Rato doméstico como animal de estimação

· setembro 19, 2018
Apenas algumas espécies são indicadas como animais de estimação, e apenas aquelas que crescem entre humanos são amigáveis ​​e dóceis.

Roedores podem ser animais de estimação maravilhosos: são simpáticos, dóceis e inteligentes. Hamsters ou cobaias são uma prova disso. No entanto, os ratos comuns também podem ser pets inesquecíveis e grandes amigos.

Rato doméstico como animal de estimação

Embora associemos ratos com sujeira e doenças, eles são realmente animais muito inteligentes, com um grande senso de sobrevivência e adaptabilidade. Além disso, eles podem ser muito dóceis e amigáveis ​​se crescerem entre humanos.

No entanto, muitas vezes eles são considerados pragas, e não animais de companhia: como animais domésticos eles estão limitados a poucas espécies, já domesticadas pelos humanos. Ou seja, fazemos distinção entre os ratos que queremos em nossas casas e os que queremos “eliminar”.

Quem já conviveu com um rato como animal de estimação, sabe que eles são pequenos roedores simpáticos e engraçadosEles têm uma má fama injusta, que não merecem.

Cuidados com os ratos domésticos

Os ratos domésticos não são exigentes: um parceiro, uma gaiola adaptada às suas necessidades básicas, uma dieta equilibrada e um pouco de estimulação mental são suficientes para fazê-los felizes e ajudá-los a viver de maneira saudável.

Apesar de serem pequenos animais, eles têm muita energia, então, precisam de uma gaiola grande. A melhor opção é uma gaiola que também tenha vários andares, para que eles possam subir e descer. Além disso, eles terão, assim, uma área de superfície maior para caminhar, ocupando pouco espaço em nossas casas.

rato doméstico

Sua gaiola deve ter muitos esconderijos e lugares para dormir. Seu instinto lhes diz que eles devem dormir em lugares pequenos e escuros. Mesmo se ele decidir dormir no sofá ou sobre suas pernas, dê a ele a chance de ter um esconderijo.

Além disso, escolha um bom substrato para roedores. Seu rato vai usar sua gaiola para fazer suas necessidades, e a melhor maneira de garantir a higiene dele é escolher um substrato de qualidade: é fácil de limpar e não produz poeira, pois isso poderia causar problemas respiratórios.

Algo a se considerar…

Os ratos vivem melhor em companhia. Eles são animais que geralmente vivem em grupos, por isso é aconselhável que, em casa, você tenha mais de um. Ele não se sentirá sozinho e terá um companheiro para brincar e descarregar mais energia, sem precisar de sua atenção constante. São muitas as vantagens!

Eles são animais inteligentes que precisam resolver problemas ou aprender novos truques, para assim serem felizes. Dentro de sua gaiola, precisará de brinquedos interativos, ou algum quebra-cabeça para resolver. Se você não tem brinquedos em casa, sempre poderá ensiná-los truques e sequências de comandos. É importante que ele não fique entediado!

A segurança em casa também é essencial: você pode permitir que os ratos saiam de sua gaiola e explorem a casa, mas não negligencie a segurança deles. Cuidado com os cabos elétricos, porque eles podem roê-los. Da mesma forma, certifique-se de que não haja buracos ou espaços atrás da mobília onde eles possam se esconder e ficar presos.

Saúde dos ratos domésticos

Ratos domésticos são geralmente animais saudáveis, mas visitas veterinárias frequentes são necessárias para garantir sua saúde e bem-estar. Ratos domésticos vivem entre três e cinco anos, embora tenha havido casos de animais que viveram por mais tempo. Atualmente, os ratos não possuem vacinas obrigatórias.

Rato de estimação

A maioria dos problemas de saúde que aparecem nesses pequenos roedores está relacionado a seus dentes: eles nunca param de crescer e, se não forem usados adequadamente, aparecem dores, má digestão ou até a impossibilidade de comer.

Como alimentar um rato de estimação

Ratos domésticos são onívoros: isto é, eles podem consumir qualquer alimento. Devemos dar-lhes uma dieta completa e variada. Além disso, eles devem sempre ter água fresca à sua disposição.

A maneira mais fácil de garantir que nosso rato seja alimentado adequadamente é fornecer a ele o próprio alimento da espécie, embora devamos evitar aqueles que se baseiam em sementes. Mas isso não é tudo: devemos oferecer-lhes comida fresca que esteja sempre ao alcance deles.

Com frutas e legumes, podemos oferecer uma combinação diária de diferentes vegetais e produtos frescos, tais como espinafre, tomate, cenoura ou abobrinha, e deixá-los escolher os seus favoritos. Devemos também colocar cereais, como arroz, pão ou massa, bem como leguminosas. Para lhes fornecer proteína animal, podemos lhes dar ovo, frango ou queijo fresco sem lactose.

Todos os alimentos que apresentamos, exceto os de origem animal, devem ser crus e naturais: evitar sal, óleo, especiarias, açúcar ou qualquer aditivo. Quanto mais fresco, melhor para a sua saúde.

Se você está procurando um animal de estimação divertido, sociável, carinhoso e inteligente, ratos domésticos podem ser uma ótima opção. Ofereça-lhes desafios mentais, uma dieta equilibrada e, assim, você desfrutará de sua amizade por muitos anos.