Alimentos alternativos à ração para cães

· junho 17, 2018
A tradicional ração seca, que é muito dada aos animais, pode ser alternada com outras dietas: a BARF inclui carne e verduras cruas. Já os alimentos desidratados são mais indicados para cães mais velhos.

Atualmente, muitos cães alimentam-se exclusivamente de ração. No entanto, às vezes, surgem dúvidas sobre esse alimento. A ração é mesmo saudável? Não é muito ruim comer a mesma coisa todo dia? Isso sem falar do que os cães realmente gostam. Hoje, queremos falar de alimentos alternativos à ração para cães.

A alimentação dos cães

É certo que os cães evoluíram dos lobos. No entanto, umas das grandes diferenças evolutivas está no sistema digestivo. Enquanto os lobos são carnívoros, os cães tornaram-se onívoros.

Isso quer dizer que, ainda que a base da dieta dos cães continue sendo a carne, eles também precisam de alimentos de origem vegetal: verduras, frutas, cereais… As rações levam essas necessidades em conta e juntam todos os alimentos necessários em suas composições. Mas, se você quer buscar outro tipo de alimentação para seu cão, é preciso pesquisar.

No entanto, nem todas as rações contêm, de uma maneira equilibrada, os alimentos necessários para os cães. As rações muito baratas tendem a ter muitos cereais ou verduras, já que incluir carne encarece muito a produção. Mas, da mesma maneira, as rações caras geralmente colocam mais proteína de carne do que seu cão precisa. Observe bem os ingredientes nos rótulos das rações e veja com qual ele se adapta melhor.

Dietas BARF

As dietas BARF são as que baseiam-se em alimentos crus. Somente algumas verduras e cereais são cozidos. Nas dietas BARF, os cães ingerem carne, ossos e vísceras cruas, como fariam na natureza se tivessem que caçar.

dietas BARF para cães

Esse tipo de alimentação tem muitas vantagens: as quantidades e equilíbrio são feitos de uma maneira personalizada para o cão, permite-se assim que ele coloque as “garras de fora” e roa como seus instintos pedem, eles experimentam então diferentes texturas e sabores ao longo dos dias.

Há duas grandes desvantagens atribuídas a este tipo de dieta. A primeira: é difícil de equilibrar. É necessário o acompanhamento de um veterinário para garantir que o cão não fique sem certos grupos de alimentos e que ingira a quantidade certa, nem mais nem menos do que precisa.

BARF congelado

A segunda desvantagem atribuída às dietas BARF é que elas precisam ser planejadas com tempo, e nem todas as pessoas podem fazer isso. Para ajudar essas pessoas, surgiram empresas que preparam as misturas de grupos de alimentos e as congelam.

Para um tipo de alimentação diferente, mas que em essência, seja igual à dieta BARF. Com a diferença de que, ao invés de fazer as misturas em casa, vendem-se pacotes ou potes de comida misturada e congelada.

Nesse caso, é preciso apenas dividir as porções de acordo com o tamanho e as necessidades de seu cão, descongelar e servir.

Alimentos desidratados

Os alimentos desidratados, como o próprio nome diz, são uma seleção previamente cozida e misturada de alimentos que foram desidratados e embalados. Para sua preparação, é preciso apenas seguir as instruções do pacote. Alguns aconselham colocar água quente, outros fria, e o tempo de preparação varia.

comida para cães

O pacote faz parecer outro tipo de ração, mas na verdade são alimentos alternativos à ração e muito diferentes. São produtos frescos, mas preparados para não estragarem. Após reidratados, estão prontos para comer e tornam-se comida natural, pouco processada e saborosa.

Geralmente, esses alimentos são indicados para cães idosos ou com problemas nos dentes, já que não são duros para mastigar. No entanto, geralmente deixam restos nos dentes e provocam mau hálito. É preciso limpar os dentes do animal ao terminar de comer, ou dar a ele um osso limpa-dentes para roer.

Alimentos alternativos à ração: cozinha caseira

Antes das rações aparecerem no mercado, os cães se alimentavam dos restos do que se cozinhava em casa, ou do que era cozinhado para eles.

Essa continua sendo uma opção disponível para os nossos animais, e um dos principais alimentos alternativos à ração. Lembre-se de que há ingredientes que são prejudiciais para eles. É aconselhável evitar o sal, o azeite, o açúcar e as frituras, além dos alimentos processados.

Lembre-se também de que é preciso seguir as orientações veterinárias para ter certeza de que você está dando a comida necessária ao cão. Nem mais, nem menos, e com alimentos de todos os grupos que ele precisa para estar saudável.

Os cães são animais onívoros, isso é, podem comer todos os grupos de alimento. Além da carne, também gostam de frutas e de verduras. Você pode alimentá-lo com dietas naturais, parecidas com a que você segue em casa, e deixar de lado a ração, que muitas vezes não é saborosa e nem saudável.