Alimentando filhotes desmamados precocemente

agosto 4, 2018
O abandono de animais costuma causar essa circunstância, que é especialmente crítica nessas idades em que os cães estão mais predispostos a doenças.

O número de filhotes de cães abandonados por ano só aumenta, especialmente nas épocas em que as fêmeas tipicamente entram no cio. No caso de você encontrar animais jovens sem uma mãe, você precisará saber como alimentar adequadamente filhotes desmamados precocemente.

Problemas que os filhotes desmamados precocemente sofrem

A fragilidade dos filhotes recém-nascidos faz deles o principal alvo de muitas doenças. Além disso, no caso de você ter encontrado o animal na rua, ele terá sido exposto aos seguintes problemas:

  • Hipotermia. Especialmente se você encontrar o filhote no outono ou no inverno; embora, como os recém-nascidos não regulam corretamente a temperatura corporal, a hipotermia pode ocorrer em qualquer outra época do ano.
  • Desidratação. Em muitos casos, as consequências da hipotermia levam a uma metabolização deficiente dos nutrientes e; também, podem levar à desidratação do animal.
  • Hipoglicemia, isto é, baixos níveis de açúcar no sangue. Entre os sintomas mais comuns que permitirão perceber a presença de hipoglicemia, encontramos convulsões, espasmos musculares e apatia.
filhotes desmamados

Cada um desses problemas está frequentemente inter-relacionado, por isso não descarte nenhum e tente visitar um veterinário assim que encontrar o filhote.

A alimentação dos filhotes desmamados precocemente

Muitos dos cães que são abandonados na rua ou no campo, muitas vezes têm poucas semanas de vida e; portanto, ainda precisam do leite de sua mãe para sobreviver. A única maneira de os filhotes sobreviverem é fornecer-lhes uma dieta baseada em leite especialmente desenvolvida para cães.

Se você estiver em posse de um animal tão jovem, prepare-se para dar uma mamadeira a cada duas ou três horas e por três ou quatro semanas, dependendo da idade do filhote. Estas são algumas das diretrizes que você deverá seguir para alimentar corretamente seu novo animal de estimação:

  • A higiene das mamadeiras é especialmente importante; pois, não tendo ingerido o leite materno previamente, esses filhotes não possuem flora intestinal ou muitos anticorpos comuns.
  • O tamanho do bico da mamadeira é importante para que o filhote não engasgue ou machuque sua mandíbula.
  • ângulo em que você dá a mamadeira ao seu filhote determinará a presença ou ausência de cólicas noturnas.
  • orifício do bico também tem que ter um tamanho correto. Se for muito pequeno, o filhote tentará sugar demais e acabará perdendo o interesse pela mamadeira.
  • Durante todo o período de lactação do filhote, tente pesá-lo toda semana. Isso é para garantir que a quantidade de nutrientes está adequada e que tudo está correndo como deveria.
  • Quanto à temperatura do leite, tente não ultrapassar os 37 graus, para se adaptar o máximo possível à temperatura corporal do animal.
filhotes desmamados

O processo de desmame deve começar a ocorrer cerca de duas semanas após o cão ter aberto os olhos. Comece colocando leite com um pouco de aveia em um prato plano e; em seguida, tente colocar um pouco na boca do animal, para que ele prove. Em três semanas, seu animal de estimação estará pronto para comer alimentos sólidos.

Recomendados para você