Aranhas sorridentes: comportamento e habitat

· março 10, 2019
As aranhas sorridentes apresentam um formato que faz parecer que estão de fato sorrindo; algumas parecem estar usando uma máscara de "rosto com um sorriso" nas costas.

Na família dos teridídeos, podemos encontrar vários membros que estão sempre felizes. Ou, pelo menos, eles parecem estar. Neste artigo, daremos informações sobre as curiosas aranhas sorridentes e suas características.

O grupo das aranhas sorridentes

Embora nesta grande família, de mais de 2.000 espécies, possamos encontrar algumas que são muito perigosas e venenosas, como no caso da viúva-negra, há também outras que são conhecidas como “as aranhas sorridentes”, porque em seus corpos elas apresentam o desenho de um ‘rosto feliz’.

Não é que as aranhas estejam sorrindo, mas elas apresentam um desenho no qual há um sorriso e um par de olhos semelhantes aos de um palhaço ou do Coringa do Batman.

A mais famosa dessas aranhas é a Theridion grallator, mais conhecida como “aranha-cara-feliz do Havaí”, que, como o próprio nome sugere, habita as ilhas do Havaí, principalmente em florestas tropicais com mais de 300 metros de altura em O’ahu, Moloka’i e Maui.

Essa aranha tem cerca de cinco milímetros de comprimento e cada uma delas tem um padrão diferente em seu corpo.

Ainda que a maioria tenha o rosto sorridente, não há duas iguais e até mesmo os padrões de desenho diferem de uma ilha para outra.

Acredita-se que é a maneira que elas têm de se camuflar e evitar os pássaros, os únicos inimigos naturais das aranhas nessas latitudes.

Além disso, este aracnídeo usa outra técnica para se proteger: esconder-se sob as folhas das plantas durante o dia e tira proveito desse tempo para tecer suas minúsculas teias, que, uma vez prontas, servem para prender sua comida.

E não apenas isso, já que as teias as ajudam a se orientar e encontrar um parceiro durante a época de reprodução. Vale a pena notar que a cópula ocorre durante a noite e os machos morrem após o acasalamento.

As aranhas sorridentes e seus nomes curiosos

Enquanto a aranha havaiana é a mais famosa de todas as aranhas sorridentes, novas espécies foram descobertas nas ilhas do Caribe e na América do Sul, que têm nomes mais do que curiosos, até mais do que seus corpos “pintados”.

Cientistas e pesquisadores da Universidade de Vermont (Estados Unidos) decidiram batizar os aracnídeos com nomes de personalidades de renome em todo o mundo.

Com isso, a ideia era homenagear aquelas pessoas que defendem os direitos humanos ou a natureza.

Desta forma, as aranhas Spintharus são hoje chamadas de Leonardo Di Caprio, Barack Obama, David Attenborough (cientista britânico), Berni Sanders (senador de Vermont) ou Michelle Obama.

As aranhas sorridentes são endêmicas de Cuba, República Dominicana, Jamaica, Porto Rico, Costa Rica, México, Colômbia, Pequenas Antilhas e nos estados da Flórida e da Carolina do Sul, nos Estados Unidos.

Mais aranhas sorridentes

Além das recém-descobertas no Caribe e na América do Sul, há outras aranhas sorridentes que chamam a atenção porque parecem ter o rosto nas costas:

1. Aranha cara de gato

Seu nome científico é Araneus gemmoides e é uma aranha tecelã que vive no oeste dos Estados Unidos. Embora pareça assustadora, a verdade é que não é venenosa. As fêmeas são maiores que os machos, embora não atinjam um centímetro de comprimento.

2. Aranha de pomar

A Venusta leucauge é uma aranha da costa leste dos Estados Unidos, que não vive apenas em pomares, mas também em cidades ou campos.

Tem manchas avermelhadas ou alaranjadas em um fundo preto que se parece com dois olhos e uma boca sorridente. Não é venenosa, embora se assemelhe à viúva negra.

Aranha em sua teia

3. Aranha de caranguejo dourado

Mais do que sorridente, essa aranha parece estar com medo. É uma espécie pequena e furtiva que sabe se camuflar mais do que bem ao se assemelhar a uma flor e esperar por sua presa – entre elas as abelhas – completamente imóvel.

aranha-caranguejo

As aranhas sorridentes são outro exemplo de como a natureza é maravilhosa e curiosa.

  • Gillespie, R. G. (1990). Costs and Benefits of Brood Care in the Hawaiian Happy Face Spider Theridion grallator (Araneae, Theridiidae). American Midland Naturalist. https://doi.org/10.2307/2426552