Alergias caninas: causas e sintomas

· novembro 30, 2018
Alergias caninas são uma realidade que pode reduzir significativamente a qualidade de vida do seu cão. Na verdade, existem diferentes tipos de alergias caninas que podem estar causando os sintomas.

As alergias caninas são muito comuns. Se aparecerem na forma de coceira na pele, orelhas ou pés, ou através de problemas digestivos, como diarreia crônica, os sintomas podem tornar a sua vida e a vida do seu cão mais difícil.

Os sintomas de alergia são o resultado de uma resposta imunológica inadequada que tanto pessoas quanto animais de estimação podem vir a sofrer. Existem vários tipos diferentes de alergias caninas.

Alergias caninas: alergias na pele

Alergias cutâneas, alergias alimentares e alérgenos ambientais são um desafio para os cães e seus donos. E, como se isso não bastasse, os sintomas de todos esses diferentes tipos de alergias podem se sobrepor.

As alergias cutâneas, denominadas dermatites alérgicas, são o tipo mais comum de reações alérgicas em cães.

Existem três principais causas de alergias de pele em cães:

  • Dermatite alérgica a pulga
  • Alergias alimentares
  • Alérgenos ambientais

A dermatite alérgica pode ser causada por pulgas. Alguns cães são alérgicos à saliva da pulga, o que causa muito coceira, especialmente na base da cauda. A pele pode ficar vermelha, inchada e com crostas.

As alergias e sensibilidades alimentares também podem causar comichão na pele. Os locais mais comuns onde os cães com alergia alimentar têm comichão são as orelhas e as patas, e isso pode vir acompanhado por sintomas gastrointestinais.

Cachorro se coçando

Os alérgenos ambientais, como poeira, pólen e mofo, podem causar reações alérgicas atópicas ou dermatite atópica. 

Na maioria dos casos, essas alergias são sazonais, portanto, é possível que a coceira ocorra apenas durante certas épocas do ano.

Tal como acontece com as alergias alimentares, as áreas mais comumente afetadas são as patas e as orelhas

No entanto, os sintomas também podem aparecer em outras áreas, como o focinho, a virilha e ao redor dos olhos.

Todas as alergias cutâneas apresentam risco de infecção secundária. Como o seu cão coça, morde e lambe a pele, corre o risco de expor a pele a fungos e infecções bacterianas.

Alergias caninas: alergias alimentares

Alergias alimentares podem não ser tão comuns quanto as pessoas pensam.

As alergias alimentares verdadeiras resultam em uma resposta imune, que pode variar em sintomas de doenças de pele (exantema, edema facial, prurido), sinais gastrointestinais (vômitos e/ou diarreia) ou uma combinação de ambos.

Raramente uma reação grave pode ocorrer e causar anafilaxia semelhante à alergia a amendoim grave em seres humanos.

O que a maioria das pessoas quer dizer quando diz que seu cão é alérgico a certos alimentos é que seu cão tem grande sensibilidade a um alimento. Isso também chamado de intolerância alimentar.

Sensibilidades alimentares, ao contrário das verdadeiras alergias, não implicam em uma resposta imune.

Em vez disso, elas são uma reação gradual a um ingrediente ofensivo presente na comida do cachorro, como carne, ovos, milho, trigo, soja ou leite.

Cães com sensibilidades alimentares podem apresentar vários sintomas, incluindo sinais gastrointestinais, como vômitos e diarreia.

Há também sintomas dermatológicos, como coceira, problemas de pele e pelagem e infecções crônicas do ouvido ou das patas.

cão com alergia

A melhor maneira de diagnosticar e tratar uma alergia alimentar é com o veterinário, que irá controlar os sintomas do seu cão e descobrir o ingrediente que causa a reação.

Reações alérgicas agudas

Provavelmente, o mais alarmante de todos os tipos de alergias em cães é uma reação alérgica aguda. 

Os cães, assim como as pessoas, podem vir a sofrer um choque anafilático se tiverem uma reação grave a um alérgeno. Isso pode ser fatal se não for tratado a tempo.

Picadas de abelha e reações a uma vacina podem causar uma reação anafilática em alguns cães.

É por isso que é importante observar o seu animal antes de administrar qualquer nova vacina, medicamento ou dar a ele um novo alimento.

No entanto, reações anafiláticas são raras em cães.

Cachorros também podem desenvolver urticária ou inchaço facial em resposta a um alérgeno.

O inchaço da face, garganta, lábios, pálpebras ou orelhas pode parecer sério, mas raramente é fatal. O veterinário pode tratar essas reações com um anti-histamínico.

Sintomas de alergias em cães

Os sintomas de alergias em cães podem variar dependendo da causa. 

Por exemplo, um cão que sofre um choque anafilático terá uma queda no nível de açúcar no sangue, seguido por um choque, o que é muito diferente de uma condição da pele.

No entanto, em geral, os seguintes sintomas podem ser um sinal de reação alérgica:

  • Comichão
  • Urticária
  • Inchaço da face, orelhas, lábios ou pálpebras
  • Pele vermelha e inflamada
  • Diarreia
  • Vômitos
  • Espirros
  • Coceira nos ouvidos
  • Infecções de ouvido crônicas
  • Coceira, olhos lacrimejantes
  • Lambidas constantes

Alguns desses sintomas também podem ser um sinal de outra doença. Em qualquer caso, é importante ir ao veterinário para fazer um diagnóstico preciso.