco para cães estão ligados ao tipo de gorduras que ele contém. Dessa forma, ajudam na digestão e na absorção de vitaminas e minerais.

Os benefícios do óleo de coco para cães são muitos e variados. O óleo de coco é benéfico para a digestão do cão, bem como para a saúde do seu pelo e pele. Além disso, ele pode ajudar a prevenir infecções.

É importante ressaltar que vale a pena consultar um veterinário antes de começar a oferecê-lo ao seu pet.

Como muitas outras coisas, o excesso de óleo de coco pode ter efeitos negativos no animal. No entanto, em pequenas quantidades, pode ser muito favorável para a saúde.

Os imensos benefícios da substância para os cães estão relacionados com o tipo de gordura que contém.

O coco, e em particular o óleo de coco, foram classificados como “superalimentos”. Os superalimentos oferecem benefícios nutricionais exponencialmente maiores do que os outros.

Um dos seus pontos fortes é que mais de 90% das gorduras no óleo de coco são saturadas.

Ele também contém triglicerídeos de cadeia média, ou TCM. TCMs são considerados gorduras ‘boas’.

O leite materno de humanos e de cães contêm triglicerídeos de cadeia média e longa. Por isso, as TCMs no óleo de coco são particularmente benéficas para a saúde de ambos.

Triglicerídeos de cadeia média possuem propriedades antibacterianas, antivirais e antifúngicas.

Além disso, são facilmente metabolizados. Isso melhora a digestão e absorção de vitaminas e minerais.

Cachorro se lambendo

Os benefícios do óleo de coco para cães

Entre as propriedades benéficas da substância para os cães, estão as seguintes:

1. Pelo e pele

O óleo de coco pode ajudar a curar irritações e outras condições de pele em seu cão.

Dermatite de contato e alergias produzidas por moscas podem ser consideravelmente reduzidas graças ao seu uso.

Além disso, doenças como eczema e outras erupções cutâneas são reduzidas em pouco tempo.

O cheiro tão característico dos cães também é bastante reduzido com o uso do óleo. Quando aplicado topicamente, ele transforma o pelo opaco e quebradiço em brilhante e liso.

E, graças às suas propriedades antissépticas, o óleo de coco pode também desinfetar cortes superficiais.

Ele também suaviza a pele, especialmente áreas com calos e rugosidade.

As almofadas e cotovelos dos cães são áreas muito secas, e o uso tópico do óleo hidrata essas áreas, o que irá aliviar os sintomas em cães idosos.

2. Sistema digestivo e metabólico

Quando ingerido em pequenas quantidades, o óleo de coco é muito benéfico para a digestão dos cães. Ele aumenta a absorção de nutrientes no trato digestivo.

Isso significa que toda a comida que seu cachorro consome em sua dieta será mais benéfica para seu organismo.

O consumo de óleo de coco reduz significativamente o mau hálito em cães. Além disso, expele e mata possíveis parasitas intestinais que os eles possam ter.

Quando cães sofrem de colite, o consumo da substância pode reduzir os sintomas associados.

O óleo de coco também pode regular e equilibrar a insulina no corpo do seu cão. Isso significa que ele reduz as chances de diabetes canina.

Por outro lado, o óleo promove uma função tireoidiana regular, que previne distúrbios hormonais.

À medida que acelera o metabolismo, o consumo da substância aumenta a energia do seu cão. Dessa forma, pela mesma razão, ajuda a reduzir o excesso de peso.

3. Sistema imunológico

O óleo de coco contém propriedades antibacterianas e antivirais. Além disso, combate certos fungos e micróbios, bem como alguns parasitas.

A ingestão do óleo fortalece o sistema imunológico e aumenta as defesas dos cães, de modo que seu consumo previne infecções e outras doenças.

Alguns especialistas indicam que a ingestão de óleo de coco pode diminuir o risco de câncer e outras doenças crônicas. A artrite e outras inflamações também diminuem com o consumo.

Modo e porções recomendadas

As quantidades exatas de óleo de coco que você pode dar a um cão devem ser estipuladas por um veterinário.

No entanto, podemos dar alguns conselhos. Quando a ingestão da substância começa, é necessário que as quantidades sejam muito pequenas.

Cachorro comendo

Seu cão precisa de tempo para que seu corpo se acostume a processar o óleo. Por esse motivo, se você começar a oferecer-lhe o produto em grandes quantidades, o animal pode reagir negativamente.

Durante os primeiros dias, a quantidade de óleo de coco deve ser de cerca de ¼ colher de chá para cães e filhotes pequenos.

Entretanto, para cães de médio e grande porte, a quantidade deve ser ½ colher de chá. Se seu cão é muito pequeno, como um chihuahua ou um yorkshire terrier, a quantidade deve ser ainda menor.

À medida que o corpo do seu cão vai se acostumando com o óleo de coco, as quantidades podem aumentar.

Tenha em mente que as quantidades exatas que o seu cão deve ingerir devem sempre ser determinadas pelo seu veterinário.