Aromatizadores especiais para casas com animais de estimação

julho 21, 2019
Ao escolher um desses aromatizadores, é preciso se assegurar de que eles não sejam compostos por produtos químicos tóxicos para os animais.

Apesar de sermos muito rigorosos quanto à limpeza, e de passarmos várias horas por semana tirando o pó e limpando o chão, a verdade é que quando temos animais de estimação, a casa nunca fica com o aroma que desejamos. Felizmente, existem aromatizadores especiais que ajudam a perfumar nossos lares. Vamos falar sobre alguns deles a seguir.

O problema dos maus odores em casas com animais de estimação

Se você tem animais de estimação, certamente sabe o que é terminar de limpar a casa e continuar sentindo odores característicos ​​provocados pelo seu cão (mesmo que este tenha acabado de tomar banho). O que acontece é que os animais desprendem certos odores muito fortes que não são fáceis de “disfarçar” ou remover.

O famoso ‘cheiro de cachorro’ fica ainda mais intenso quando chove e seu animal de estimação fica molhado, ou depois de uma caminhada no parque que incluiu muitas brincadeiras ou o contato com outros animais.

Isso sem mencionar as situações em que há um pátio ou jardim na propriedade e o animal de estimação dorme dentro de casa à noite… Às vezes você precisa abrir as janelas para ventilar o ambiente!

Os itens pessoais do seu bichinho – como cobertores, colchões ou brinquedospodem ter cheiros fortes e não podem ser lavados todos os dias. Isso também gera cheiros desagradáveis, somados àqueles que o animal já possui em seu próprio corpo.

Cachorro deitado descansando

Não podemos deixar de lado uma situação desagradável que acontece principalmente quando nossos animais de estimação são pequenos: urinar ou defecar em qualquer lugar.

Isso também gera um odor desagradável na casa e não nos permite desfrutar de certos ambientes porque não importa o quanto limpamos, sempre parece haver um pouco dessa ‘fragrância’ no chão.

Os aromatizadores são a solução para casas com animais de estimação?

Como primeiro passo, devemos levar em conta que os aromatizadores não limpam ou desinfetam, apenas encobrem o cheiro no ambiente. Isso pode ser suficiente se formos responsáveis ​​pela limpeza da casa, mas em alguns casos, eles não nos permitem perceber os verdadeiros aromas.

Além disso, você deve ter muito cuidado com os produtos que usa para eliminar os odores dos animais de estimação, pois os compostos químicos que estes produtos contêm muitas vezes são prejudiciais para a saúde dos animais (e das pessoas).

Os aromatizadores vêm em apresentações diferentes: spray, velas, óleos ou difusores. A maioria deles tem ingredientes muito tóxicos e com efeitos nocivos que podem nos afetar apenas pelo cheiro.

Por exemplo, ao borrifar um spray pela casa, você não tem certeza de onde podem cair as partículas do produto: no pote de água, na cama, nos brinquedos, no pote de comida, no carpete, no piso… os animais de estimação costumam lamber e cheirar tudo em seu caminho, e é assim que podem se intoxicar.

Talvez os sintomas sejam imperceptíveis, mas se isso for repetido diariamente, pode causar reações perigosas.

Aromatizador caseiro

Também é necessário prestar atenção aos chamados aromatizadores naturais que são preparados com óleos essenciais. Estes produtos, supostamente inofensivos para a nossa saúde e a dos nossos animais de estimação, podem causar alergias, intoxicações e outros tipos de problemas, principalmente em gatos.

A boa notícia é que atualmente é possível encontrar aromatizadores especiais para casas com animais de estimação no mercado. Estes produtos são livres de substâncias químicas e possuem ingredientes que não prejudicam os animais.

No entanto, caso você não “confie” nesse tipo de alternativa, sempre terá a opção de preparar seus próprios aromatizadores. É tão simples quanto misturar flores secas e colocá-las em um recipiente, ou usar fatias de frutas cítricas – limão, laranja ou toranja – em diferentes lugares da casa.

É verdade que seu aroma não será tão forte quanto o dos aromatizadores comprados, mas eles não intoxicarão seus animais de estimação.

Por fim, recomendamos que, se você tiver um cão ou um gato em casa, abra as janelas para ventilar os ambientes diariamente – ou em dias alternados – e deixe seus itens pessoais pegarem um ar quando não estiverem sendo usados.