Uma cadela grávida pode tomar medicamentos?

Existe uma série de medicamentos que as fêmeas podem tomar durante a gravidez, embora devam sempre ser prescritos pelo veterinário.
Uma cadela grávida pode tomar medicamentos?

Última atualização: 09 março, 2022

A gravidez muda tudo, e isso também é verdade para os nossos animais de estimação. Quando surge uma doença, por mais branda que seja, e você tem que tomar remédios, é necessário ter muito cuidado para que isso não prejudique a mãe ou o bebê. No nosso caso é assim, mas e os cães? Uma cadela grávida pode tomar medicamentos?

Por que essa pergunta surge?

A questão de saber se uma cadela grávida pode tomar medicamentos surge por causa da composição dos fármacos. Embora sejam fabricados para proteger a saúde do seu animal de estimação, não se esqueça de que contêm muitos produtos químicos que podem colocar em risco a vida da cadela e de seus futuros filhotes.

Existem muitos medicamentos que são contraindicados durante a gravidez por esse motivo. A ingestão desses medicamentos pode causar malformações congênitas nos filhotes, desconforto na mãe, podendo afetar a sua saúde e a dos filhotes e, em alguns casos, até a morte.

Cadela grávida sendo medicada por veterinária.

Claro, o problema é que a gravidez não imuniza contra doenças, e um simples resfriado ou uma redução das defesas podem ocorrer facilmente durante essa fase. Nesses momentos devemos pensar se devemos ou não medicar a cadela e com quais produtos.

Uma cadela grávida pode tomar medicamentos seguros?

A resposta a essa pergunta será dada pelo veterinário, que conhece o animal desde sempre. O profissional sabe quais são suas alergias, doenças anteriores, as vacinas que já tomou e quais estão faltando. Em geral, existem medicamentos seguros que uma cadela pode tomar.

De fato, mesmo durante a gravidez, o veterinário pode prescrever uma vacina para proteger sua cadela e a seus futuros filhotes de doenças como raiva, parvovírus ou hepatite. Essa vacina deve ser administrada por profissionais, sempre com o máximo cuidado, garantindo a saúde da mãe e dos filhotes.

Medicina preventiva

Caso a cadela já esteja em tratamento antes de engravidar e tenha que dar continuidade ao processo, é possível fazer isso com o consentimento do veterinário se os medicamentos forem os seguintes:

  • Ivermectina. É um composto que combate a dirofilariose ou sarna. Caso a cadela grávida deva continuar a tomá-los, não afetará os filhotes e servirá para protegê-los de que a mãe os infecte com alguma dessas doenças.
  • Antipulgas tópico. Se a cadela estiver pulgas ou carrapatos e você estiver aplicando um produto químico em sua pele, isso não deve afetar os bebês nem a mãe. No entanto, pode ser que a gravidez enfraqueça o pelo ou a pele do seu animal e você prefira trocar o antipulgas por remédios caseiros para pulgas.
  • Tiroxina. Esse medicamento é usado para tratar problemas da tireoide em cães e seu uso não afeta a gravidez, a amamentação ou os filhotes. No entanto, a doença é hereditária, por isso, se a sua cadela sofre de hipotiroidismo, é melhor não engravidar.
  • Selemectina. Combate pulgas e carrapatos. Seu uso na gravidez é aceito.
  • Insulina. Se a sua cadela tiver um problema de diabetes, é melhor que ela não engravide, pois muito provavelmente irá transmitir a doença a todos os filhotes. Se isso já tiver acontecido, o animal pode tomar sua dose de insulina sem medo de prejudicar os filhotes.
  • Medicamentos de uso comum. Antibióticos como a oxitocina também são adequados durante a gravidez da sua cadela.

Mesmo sabendo de tudo isso, não é preciso dizer que você nunca deve automedicar sua cadela. Sempre consulte o veterinário sobre os medicamentos que ela pode tomar, a dosagem e por quanto tempo.

Também não administre medicamentos humanos em seus cães, menos ainda durante a gravidez da cadela. Desde que as situações não sejam graves, pergunte ao veterinário se você pode optar pela medicina natural.

Pode interessar a você...
O que fazer quando uma cadela grávida se recusa a comer?
Meus Animais
Leia em Meus Animais
O que fazer quando uma cadela grávida se recusa a comer?

Se a nossa cadela grávida não come, nos preocupamos. Afinal, isso não só coloca em risco a vida dela, mas também a dos futuros filhotes.



  • González-Canga, A., Fernández-Martínez, N., Sahagún-Prieto, A., García-Vieitez, J., Díez, M., Tamame-Martín, P., & Sierra-Vega, M. (2010). Seguridad de la ivermectina: toxicidad y reacciones adversas en diversas especies de mamíferos. Revista MVZ Córdoba, 15(2).