As penas podem indicar doenças nas aves

julho 1, 2019
Analisando o comportamento dos pássaros e as suas penas podemos identificar possíveis doenças e, assim, remediar a situação o mais rápido possível.

Assim como nossos cabelos podem dizer muito sobre a nossa saúde, as penas podem indicar doenças e desequilíbrios no organismo dos pássaros. Portanto, ficar atento à plumagem de suas aves é essencial para diagnosticar problemas de saúde precocemente.

A seguir, vamos contar quais doenças e problemas de saúde podem causar alterações nas penas, e como reconhecer seus sintomas para cuidar melhor de seus pássaros.

As penas podem indicar estas doenças

  • Mudas falsas

As mudas falsas em aves são caracterizadas por mudas anormais ou perda de penas fora do período esperado. Não é uma doença, mas geralmente revela problemas no ambiente ou no organismo das aves.

Em geral, a muda falsa é associada à exposição exagerada ao sol ou a mudanças súbitas de temperatura. No entanto, o estresse e a presença de ácaros também estão entre as principais causas dos problemas na muda e na plumagem das aves.

Para evitar falsas mudas, é essencial condicionar adequadamente o espaço de suas aves e oferecer a medicina preventiva adequada. Além de controlar a temperatura e a umidade da casa, será essencial manter a higiene ideal de sua gaiola e dos seus arredores.

  • Parasitas externos nas penas

As aves são bastante sensíveis a parasitas externos, como ácaros, piolhos e pulgas. Esses ectoparasitas não só causam danos à sua pele e plumagem, mas enfraquecem progressivamente a sua saúde. Pode até causar anemia e problemas respiratórios se não forem tratados rapidamente.

Doenças que causam alterações nas penas das aves

Em geral, os primeiros sintomas da presença de ectoparasitas são notados no comportamento da ave. Os pássaros tendem a ficar agitados e a se arrumar constantemente: eles coçam e usam seus bicos para aliviar a coceira e o desconforto que sentem.

Consequentemente, notamos a ausência tópica de penas (falhas) em alguns pontos do corpo. Além disso, as aves podem causar pequenas feridas na pele, que muitas vezes também fica irritada e inflamada.

Ao identificar esses sintomas em suas aves, será essencial consultar um veterinário para vermifugá-las corretamente. Também será essencial higienizar completamente a gaiola, objetos e ambiente da ave para combater os parasitas.

  • A coceira nos pássaros

A coceira não é uma patologia, mas consiste em um comportamento prejudicial no qual a própria ave arranca suas penas, machucando-se. Desta forma, a coceira aparece como um sintoma de algum desequilíbrio na saúde física ou mental das aves.

Na maioria dos casos, a coceira começa graças à presença de ectoparasitas no corpo do animalNo entanto, o estresse nas aves também pode levar a comportamentos obsessivos com essa característica.

Portanto, a melhor maneira de evitar a coceira é desparasitar regularmente seus pássaros, manter a higiene ideal em casa e oferecer um ambiente positivo e enriquecedor.

A coceira nos pássaros

  • Cisto folicular

O cisto folicular é uma doença congênita pela qual se observa que as penas nascem para dentro e não para o exterior. Todas as aves podem ser afetadas, mas aquelas com plumagem densa são mais propensas, como papagaios, canários e periquitos.

Embora não haja cura, a maioria dos casos de cisto pode ser controlado com intervenção cirúrgica. Ao observar qualquer problema ou alteração no crescimento das penas de seus pássaros, recomendamos que você o leve ao veterinário rapidamente.

  • Polyomaviridae

É uma patologia viral com uma taxa de letalidade muito alta, que afeta principalmente periquitos e aves jovens. As aves adultas também podem desenvolver a doença, mas geralmente têm alguma imunidade para combater seu progresso.

Os principais sintomas do polyomaviridae em aves são:

Ao identificar estes sintomas em seu pássaro, não hesite em levá-lo imediatamente a um veterinário especializado.

Agora que você já sabe que as penas podem indicar doenças, fique atento para proteger as suas aves e mantê-las sempre saudáveis.