6 aves que vivem em jardins

Existem muitos pássaros que podemos encontrar em jardins e parques do Brasil e do mundo. Por isso, é muito recomendável que conheçamos algumas das principais espécies que podemos encontrar neste pequeno ecossistema. Identificar pássaros pelo canto ou plumagem pode ser complicado, por isso, traremos informações sobre 6 aves que vivem no jardim e que podem ser facilmente encontradas.

Aves que vivem no jardim: O pintassilgo

O pintassilgo europeu (Carduelis carduelis) é uma das espécies de pássaro mais comuns na Europa e na Espanha, com cerca de três milhões de exemplares. É uma das aves que vivem no jardim em busca de sementes de plantas silvestres, onde aproveita para nos alegrar com seu belo canto, que é um dos mais conhecidos e muito parecido com o do canário.

Do tamanho de um pardal, esse pássaro tem uma plumagem característica, com cabeça vermelha, branca e preta. Além disso, possui um bico cônico, um corpo branco e acastanhado, e uma asa com uma diferente parte amarela. O macho e a fêmea são muito parecidos, pois não existem diferenças entre os gêneros.

pardal

O pardal

Talvez o mais conhecido de todas as aves que vivem no jardim, o pardal (Passer domesticus) está desaparecendo de muitas cidades. São pássaros com diversas tonalidades de pardo e, no caso dos machos, a cabeça é muito mais colorida, com tonalidades pretas e marrons.

Apesar de sua grande distribuição, o certo é que esse pássaro não existia nos Estados Unidos, e chegou como espécie invasora através de barcos. Infelizmente, ao longo da história, ficaram marcados, pois no Egito foram considerados uma ave de mal presságio, assim como o corvo em outras culturas. Na China, foram tratados como praga e quase acabaram exterminados.

Apesar de sua grande distribuição, o certo é que esse pássaro não existia nos Estados Unidos, e chegou como espécie invasora através de barcos.

O melro

O melro comum (Tordus merula) é uma ave de tamanho maior do que as anteriores. O macho é inconfundível por sua cor preto intenso e seu bico alaranjado, especialmente no verão. Por sua vez, as fêmeas e os mais jovens são mais pardos e mosqueados.

Essa ave é muito inteligente, e é comum vê-lo mexer nas folhas do chão no outono, para buscar alimento. Vale ressaltar que possui um canto muito bonito e melódico, ainda que só o faça muito cedo.

aves

O Robin

Uma das aves mais conhecidas é o Robin europeu (Erithacus rubecula), uma espécie muito fácil de reconhecer por seu peito avermelhado e canto musical. Uma das principais características desta ave é seu comportamento: muito sociável e atrevido, é comum que repare nossas atividades e até nos siga durante um passeio.

Sabe-se que esta ave tem, assim como outros animais, uma capacidade incrível para se orientar graças a sua bússola magnética biológica. É um pássaro muito apreciado pelos jardineiros britânicos, e na mitologia nórdica é considerada uma ave relacionada com o deu do trovão.

Uma das principais características desta ave é seu comportamento: muito sociável e atrevido, é comum que repare nossas atividades e até nos siga durante um passeio.

O Chapim-real

Essa ave é simples de reconhecer. O chapim-real (Parus major) é uma espécie pequena, com uma listra negra em seu corpo amarelo, bochechas brancas e o lombo verde oliva.

Sobre sua alimentação, come insetos e sementes. Sobre seu caráter, é considerada bem agressiva, pois já foi vista atacando até pintinhos de outras pequenas aves.

O Chapim-azul

Sua combinação de azul com amarelo não lhe deixa passar despercebido. O Chapim-azul (Cyanistes caeruleus) é um insetívoro muito ativo, e um dos habitantes habituais das caixas-ninho instaladas em parques e jardins. Essa espécie está muito afetada pelo uso de inseticidas e seu canto é parecido com o do chapim-real, mas menos potente.

Fonte das imagens: Pierre Selim e Charlesjsharp

Recomendados para você