5 animais que vivem no pântano: conheça-os aqui

· agosto 6, 2018

Quando pensamos nesse ecossistema, imaginamos um lugar muito úmido, cheio de água e plantas. Por isso, talvez, os animais que vivem em pântanos nos parecem monstruosos por conseguirem sobreviver em tal habitat. Então, você quer conhecer 5 animais que vivem no pântano? Pois, fique conosco e vamos saber mais sobre esses animais peculiares.

5 animais que vivem no pântano

Para começar, devemos definir o que é um pântano. Primeiramente, trata-se de um local em que a água de um rio, lago ou da chuva não pode “vazar”, acabando por inundar o lugar. Então, esse tipo de habitat é muito comum, por exemplo, na desembocadura de um grande rio e/ou em deltas. Afinal, o acúmulo de sedimentos não permite a drenagem da água nesses ambientes.

Há zonas pantanosas em todas as partes do mundo. Entre elas, as mais importantes são as que foram formadas na desembocadura de grandes rios. Alguns exemplos são Guadalquivir, Rhône e Danúbio (Europa); Nilo, Tigre e Eufrates (África e Oriente Médio); Amazônia e Mississippi (América) e Mekong (Ásia).

Acima de tudo, nessas águas podem ser encontradas plantas e animais que conseguiram se adaptar ao meio hostil. Então, vamos conhecer 5 animais que vivem no pântano:

1. Jacaré-da-china

Este réptil é considerado um “fóssil vivo”, pois vive no planeta há mais de 230 milhões de anos, na região do rio Yangtsé. É muito semelhante ao jacaré americano em aparência, apesar de ser um pouco menor. No mais, ele chega a medir dois metros e pesar mais de 30 kg.

O jacaré-da-china possui ossos sobre a epiderme, o que lhe confere um aspecto encouraçado, além de uma cauda larga que lhe permite um nado rápido. É um animal noturno que se alimenta de peixes e rãs que habitam em águas tranquilas.

2. Aranha de água

É a única espécie de aranha que sobrevive embaixo d’água, daí vem seu nome. Para respirar, ela precisa subir à superfície uma vez ao dia, já que no resto do tempo captura oxigênio no pelo de seu abdômen.

As principais presas da Aranha de água são os animais aquáticos, especialmente filhotes de crustáceos e peixes. Assim como o resto de sua família, possui a habilidade de picar sua vítima através de fortes presas.

3. Boto-cor-de-rosa

Habita rios e pântanos formados pelo Rio Amazonas e pelo Rio Orinoco, ambos na América do Sul. Seu bico largo e seu pescoço flexível lhe permite remover o barro e buscar suas presas durante dois minutos sem precisar sair à superfície para respirar.

Além disso, o boto-cor-de-rosa se adaptou a viver no pântano de uma maneira surpreendente: possui olhos pequenos que não alteram seus movimentos em águas turvas. No mais, para se localizar, atua como os demais cetáceos, emitindo sons.

4. Crocodilo do Nilo

Talvez seja um dos animais mais característicos a viver em pântanos. Faz parte de uma das três espécies que habitam a África, sendo a segunda maior do planeta. Os crocodilos possuem uma cabeça plana, podem medir 10 metros e pesar aproximadamente uma tonelada.

Além disso, seu focinho é alongado e provido de grandes e fortes dentes, os quais permitem mastigar suas presas em poucos minutos. Por conta disso, também utiliza alguns truques para atacar os animais que se aproximam das margens para beber ou se banhar. Também vale a pena destacar que esta espécie é muito rápida na água e nem tanto em terra.

Conheça 5 animais que vivem no pântano

5. Hipopótamo

Trata-se de outro animal muito característico que vive em pântanos. Um dos grandes mamíferos africanos que, estranhamente, alimenta-se de ervas e frutas (é herbívoro). Durante o dia, o hipopótamo repousa na lama e, ao anoitecer, sai para comer grandes quantidades de alimento.

Além disso, esses animais vivem em grupos muito bem organizados. Suas crias são colocadas juntas e resguardadas pelos machos adultos, que geralmente são muito territoriais, chegando a lutar até a morte entre si. As fêmeas se juntam a uma distância prudente para evitar serem golpeadas pelos indivíduos agressivos.