As rãs mais bonitas, mas mortais

janeiro 11, 2019
O veneno de algumas dessas espécies pode ser tão tóxico que pode matar 10 pessoas de uma vez.

Pensar que uma rã, um animal tão pequeno e que em alguns casos é quase imperceptível, pode acabar com a nossa vida, pode parecer loucura para muitos. Mas é verdade, há rãs de tamanho pequeno, bonitas e com um veneno letal que pode nos matar em questão de segundos. Nós contaremos quais são as rãs mais bonitas, mas mortais.

Rãs mais bonitas, mas mortais: uma faca de dois gumes

Rã dourada

A rã dourada (imagem que lidera este artigo) não é apenas a mais venenosa, mas é considerada o animal mais tóxico da Terra. 

Estima-se que apenas uma dessas pequenas rãs, que não mede mais de 2,5 centímetros de comprimento, é capaz de matar 10 pessoas de uma vez.

Ela vive nas proximidades do Panamá e Colômbia, que conta a história que uma raça indígena da área, a Emberá, que usava o veneno desse animal como uma arma de defesa, molhando as pontas de suas flechas nele.

Como muitos outros animais no mundo, está em perigo de extinção e estima-se que, nos próximos 20 anos, terão desaparecido completamente.

Isso apesar dos esforços que foram feitos para preservar a fauna e flora das áreas da Colômbia e do Panamá, porque nessas selvas há uma grande variedade delas.

O que a destaca é a sua cor amarela intensa, que representa uma vantagem a nosso favor, pois é facilmente reconhecível em qualquer cenário.

Rã dardo venenoso

O destaque desta rã, sem dúvida, é o azul elétrico muito brilhante, que chama a atenção rapidamente. Se você vir uma destas, saiba este pequeno animal pode matá-lo em segundos.

Rã azul dardo venenoso

Acredita-se que na selva e na natureza existam cores que se destacam em alguns animais e que funcionam como uma barreira contra os predadores. É como se eles carregassem uma placa que diz: “Cuidado! Eu não sou comestível”.

É por isso que esta rã sai ilesa dos ataques dos predadores, que fogem ao ver o tom e o brilho de sua pele.

Apresenta dimorfismo sexual: as fêmeas são maiores que os machos. Sua pele é pegajosa e fica ainda mais grudenta quando está exposta à umidade, o que lhe permite carregar seus filhotes para qualquer lugar sem que eles caiam.

Dendrobates tinctorius

Apesar de ser uma das maiores rãs venenosas, geralmente não excede cinco centímetros. É comumente conhecida como “sapo-garimpeiro” e é encontrado na Guiana Francesa, em particular.

Dendrobates tinctorius, rã dardo venenoso

Curiosamente, até hoje, os nativos do lugar usam a pele deste animal para esfregar a plumagem dos papagaios e obter assim novas e diferentes cores.

Para o veneno desta rã matar alguém, é preciso ingeri-lo em grandes quantidades e por um tempo considerável, embora o mais comum é que “apenas” permaneçam efeitos como paralisia e outros.

Rã flecha morango

Se você vir essa rã a uma certa distância, provavelmente pensará que ela é um morango, por causa de sua forma e da cor e textura de sua pele.

Acredita-se que existam entre 15 e 30 variações desta rã, todas com o mesmo nome, embora nem todas se destaquem por terem uma cor tão intensa, mas se caracterizam por ter tons entre o rosa e o vermelho.

Rã flecha morango

Rã Kokoe

Acredita-se que é a terceira rã mais venenosa no mundo, capaz de fazer seu veneno adentrar os poros abertos da pele e criar efeitos adversos, como febre, convulsões e dor intensa, quase insuportável.

Rã Kokoe

Embora acredite-se que poderia matar, isso ainda não foi confirmado, mas o que ficou claro é que, se você vir uma, é melhor se afastar ao máximo.

Você vê que animais tão pequenos e bonitos por suas cores e formas podem nos causar um dano tremendo.

Nós não sabemos quando os animais começaram a nos temer e, portanto, começaram a se defender como podem, mas nós adoramos conhecer espécies como as destas rãs mais bonitas, mas mortais.