O que é um animal crepuscular?

Embora estejamos acostumados a classificar os animais como diurnos ou noturnos, existe também a categoria dos crepusculares.
O que é um animal crepuscular?

Última atualização: 23 julho, 2022

Com base em seu biorritmo, uma espécie pode ser classificada como animal crepuscular, noturno ou diurno. Esta classificação incide sobre a hora do dia em que o espécime desenvolve a sua atividade.

Você sabe quais são as características de um animal crepuscular? Seja a resposta sim ou não, continue lendo para descobrir como identificá-lo e ser capaz de reconhecê-lo.

O que significa ser crepuscular?

De acordo com a Real Academia Espanhola, a palavra crepúsculo vem do latim e se refere ao crepúsculo ou qualquer coisa relacionada a ele. Portanto, um animal crepuscular é aquele que entra em atividade durante o pôr do sol e/ou o nascer do sol.

Características de um animal crepuscular

Animais crepusculares são aqueles que só estão ativos durante o crepúsculo. Durante a noite e durante o dia, eles aproveitam para dormir ou descansar.

Uma curiosidade sobre esses animais é que eles são divididos em duas variantes diferentes: matutino e vespertino. Por um lado, os matutinos são aqueles que acordam ao amanhecer, enquanto os vespertinos ficam ativos quando o sol está no seu ponto mais baixo.

Essa diferença no despertar tem um significado puramente evolutivo. Especificamente, duas hipóteses foram postuladas em relação à atividade crepuscular desses animais:

  • Eles evitam seus predadores se ficarem ativos quando estão dormindo.
  • Animais crepusculares que são predadores dependem da presença de suas presas. Se estiverem inativas, é mais difícil para eles localizá-las.

Desta forma, a atividade crepuscular é uma adaptação de certos animais às condições de seu habitat. Portanto, não possuem condições muito específicas e podem estar ativos em diferentes momentos.

Exemplos de animais crepusculares

Após conhecer as características que compõem os animais crepusculares, alguns exemplares serão apresentados a seguir.

1. Lontra

Lutra lutra, também conhecida como lontra-europeia, é um animal crepuscular muito calmo. Localizado às margens de rios, perto de matas ou vegetação densa, atinge seu pico máximo de atividade no crepúsculo.

Este mamífero carnívoro é um grande indicador do estado do leito do rio, pois só é encontrado em águas livres de poluição e lixo. Infelizmente, a sua presença foi drasticamente reduzida nos últimos anos na Península Ibérica.

2. Gato-selvagem

Outro dos animais crepusculares mais conhecidos é o gato-selvagem, que recebe o nome científico de Felis silvestris. A principal diferença com o gato comum é que o gato-selvagem é crepuscular.

Além disso, na Península Ibérica existem diferentes espécies de gato-selvagem. Claro, todas elas compartilham hábitos crepusculares e atingem seu ponto máximo de energia ao entardecer.

3. Coelho-europeu

Embora em dias quentes sejam vistos geralmente ao meio-dia ou pela manhã, os coelhos-europeus são na verdade animais com hábitos crepusculares. Oryctolagus cuniculus vive em toda a Península Ibérica e nas Ilhas Baleares.

Mixomatose dizimou populações de coelhos em todo o mundo

4. Monstro-de-gila

O monstro-de-gila habita as regiões áridas do sudoeste dos Estados Unidos e no extremo norte mexicano. Seu nome científico é Heloderma suspectum e é um dos lagartos venenosos mais pesados.

Por ser um animal de hábitos crepusculares, ele sai para caçar à noite. Apesar de ser uma espécie perigosa, não representa um risco para os seres humanos. No entanto, tem uma má reputação entre os habitantes locais e muitas vezes é morto se o encontrarem.

5. Alce

O alce é um mamífero pertencente à família dos cervídeos, juntamente com veados e renas. Responde ao nome científico de Alces alces e é típico das florestas americanas ou finlandesas, bem como das pradarias desses países.

6. Wombat

O wombat é o nome comum dado à família dos marsupiais diprotodontes. Este pequeno herbívoro se assemelha a um pequeno urso encontrado na Austrália e na Tasmânia.

Caracterizado por seus comportamentos crepusculares ou noturnos, não é fácil de encontrar. Como detalhe marcante, seu rastro é detectado através dos buracos que deixa ou seus excrementos distintos em forma de cubo.

7. Capivara

Este roedor sul-americano, que responde ao nome científico de Hydrochoerus hydrochaeris, é o maior e mais pesado roedor da Terra. Sua aparência lembra o formato de um barril, com pelagem de cor acastanhada.

No entanto, em algumas áreas de seu corpo, sua pele é muito fina. Por esta razão, as capivaras sempre correm risco de insolação. Como medida preventiva, elas chafurdam na lama para se proteger do sol.

Características da capivara.

8. Falcão-das-galápagos

Um exemplo de animal crepuscular é o Buteo galapagoensis, uma ave endêmica das Ilhas Galápagos. Atualmente, de acordo com a lista da União Internacional para a Conservação da Natureza, seu status é vulnerável.

Em suma, um animal crepuscular é aquele cuja atividade máxima ocorre durante o crepúsculo. Divisíveis em matutinos ou vespertinos, estão distribuídos por todo o globo.

Assim, alguns animais crepusculares causam confusão ao aparecer em outros momentos além do crepúsculo, como o coelho-europeu. Em outras ocasiões, animais como os morcegos são os maiores representantes desta categoria, apesar de nem todas as suas espécies serem crepusculares.

Pode interessar a você...
Por que alguns morcegos caçam durante o dia?
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Por que alguns morcegos caçam durante o dia?

Descubra algumas curiosidades sobre os morcegos que caçam durante o dia. Continue lendo e aprenda mais sobre esses incríveis animais.