Animais que usam próteses

· agosto 28, 2018
Esses espécimes tiveram a infelicidade de sofrer lesões tão graves que poderiam ser fatais. Graças à generosidade das pessoas e aos avanços tecnológicos, podem seguir tendo uma vida digna, embora não possam voltar ao seu habitat natural.

Por causa de problemas de nascença ou lesões graves, existem animais que perdem partes de seu corpo que são necessárias para continuar vivendo. Patas, carapaças, e, inclusive, bicos foram reconstituídos graças à bondade das pessoas e aos avanços da tecnologia. Neste artigo, vamos falar sobre animais que tiveram uma segunda oportunidade, ao ganhar uma prótese.

É comum nas cidades ver cães que andam de cadeira de rodas. Os problemas de mobilidade ou a perda de membros vitais, felizmente, já não são uma ameaça para a vida dos animais.

No entanto, esses avanços beneficiam não apenas os bichos de estimação: muitos animais selvagens salvaram suas vidas graças às próteses, mas muitas vezes a necessidade de mantê-las faz com que eles não possam voltar à natureza e fiquem nos abrigos ou centros de recuperação para o resto da vida.

Existem empresas que se dedicam a fabricar próteses para animais, embora muitas delas ainda dependam da engenhosidade e da habilidade de pessoas comuns. Nos exemplos que vamos mostrar, existe uma combinação desses dois casos:

Winter, uma golfinho-fêmea com uma barbatana especial

Winter é um golfinho-fêmea que foi acolhida muito jovem, ferida no litoral da América do Norte. Os veterinários tentaram de tudo, mas Winter tinha a barbatana traseira muito danificada e acabou perdendo-a. Um tempo depois fizeram uma nova para ela, a primeira desse tipo em todo o mundo.

golfinho com prótese

Fonte: www.clubhousenews.com

Foi rodado um filme inspirado na capacidade de superação de Winter, protagonizada por ela mesma. O sucesso foi tanto que rodaram uma sequência dois anos depois. Graças a Winter, hoje, existem mais animais usando próteses como a sua.

O gatinho Oscar

O gato Oscar, também conhecido como o gato biônico, sofreu um acidente com uma colheitadeira e tiveram que amputar duas patas dele. Quando o encontraram, estava tão ferido que pensaram que não havia esperança para ele.

No entanto, o veterinário que primeiro o atendeu, viu que havia chances. Graças à colaboração entre diferentes universidades, não só conseguiram dar a Oscar duas patas novas com as quais vive normalmente, como também agora a técnica que usaram nele se aplica a humanos.

Beauty, a águia-careca

Por causa de um tiro dado por um caçador clandestino, esta águia calva perdeu quase todo o seu bico. Essa parte do corpo é imprescindível para ela poder se alimentar e se limpar; apesar disso, a veterinária que a acolheu se propôs a criar um novo bico.

Em colaboração com uma empresa de engenharia que nunca havia feito nada parecido, conseguiram reconstruir o bico de Beauty. Agora, ela pode ter uma vida normal, comer sozinha e se limpar como qualquer outra águia de sua espécie. Esse tipo de reconstrução abriu um novo caminho para os animais que usam próteses, especialmente, para as aves.

águia com prótese

Fonte: http://www.neatorama.com/

Septimus, a tartaruga

A primeira foto deste artigo é da tartaruga Septimus, que foi atacada por ratos enquanto hibernava, e não foi capaz de se defender. Quando a encontraram, os ratos lhe tinham provocado tanto dano nas patas dianteiras que só houve a opção de amputar.

Por sorte, seu dono tinha um par de rodas de aeromodelismo em casa. Adaptou-as ao tamanho do corpo da tartaruga e o veterinário a colocou debaixo do casco. Septimus sobreviveu, e, além disso, é capaz de se deslocar com mais rapidez do que antes.

Senhor Stubbs, o crocodilo

Quando era jovem, o senhor Stubbs, como é chamado esse crocodilo, perdeu sua cauda em uma briga. Foi encontrado vários anos depois, com a ferida já curada, mas com graves sequelas. Sem sua cauda, não é capaz de submergir para se esconder, por isso estava condenado a passar sua vida na superfície e sem poder caçar como o restante dos crocodilos.

crocodilo com prótese

Fonte: https://www.reynoldsam.com

O senhor Stubbs é o primeiro crocodilo a receber uma prótese, e se adapta perfeitamente a ela. Dizem, no entanto, que está voltando a aprender a nadar, já que depois de tantos anos tinha perdido a prática.

Graças a pessoas criativas e habilidosas ou a empresas pioneiras no uso de materiais e à impressão em 3D, muitos animais ao redor do mundo estão recebendo próteses. Por causa disso, situações que ameaçavam sua vida se tornaram apenas um problema a ser superado.