5 coisas para ter em mente antes de dormir com seu gato

· setembro 14, 2018
A principal é estar ciente de que os gatos podem ficar muito inquietos durante a noite e que eles também podem roncar.

Dormir com seu gato pode ser benéfico para ambos ou prejudicar suas rotinas e criar uma dependência. Antes de decidir qualquer coisa definitivamente, pense cuidadosamente no que é melhor para vocês dois a longo prazo.

Dormir com seu gato afeta a qualidade do seu sono?

Algumas pessoas têm um sono mais leve que outras e o menor ruído ou movimento pode interromper seu sono no meio da noite. Os gatos podem ficar muito agitados de madrugada, e podem começar a brincar com os lençóis, qualquer sombra que pareça interessante ou até mesmo seus próprios pelos.

Se você pensa em dormir com seu gato, tenha em mente que os ritmos circadianos felinos são diferentes dos nossos. Além disso, os gatos são predadores por natureza e tendem a permanecer ativos à noite, ao contrário de nós. Não se esqueça que os gatos também podem roncar, por isso tente fazer para o seu animal de estimação um local apropriado para seu sono antes que ele interrompa o seu.

dormir com gatos

Um gato feliz, um gato saudável

Seu gato pode adorar dormir com você na cama ou ficar com você à noite para ajudar se acalmar quando ele está assustado ou inquieto. Ainda que a educação de seu gato seja o elemento chave para estabelecer limites e determinar quem manda; também é verdade que cada gato é um mundo e muitas vezes um animal mais medroso ou que tenha tido más experiências precise de atenção especial.

Nestes casos, você pode ter que fazer concessões para priorizar o bem-estar do animal. Os gatos com ansiedade tendem a perder pelos, peso e a apresentarem comportamentos autodestrutivos, que podem afetar seriamente sua saúde. Se você perceber uma clara melhora em seu animal após descansar algumas noites ao seu lado e, além disso, seu sono não for interrompido, esta pode ser a melhor solução para ambos.

Cuidado com os pelos do seu animal de estimação

Mesmo que você não tenha alergias ou asma, pode acabar tendo reações aos elementos, sujeira ou micróbios que os pelos de seu gato podem conter. Tenha em mente que os gatos fazem as suas necessidades em uma caixa com areia e que, às vezes, eles podem arrastá-la pela casa.

alergia a gatos

Até 30% da população americana tem ou teve alergia a gatos e cães, de acordo com um relatório da Asthma and Allergy Foundation of America. Se esse é o seu caso, e você ainda quer dormir com seu animal de estimação, existem máquinas que filtram o ar que podem ajudá-lo.

Como fazer seu gato dormir à noite

Como já mencionado, os gatos são predadores por natureza e permanecem muito ativos durante a noite. Se você quiser dormir com seu gato, é essencial que você tente mudar suas rotinas para que ambos estejam no mesmo ponto na hora de dormir. Para isso, você pode:

  • Mantenha seu gato ativo durante o dia. O ideal seria concentrar as brincadeiras e as carícias durante a manhã e à tarde, para que seu gato se canse; embora muitos trabalhem fora de casa durante o dia, então isso nem sempre é fácil.
  • Leve o seu gato para passear. Use uma correia especial para gatos e leve-o pela área.
  • Adquira brinquedos que estimulem o seu intelecto. Você pode usar, por exemplo, quebra-cabeças que possuem prêmios.
  • Deixe brinquedos espalhados pela casa para que o gato fique entretido em vez de dormir.
  • Brinque com ele antes de ir para a cama.

O que fazer se o seu gato incomoda enquanto você dorme

A resposta mais fácil é não deixá-lo dormir com você. Se isso não é uma opção e você ainda acha que a melhor coisa para ambos é dividir a cama, você pode tentar usar um canto do seu quarto como um “cantinho do castigo”. Faça-o ficar lá toda vez que ele morder um dedo, gemer excessivamente ou puxar algo para chamar sua atenção, especialmente se ele fizer isso às cinco da manhã.