A alimentação ideal de uma tartaruga

A alimentação ideal de uma tartaruga deve oferecer os nutrientes necessários para atingir o desenvolvimento ótimo de sua espécie. Assim, será possível conservar seu estado de saúde e fazê-la conviver harmoniosamente com o ambiente ao seu redor.

Um animal de estimação ideal

As tartarugas fazem parte da família dos répteis, juntamente com os jacarés e crocodilos, serpentes, lagartos e iguanas. E, sem dúvida, representam, dentre os répteis, o tipo mais amigável da convivência com humanos. 

São uma excelente opção como primeiro animal de estimação para as crianças, pois costumam ensinar sobre a responsabilidade de cuidar de uma vida. Tudo isso, sem exigir muito tempo ou grandes espaços. Possuem comportamento independente, tranquilo e adaptam-se facilmente.

No entanto, também precisam de atenção para se desenvolverem saudavelmente e, também, de uma dieta apropriada para nutrir seu organismo. Por isso, propomos conselhos simples para escolher a alimentação ideal de uma tartaruga e não cometer erros em sua criação.

Tartarugas

Fonte: neusitas

Como escolher a alimentação ideal de uma tartaruga doméstica?

As tartarugas domésticas dividem-se em dois grandes grupos: as aquáticas e as terrestres. Cada uma precisa de cuidados específicos para preservar seu bom estado de saúde.

Cuidando de uma tartaruga aquática

Quando se escolhe criar um animal marinho em um ambiente artificial, é fundamental que se dê muita atenção ao preparo de seu habitat.

O primeiro passo é escolher um aquário adequado. As tartarugas precisam de espaço para nadar e para se mover livremente. Isso é fundamental para fortalecer seu corpo e equilibrar seu metabolismo.

Por isso, as dimensões do aquário devem corresponder a, pelo menos, 4 vezes o tamanho do animal.  Quanto mais amplo for o espaço, melhor será a qualidade de vida de sua tartaruga aquática.

O segundo passo é preparar o aquário corretamente. Não basta enchê-lo de água. O aquário deve ter dois ambientes: uma piscina (a “parte molhada”) onde nadar, e uma parte seca, acima da água, onde possa tomar sol, se secar e descansar.

As tartarugas aquáticas se hidratam, respiram e alimentam-se sob a água. Por isso, é indispensável proporcionar água limpa e fresca para conservar sua saúde. O ideal é que o aquário conte com um sistema de filtros e que se faça uma limpeza semanal de seu interior.

Alimentação ideal de uma tartaruga aquática

As tartarugas marinhas são onívoras. Em seu habitat natural, costumam alimentar-se de algas e de outras plantas aquáticas, pequenos peixes, crustáceos e moluscos. Durante sua primeira fase de crescimento  (até atingir a fase adulta), requerem maior quantidade de proteínas.

Existem rações comerciais especiais para tartarugas aquáticas. Estas são uma excelente opção para garantir uma dieta nutricional balanceada em cada fase de sua vida.

No entanto, a alimentação ideal de uma tartaruga aquática deve incluir elementos naturais e frescos diariamente. Frutas, verduras, algas, carne de pescado crua, pequenos mariscos e crustáceos.

Cuidando de uma tartaruga terrestre

As tartarugas terrestres precisam de menor preparo do ambiente. Pode se optar por deixá-las soltas no lar, especialmente quando se conta com um jardim ou uma área verde natural.

No entanto, o ideal, para estar mais seguro, é comprar um terrário. A lógica de tamanho é a mesma da tartaruga aquática, ou seja, o espaço deve ser de 4 a 5 vezes maior do que o animal e contar com higienização semanal.

Alimentação ideal de uma tartaruga terrestre

As tartarugas terrestres são essencialmente herbívoras. Em seu habitat natural, consomem muito menos proteínas que seus parentes aquáticos. Mas podem consumir pequenos insetos e minhocas, principalmente durante sua fase de maior desenvolvimento.

Também existem rações comerciais indicadas para tartarugas terrestres. Estas devem ser usadas como base nutricional, pois oferecem proporções adequadas para a idade de seu animal de estimação.

A alimentação ideal de uma tartaruga terrestre deve ser complementada. Entre estes suplementos estão os vegetais, as frutas, as flores, as ervas, pequenos pedaços de carne crua e minhocas.

Também, elas precisam de uma alta contribuição de cálcio e fosforo, para manterem a carapaça forte e resistente.

Tartaruga na piscina

Alimentos a serem evitados na alimentação ideal de uma tartaruga

Ainda que as tartarugas gostem de uma alimentação variada, alguns alimentos devem ser evitados para conservar seu estado de saúde.

  • Frutas: preferir peras, maçãs e melões. Evitar frutas cítricas.
  • Verduras: Alface a vontade. Evitar espinafre, vagem, aspargos, cogumelos, pimentas, batatas, beterraba e abóbora.
  • Carnes: evitar carnes brancas e vermelhas com alto nível de gordura.

Jamais deve ser oferecido comidas humanas cozidas, condimentadas e/ou industrializadas para as tartarugas. Isso poderá causar problemas digestivos graves. Outro bom conselho é preferir verduras e frutas orgânicas, evitando a ingestão de fertilizantes tóxicos.

Recomendados para você