7 precauções se você tiver uma cobra em casa

· outubro 11, 2018
As condições para estes répteis viverem em uma casa são muito específicas, e devemos ter em mente que gastaremos muito dinheiro com elas. Por causa do seu comportamento, você terá que ter cuidado quando se trata de contato físico.

As cobras são animais exóticos que também têm os seus fãs, e muitos as adotaram como animais de estimação. Mas, vamos ser realistas: por mais que gostemos de uma serpente, ela não é um cachorro ou gato; requer cuidados muito diferentes de outros animais de estimação. Vamos ver quais precauções tomar se você tiver uma cobra em casa.

Precauções se houver uma cobra em casa

Espaço adequado

Antes de decidir adotar uma cobra como animal de estimação, você deve ter em mente que elas envolvem um gasto maior do que outros tipos de animais. Para tê-la em casa, você precisará de um terrário com temperatura adequada e certos acessórios que a farão se sentir em seu habitat natural.

Isso não é uma piada, custa dinheiro, talvez mais do que você imagina.

Mas se ainda assim você decidir ter uma cobra em casa, escolha um terrário que se adapte ao tamanho dela e onde ela possa se mover facilmente.

Coloque-a em algum lugar de sua casa e certifique-se de que tenha uma tampa em boas condições, pois isso evitará que o animal escape.

Temperatura

Como mencionamos anteriormente, as cobras precisam de uma certa temperatura ambiente para não morrer. 

Elas não têm a capacidade de adaptar a temperatura do corpo ao ambiente em que vivem, e é por isso que são consideradas animais de sangue frio.

A temperatura ideal para elas varia entre 20 e 40 graus Celsius. 

Embora existam terrários que têm um termostato, eles tendem a ser muito caros e nem todos podem pagar por isso. Nesse caso, você terá que manter o terrário da cobra em uma sala aquecida a essa temperatura.

cobra de estimação

Alimentação

Não há uma ração específica para cobras. Elas comem principalmente insetos, lagartos e ratos. Embora existam lojas de animais onde você possa obter este tipo de alimento, pode não ser tão fácil encontrá-los e você pode até sentir repulsa ao pensar na ideia.

Pense na sua média de vida

Uma cobra pode viver uma média de 15 a 20 anos. Isso significa que, pensando na Lei da Posse de Animais de Estimação, se você adotar uma, terá que cuidar dela por até duas décadas.

Cuidado com as crianças

Nem todas as cobras de estimação são amigáveis, muito menos com crianças, que são curiosas e colocam suas mãos no terrário mais de uma vez. Pense sobre isso antes de adotar uma cobra e verifique se elas são adequadas para seus filhos.

cobra como pet

É melhor que você ensine seus filhos a ficar longe das cobras e explique que eles podem tocá-la quando você a tirar do terrário. É melhor prevenir do que remediar.

Cuidado ao alimentá-las

É lógico pensar que você vai ter que colocar a mão no terrário para dar-lhe comida. No entanto, o mais aconselhável é que você jogue as presas no terrário ou sirva-as com um par de pinças, para baixar a comida até o alcance dela.

Deixe as mãos sempre longe, especialmente quando houver comida, porque ela pode pensar que você quer tirá-la dela, mesmo que seja o contrário, e ela poderá atacá-lo. É assim que as cobras são.

Dependendo da cobra…

Para aqueles mais ousados ​​que decidem adotar uma cobra venenosa, estes devem adquirir ferramentas adequadas para manuseá-las, assim como terrários especiais, cadeados e antídotos que devem estar sempre à mão.

Ter ou não uma cobra em casa é sua decisão. Nós já sabemos que esses animais podem despertar amor ou repulsa, sempre em dois extremos. Se você é um dos que deseja tê-los, vá em frente: com uma série de precauções, não há perigo.