A alimentação hipoalergênica para cães funciona?

setembro 27, 2019
Assim como os seres humanos, os animais de estimação podem sofrer reações adversas a diferentes alimentos. Uma solução para essa situação pode ser a manutenção de uma alimentação hipoalergênica para eliminar o alérgeno alimentar causador, desde que recomendada por um profissional.

A alimentação dos cães é essencial para mantê-los saudáveis ​​e cheios de energia. Portanto, a dieta é um fator-chave para o seu desenvolvimento. No entanto, às vezes os animais apresentam reações adversas aos alimentos. Uma solução possível é a alimentação hipoalergênica para cães.

O que é uma alimentação hipoalergênica?

Uma alimentação hipoalergênica elimina certos alimentos que podem ser problemáticos ou que estão causando uma reação adversa no animal. Na ausência de tais alimentos na dieta, é observada uma diminuição na reatividade a muitos alimentos.

Essa alimentação deve ser orientada e controlada por um especialista, pois caso seja feita incorretamente, pode representar um risco nutricional. Isso pode levar a um aumento de alergias alimentares ou ao desenvolvimento de doenças.

As etapas que o profissional segue para aplicar uma alimentação hipoalergênica são:

  1. Identificação de alérgenos alimentares.
  2. Início da dieta com restrição.
  3. Será necessária a colaboração dos donos no monitoramento da dieta.
  4. Reavaliação clínica para observar os efeitos da dieta.
  5. Eliminação temporária dos alimentos que estão causando reação adversa, com possível reintrodução após um período de tempo prudente. Esta etapa só pode ser estipulada pelo veterinário, uma vez que cada caso tem as suas próprias características.

Quando aplicar a alimentação hipoalergênica para cães

A alimentação ou dieta hipoalergênica é recomendada para destacar possíveis alergias ou intolerâncias alimentares. Também é recomendada no tratamento de várias doenças, como distúrbios intestinais ou dermatite atópica.

Causas: reações adversas aos alimentos

Podem ter uma origem imunológica, como hipersensibilidade alimentar. A definição que pode ser dada é: “uma reação adversa a um ou vários componentes da dieta do cão”.

Por outro lado, é possível que tenha uma origem não imunológica, como a intolerância alimentar. É definida como “uma resposta fisiológica anormal a um alimento”.

A questão que pode surgir é: quais alimentos costuma causar alergias ou intolerância? Uma maneira de abordar essa questão é considerar que a maioria dos componentes alimentares pode desencadear uma resposta de hipersensibilidade.

Esses componentes são essenciais na dieta e incluem proteínas, carboidratos, lipídios e gorduras, entre outros. Destes, um grupo de proteínas, as glicoproteínas, foram as que causaram o maior número de reações alérgicas.

Essas proteínas são caracterizadas por serem solúveis em água, mas resistentes a ácidos e com um grande peso molecular, entre 10.000 e 70.000 daltons. Outros componentes que podem ser alérgenos são medicamentos ou produtos químicos que têm um alto peso molecular.

Entre os componentes que fazem parte da ração ou dos patês para cães, a carne bovina causa reações de hipersensibilidade em 80% dos casos. O restante das carnes, como carne de porco, cavalo, frango ou outros componentes, como peixe ou ovo, registraram uma hipersensibilidade de “apenas” 15%.

Por fim, deve-se notar que 5% dos casos foram causados ​​por hipersensibilidade a cereais, como soja ou trigo, ou a aditivos. No entanto, alguns estudos sugerem a carne e a soja como alimentos problemáticos.

Opções no mercado de alimentos hipoalergênicos

Diferentes marcas oferecem diferentes tipos de alimentação hipoalergênica, que costumam incluir fontes exclusivas de proteínas. Essas dietas incluem proteínas de peixe, proteínas sem cereais e até proteínas pouco comuns, como a carne de cervo.

Alimentação hipoalergênica

Por exemplo, a marca Royal Canin oferece diferentes tipos de alimentos hipoalergênicos de acordo com a raça do cão. Para cães de raças pequenas, com peso inferior a 10 quilos, ela sugere o produto Hypoallergenic Small Dog HSD 24″.

Outros produtos sugeridos para reduzir a intolerância a nutrientes ou ingredientes são os alimentos secos. Entre eles estão o Hypoallergenic DR 21 e o Hypoallergenic HME 23 Moderate Calorie.

Caso você queira variar a dieta e não oferecer apenas ração para o animal, existe um produto alimentar úmido. O patê hipoalergênico canino úmido é composto por nutrientes como proteínas hidrolisadas de baixo peso molecular que fornecem propriedades hipoalergênicas e outros nutrientes destinados a fortalecer a barreira cutânea.

Além disso, a empresa não oferece alimentação hipoalergênica apenas para cães, já que também existem produtos para gatos. Essa dieta foi chamada de Hypoallergenic DR 25.

Gato sendo examinado

Todos os produtos possuem fontes selecionadas de proteínas e carboidratos. Seus componentes incluem proteínas hidrolisadas de baixo peso molecular, ácidos graxos (EPA/DHA) e outros nutrientes para promover a saúde digestiva.

Outra opção que o veterinário pode sugerir é fazer uma dieta hipoalergênica caseira. A estratégia consiste em incluir alimentos como peixes, várias carnes – porco, frango ou cavalo – e arroz ou macarrão e batatas na dieta do cão.

Conclusão

Podemos encontrar diferentes tipos de dieta para os nossos cães, mas todas elas sempre devem ser orientadas e monitoradas por um veterinário de confiança.

Existem várias soluções para o problema das alergias alimentares. Apesar disso, nem todas as dietas comerciais são viáveis ​​para todos os pacientes caninos, portanto, sempre há a opção de fazer uma dieta caseira.

  • Córdova Moreno, E.; & Trigo Tavera, F. J. Hipersensibilidad alimentaria canina. VetMéx,1999; 30(1): 67- 77 [Internet]. Disponible en: https://www.redalyc.org/pdf/423/42330110.pdf
  • Puértolas Morales, Alicia; Verde Arribas, MoT (dir.); Villanueva Saz, Sergio (dir.). Hipersensiblidad alimentaria en perros. Alérgenos implicados y tipos de alimentos para su control. [Internet]. Facultade de Veterinaria, Universidad de Zaragoza; 2015. Disponible en: https://zaguan.unizar.es/record/37025/files/TAZ-TFG-2015-3889.pdf
  • Royal Canin [Internet]. [citado 2 de agosto de 2019]. Disponible en: https://www.royalcanin.es/?s=HYPOALLERGENIC&option=product
  • Reunión del Grupo Gastro-Sur [Madrid]. Alergia alimentaria. Grupo Gastro-Sur (Madrid). 2008;1-25. [Internet]. Disponible en: http://www.ampap.es/wp-content/uploads/2014/05/Alergia_alimentaria_2008.pdf