Aves com cantos bonitos: conheça 5 delas

Maio 5, 2018
A verdade é que, em boa parte dos casos, o físico do animal acompanha a "voz". Entre as aves com cantos bonitos, há algumas dignas de admiração também pelo colorido de sua plumagem.
Não há nada mais bonito do que acordar com uma doce melodia quando um pássaro pousa perto da nossa janela. Neste artigo, nós vamos falar sobre aves com cantos bonitos que você vai adorar conhecer. Para apreciá-los, não os coloque em uma gaiola. O melhor é plantar árvores!

Quais são as aves com cantos bonitos?

Talvez, você viva na cidade e não seja possível plantar uma árvore na rua. Entretanto, você não deve comprar um pássaro e deixá-lo trancado em uma gaiola apenas para ouvi-lo cantar. É muito melhor dar um passeio pelo campo ou pelo parque para apreciar aves com cantos bonitos ao ar livre. Aqui estão algumas delas:

1. Pintassilgo

Seu nome científico é Carduelis. É um pássaro (visto na foto que encabeça este artigo) que habita principalmente na Eurásia, América do Norte, e norte e sul do Mar Mediterrâneo.

De tamanho pequeno, o pintassilgo tem plumas de lindas cores e é uma das aves com cantos bonitos mais interessantes do reino animal. Pode combinar sons graves e agudos e cantar enquanto voa! No verão e na primavera, essa espécie é mais ativa em termos de canto. Além disso, seu canto também é bastante alegre.

2. Rouxinol

O rouxinol é outro pequeno pássaro que está entre as aves com cantos bonitos que não poderiam estar faltando nesta lista. Trata-se de uma ave passeriforme, migratória (voa para a África durante o inverno) e insetívora. Vive nas florestas da Ásia e da Europa, onde se aninha muito perto do solo e dos densos arbustos.

Rouxinol
Os espécimes masculinos são famosos por seu canto forte, que inclui gorgolejos e assobios, entre outros sons. Embora seja mais ativo durante o dia, alguns também podem fazer suas performances artísticas à noite. Para muitas pessoas, essa ave anuncia a chegada da primavera. O rouxinol mede cerca de 16 centímetros. Além disso, tanto a parte de trás das asas como a cauda são castanhas e o ventre é castanho claro. Por fim, não há diferenças notáveis entre os sexos.

3. Melro-preto

Existem diferentes espécies de melros. Todos eles podem ser incluídos na lista de aves com cantos bonitos. No caso do Turdus merula ou melro-preto, ele vive em toda a Europa, no norte da África, na Península Arábica e no oeste da Ásia.

Melro-preto
O macho tem o corpo coberto de penas pretas. Apenas se destacam o bico e as patas, que são amarelas. A fêmea é marrom ou parda e o bico e as patas são alaranjadas. Alimenta-se de frutos, bagas, insetos, vermes e sementes; Eles conseguem comida em terra, onde correm e pulam. Além disso, os machos começam a cantar com um ano de idade, de janeiro até julho, para estabelecerem seu território. 

O som é muito grave, melodioso e aflautado. Suas variações melódicas e improvisações distinguem-no de outros pássaros cantores.

4. Tentilhão

O tentilhão é outro pássaro que tem uma canção muito bonita e compartilha muito do território dos melros. Ele gosta de áreas arborizadas, mas também podemos encontrá-los em jardins e fazendas. Costuma fazer seus ninhos nas árvores e decora sua casa com líquens e musgos.

Tentilhão

Não migra no inverno, embora procure lugares quentes nos arredores. Sua dieta é baseada em sementes na idade adulta e é composta por insetos na juventude.

Sua música é muito poderosa e conhecida. Os machos “conhecem” três tipos diferentes de músicas e podem até ter dialetos dependendo da região em que são encontrados.

5. Pisco-de-peito-ruivo

Existem duas espécies de piscos – uma da Europa e outra da América – e ambas podem ser incluídas na lista de aves com cantos bonitos. O europeu, é sociável, vive na floresta e emite uma espécie de “voz de alerta”, mas também um chilrear musical e melódico semelhante ao do rouxinol.

Pisco

Essa ave mede cerca de 20 centímetros e a plumagem é semelhante em fêmeas e machos. As cores típicas são laranja na face e peito, cinza-azulado nas laterais do pescoço e peito, barriga branca, pernas e topo castanho. Quando nascem, são alaranjados e marrons.

Alimentam-se de insetos, aranhas e vermes. Além disso, possuem hábitos diurnos e estão acostumados à presença de seres humanos. Esses animais também colocam os ovos em um ninho criado entre galhos ou pedras com musgo, grama e folhas. A fêmea pode colocar de três a cinco ovos por ano e entre cinco e seis ovos por cada vez.

Recomendados para você