O animal que menos dorme

· agosto 15, 2018
Há várias espécies no reino animal que precisam de apenas poucas horas de sono; o que há de comum entre elas é que dormem em breves períodos de tempo.

Os seres humanos necessitam de oito horas de sono por dia para serem saudáveis. No entanto, no mundo animal, dormir é uma necessidade que pode chegar a extremos incríveis. Mas qual é o animal que menos dorme?

Qual é o animal que menos dorme?

Elefante

Esses mamíferos gigantes estão no topo da lista de animais que menos dormem. Um grupo de biólogos estudou uma manada de elefantes sul-africanos para determinar quanto tempo eles passam dormindo.

Em uma investigação constante, descobriu-se que os elefantes dormem uma média de duas horas por dia; divididas durante o dia em vários períodos breves.

Seu tamanho grande exige que passe quase o dia todo em busca de alimento. Os elefantes precisam ingerir cerca de 300 quilos de comida; o que lhes deixa pouco tempo para descansar.

Diferente do ser humano, esses mamíferos quase não têm a fase do sono chamada de REM; tão necessária para fixar a memória. A investigação demonstrou que eles passam apenas de 5 a 10 segundos na fase REM.

Isso não quer dizer que eles não descansam; porque mesmo estando de pé e com os olhos abertos, têm seus momentos de relaxamento.

O estudo foi realizado com animais em estado selvagem; que devem estar em movimento constante para buscar alimento e água, e para se protegerem de predadores. Os elefantes em cativeiro, que não têm esses inconvenientes, dormem um pouco mais; até quatro horas por dia.

Girafa

A girafa também é um animal que menos dorme. Passa apenas duas horas por dia dormindo; em curtos períodos durante o dia.

girafas

Em geral, dormem em pé e por sete minutos, mas às vezes deitam para um sono profundo; porém breve. No entanto, é muito raro ver uma girafa deitada.

Cavalos, burros e impalas

As patas desses mamíferos são preparadas para que eles durmam em pé. No total, suas horas de sono chegam a três por dia; divididas em períodos de sete minutos. Mesmo precisando de pouco tempo de sono, geralmente deitam-se para dormir profundamente.

animais dormindo

Quando estão em grupo, fazem um rodízio. Dessa maneira, enquanto alguns dormem, outros ficam alertas. Essas poucas horas de sono lhes dão a energia necessária para o resto do dia.

O padrão de sono não muda, mesmo quando esses animais são domesticados. No caso das impalas, os machos quase nunca se deitam para dormir, pois devem vigiar a segurança do grupo.

Tubarão

O tubarão é outro grande peixe que deve estar em constante movimento para conseguir oxigênio para respirar. O oxigênio vem da água, passa por sua boca e sai pelas brânquias.

tubarão dormindo

Essa necessidade lhes impede de dormir, mas na verdade não significa que não descansem, e sim que há períodos de letargia. Os especialistas afirmam que os tubarões aproveitam as covas submarinas para descansar e ao mesmo tempo procurar oxigênio, mas isso dificilmente se vê.

Baleias e golfinhos

Na verdade, tanto golfinhos quanto baleias dormem, mas de um jeito muito diferente dos humanos, entre outras coisas, porque nunca fecham os olhos.

golfinho

Os cetáceos devem estar em atividade contínua para poder sair à superfície e respirar. Por isso, eles têm a capacidade de desconectar um hemisfério do cérebro e manter o outro ativo. É assim que descansam.

Por outro lado, os filhotes desses animais têm sim fases de sono prolongadas, porque ficam junto com suas mães e são arrastados por elas.

Ovelhas, cabras e vacas

O gado ovino e bovino dorme uma média de quatro horas por dia, divididas em curtos períodos. No resto do dia, ficam buscando comida e digerindo o alimento, o que leva quase oito horas. Assim como cavalos e burros, que quando estão agrupados, dormem em forma de rodízio.

ovelha das neves

Formiga

Esse inseto tira sestas de um minuto muitas vezes por dia, em um total de 4 a 5 horas. A formiga rainha descansa o dobro, até 9 horas por dia.

formigas

O animal que menos dorme é o que deve estar em movimento contínuo para se manter vivo. Seja para escapar de uma ameaça, para respirar ou comer, os animais mencionados são os que menos tempo investem para dormir. Isso não significa que não descansem, e sim que fazem isso de uma maneira muito diferente.