Os cães podem comer espinafre?

Embora seu cão possa não gostar do sabor, o espinafre traz muitos benefícios à saúde quando oferecido com moderação. Saiba mais sobre o assunto conosco.
Os cães podem comer espinafre?

Última atualização: 02 Novembro, 2021

O espinafre é um alimento constantemente relacionado à boa saúde e à alimentação balanceada. Desde desenhos animados até estudos científicos refletem os benefícios desse vegetal. No entanto, em algum momento você pode se perguntar se os cães podem comer espinafre e se é um bom alimento para eles.

Na saúde humana, o espinafre ajuda a prevenir a constipação, facilita a desintoxicação orgânica e possui substâncias antioxidantes que podem retardar o dano celular. No caso dos cães, muitos alimentos comerciais o utilizam como um de seus ingredientes, embora em baixa porcentagem. A seguir, você aprenderá sobre os benefícios e as contraindicações do espinafre para cães.

O espinafre é bom para os cães?

Apesar de existirem vários alimentos que não são recomendados para consumo dos cães, o espinafre não é um deles. Embora nem todos gostem de seu sabor ou textura, o espinafre é um lanche ideal para recompensar seu cão ou para diversificar sua dieta. No entanto, é importante considerar que não se deve abusar de seu consumo.

Assim, o espinafre só pode ser oferecido ocasionalmente aos cães, e eles não devem ser forçados a comer se não gostarem do sabor. Como a maioria dos alimentos industrializados já fornecem ao cão uma dieta completa e balanceada, não é necessário adicionar espinafre ou qualquer outro vegetal ao cardápio diário do animal.

Em qualquer caso, o espinafre é um aliado perfeito para cães que sofrem de anemia. Isso porque esse vegetal é rico em ácido cólico e ferro, que ajudam o animal a ter melhor circulação e a resolver sua ausência de ferro no sangue (se esse for o gatilho para o quadro).

Da mesma forma, o espinafre ajuda a fortalecer a retina e a saúde ocular geral dos cães.

Uma bandeja de espinafre.

Componentes nutricionais do espinafre para os cães

Agora que você sabe que esse vegetal não é prejudicial ao seu cão, queremos mostrar suas propriedades gerais. Elas estão resumidas na seguinte lista:

  • Vitamina A: ajuda a melhorar a visão do cão e regula várias funções na pele e na pelagem. Essa vitamina retarda o envelhecimento dos olhos e previne a catarata em cães.
  • Vitaminas do complexo B: tem ação antioxidante graças à luteína (substância que os cães geralmente não possuem no corpo) e participa do funcionamento do sistema nervoso. Também ajuda a metabolizar a glicose.
  • Vitamina K: é muito importante garantir uma coagulação sanguínea adequada. Essa vitamina também é vital no metabolismo das proteínas.
  • Fibra: ajuda a limpar e movimentar melhor os intestinos do cão e controlar as fezes.
  • Magnésio: participa de mais de 300 processos metabólicos no corpo do cão, incluindo síntese de proteínas, função cardíaca e proliferação de linfócitos.

Embora os cães possam comer espinafre, não se deve abusar de seu consumo para evitar que outras substâncias prejudiquem a saúde do animal. O espinafre é rico em oxalato, um composto que dificulta a retenção de cálcio no corpo do animal. Consumi-lo em excesso pode causar problemas renais e distúrbios metabólicos.

Como e quando dar espinafre a um cachorro?

Para que um cão coma espinafre, é aconselhável cortar as folhas em pequenos pedaços. Quanto à forma de oferecer o espinafre ao animal, pode ser preparado no vapor, cru ou aquecido na panela por 1 minuto. É importante lembrar que se você quiser ferver o espinafre não deve fazer isso por mais de 1 minuto, para evitar a perda de seus nutrientes.

Da mesma forma, não é recomendável adicionar sal, limão ou alho ao ferver ou cozinhar o espinafre.

Quanto às quantidades, tudo depende do tamanho do animal. Para cães pequenos, a porção pode ser de 4 a 6 folhas por semana (8 a 10 se for espinafre baby). No caso de cães médios, recomenda-se 6 a 8 folhas por semana (10-12 se for espinafre baby) e cães grandes podem receber 8 a 10 folhas por semana (12-14 se for espinafre baby).

Contraindicações do espinafre para cães

Em ocasiões específicas, o espinafre pode aparecer em uma lista de alimentos que não são benignos para os cães. Isso porque suas folhas contêm ácido oxálico (também conhecido como ácido etanodioico), uma substância que pode ser tóxica quando consumida em grandes quantidades.

Quando esse composto é combinado com o cálcio, forma-se o oxalato de cálcio, outra substância nociva que é insolúvel e contribui para o aparecimento de cálculos renais e vesicais em cães, como já indicamos nas linhas anteriores. Portanto, os cães que sofrem ou sofreram de problemas renais não podem comer espinafre.

Quanto vegetal é bom para um cachorro?

Como você pode ver, os cães não têm grandes problemas em comer espinafre, desde que seu consumo seja moderado. Como qualquer outro vegetal ou fruta, seu consumo total não pode ultrapassar 15% da dieta do cão. Dessa forma, evitam-se os problemas renais e nutricionais que podem surgir no caso de um animal que come espinafre com muita frequência.

Pode interessar a você...
Que comida de humanos os cães podem comer?
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Que comida de humanos os cães podem comer?

A maioria da comida que nós consumimos, acaba sendo também benéfica e completa para nossos cães. Por exemplo, todas as carnes...



  • Franco, R., & Garcia, C. (1999). [Supplements of carotenoids in the diet and immunity of geriatic dog].[Spanish]. Canis et Felis.