Cães vira-lata são mais saudáveis que cães de raça?

julho 20, 2018
Existem estatísticas que indicam que os cães de raça sofrem de doenças hereditárias. No entanto, não há estudos que façam referência aos cães vira-lata por causa da dificuldade de classificá-los.

Doenças hereditárias de cães de raça

As raças de cães são criadas por seleção genética. Assim, os cães que têm as características mais desejáveis ​​são reproduzidos. Com o passar das gerações, essas características acabam se tornando definitivas da raça. Foi assim que todas as raças de cães foram criadas, da mais primitiva até a mais recente.

A partir desse método, qualquer característica pode ser selecionada. Muitas raças atuais foram selecionadas de acordo com sua aparência. No entanto, também foram criadas raças a partir da inteligência (como o border collie e o pastor alemão). A velocidade também foi usada para criar as raças de galgo. Assim como, a personalidade ajudou a selecionar raças como o labrador. Nesses casos, a aparência não é uma característica relevante.

Graças a essa seleção genética, melhora-se as características das futuras gerações. Entretanto, doenças genéticas também são mais frequentes. No século passado, houve uma explosão de raças de cães. Enquanto, até o século 19, as raças eram criadas para o trabalho ou ajudar em caçadas.

Seleção de raças e comércio de animais

Nos últimos anos, as raças selecionadas pela aparência se multiplicaram. Os criadores irresponsáveis ​​encontraram uma demanda para começarem a produzir ninhadas com pouco controle sanitário. Assim, as doenças genéticas se espalharam à medida que foram transmitidas de pais para filhos.

Cães de raça são mais sensíveis

É por essa razão que existem raças de cães que são propensas a terem problemas de saúde. Por outro lado, outros cães semelhantes quase não sofrem desses problemas. A porcentagem de dálmatas que são surdos, por exemplo, é muito maior do que em qualquer outra raça. O cavalier é propenso a sofrer de siringomielia, uma doença fatal muito dolorosa.

Além disso, as doenças também são perpetuadas pela aparência que é selecionada para os cães. Os cães braquicéfalos, isto é, os cães de nariz achatado, como o bulldog inglês, geralmente apresentam problemas respiratórios. As raças toy são muito pequenas e tendem a sofrer de problemas cardíacos. Isso porque seu coração não é grande e forte o suficiente.

Os cães vira-lata são mais saudáveis?

Quando duas raças são cruzadas, os genes mais fortes e saudáveis ​​são os que prevalecem. Por essa razão, os cães mestiços são mais saudáveis ​​do que os cães de raça. No entanto, não é sempre que os cães vira-lata são mais saudáveis.

Cães mestiços podem herdar, como um cão de raça, genes que os deixem doentes. Entretanto, isso é menos provável, pois os genes da doença vêm de apenas um dos pais. Assim, há uma redução da chance de alguma doença genética se manifestar.

No entanto, nas estatísticas de doenças hereditárias, os cães mestiços quase nunca são categorizados. Isso porque são um grupo muito difícil de classificar e estudar. Ao fazer um estudo, é muito mais fácil encontrar e controlar cães de uma única raça. Por sua vez, controlar os mestiços de duas ou três raças diferentes acaba sendo uma limitação para muitos estudos.

Cães de raça ou vira-latas

De qualquer forma, o fato de não aparecerem nos estudos estatísticos não significa que os cães vira-lata são mais saudáveis. Da mesma forma que herdam a cor, a inteligência ou a aparência física dos pais, podem herdar as doenças da família.

Vá ao veterinário

Seja como for, um veterinário deve se encarregar de detectar possíveis doenças hereditárias e propor um plano de tratamento ou prevenção. Se seu cão for mestiço de uma raça com problemas de saúde frequentes, você deve comunicar ao veterinário. Assim, ele poderá oferecer um tratamento preventivo ao seu animal.

Há problemas de saúde que têm a ver com o tamanho do cão e não com a genética. Entre essas doenças está a displasia de quadril, que também requer consultas frequentes com o veterinário.

Apenas um profissional veterinário pode diagnosticar e propor um tratamento para um problema de saúde animal. Além disso, testes genéticos podem ser solicitados para detectar as chances do cão vir a sofrer de uma certa doença, se necessário. Apesar de os cães mestiços serem aparentemente mais saudáveis, só uma análise profunda pode eliminar qualquer dúvida.

Ainda que os cães mestiços sofram menos doenças que os cães de raça, vale lembrar que isso não significa que as visitas ao veterinário e a prevenção possam ser negligenciadas se você tem um vira-lata.

Recomendados para você